O que significa ser padrinho ou madrinha de casamento?

O que significa ser padrinho ou madrinha de casamento?

É provável que você conheça várias pessoas que já foram padrinhos e madrinhas de casamento, ou mesmo já tenha passado por isso. Mas você sabe o que significa ser padrinho ou madrinha de casamento? Sabe de onde vem essa tradição?

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Pode parecer engraçado hoje em dia, mas os primeiros padrinhos de casamento eram guerreiros de verdade! Eles defendiam os noivos caso houvesse algum problema durante o enlace. Afinal, até a Idade Média, tentar roubar a noiva para se casar com ela não era algo assim tão incomum. Por isso, os guerreiros ficavam a postos para evitar essa situação.

Mas o costume de se ter padrinhos de casamento foi instituído no Concílio de Trento. Realizado entre 1545 e 1563, esta reunião decretou inúmeros dogmas da igreja, dentre eles o sacramento do matrimônio. Antes disso, o casamento podia ser feito somente entre os noivos: eles faziam os votos um para o outro e estavam casados.

Depois do Concílio de Trento, a situação mudou e um casamento só era reconhecido se fosse celebrado por um pároco e tivesse duas pessoas como testemunha. Daí em diante, este se tornou um verdadeiro evento, crescendo a cada ano, até tomar os moldes que conhecemos atualmente, com vários padrinhos e muitos convidados.

Nos dias de hoje, os padrinhos não são mais considerados apenas testemunhas. É claro que para ter validade civil é necessário que duas pessoas assinem um papel dizendo que o casal está fazendo tudo de livre e espontânea vontade, mas ninguém convida uma pessoa para ser madrinha ou padrinho de casamento somente por motivos burocráticos.

Cerimônia de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Padrinhos e madrinhas têm um papel muito mais de amizade e companheirismo atualmente. Eles não são escolhidos para defender o casal, mas costumam acompanhá-los em vários momentos e até ajudar com a organização do evento, dando opiniões e contribuindo com determinadas escolhas, se envolvendo ainda mais com a vida dos noivos.

Por isso é muito importante escolher os padrinhos e as madrinhas de casamento com muito cuidado e carinho, deixando de lado problemas familiares e outras questões que às vezes nos atrapalham. Os padrinhos de um casamento devem ser escolhidos com o coração, e não porque eles têm dinheiro ou porque foram impostos pela família.

Geralmente, é papel de padrinhos e madrinhas estar disponível sempre que os noivos precisarem de ajuda e aconselhamento, mesmo depois de estarem casados. E, mesmo antes disso, é provável que esse grupo de pessoas tenha que mediar várias situações e ajudar o casal a chegar a um consenso, tanto sobre o casamento, quanto sobre alguma outra questão pessoal.

E vale lembrar que fica a cargo de madrinhas e padrinhos organizar despedidas de solteiro, chá de panela e outros pequenos eventos que costumam ocorrer antes do casamento. Quando a noiva e o noivo vão fazer as provas de seus trajes, é legal que levem pelo menos alguns desses companheiros para ter opiniões sinceras sobre caimento e ajustes.

O que significa ser padrinho ou madrinha de casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A própria noiva precisa muito de ajuda para conseguir colocar o vestido no dia do casamento e, muitas vezes, é uma das madrinhas que vai com ela nas provas para aprender sobre os vários fechos, zíperes e botões que devem ser fechados no dia do evento. Também é comum ter uma madrinha responsável por ajudar a noiva a manter o visual intacto até o fim do evento.

Os padrinhos também fazem parte deste dia e costumam ser igualmente importantes. Geralmente, eles se arrumam junto com o noivo, ajudando a deixá-lo mais calmo, acompanham o rapaz até a igreja e ficam junto a ele esperando até a hora de entrar na igreja. Todas as brincadeiras feitas durante a festa de casamento também ficam a cargo dos padrinhos, que devem combinar e organizar tudo com antecedência.

Ser padrinho ou madrinha de casamento significa muito mais do que ter um lugar reservado no altar: é fazer parte de uma relação muito profunda e ajudar a zelar por ela. Por isso, pense bem em quem estará junto a você no altar no dia do seu casamento. E, se receber um convite para ser madrinha ou padrinho, considere-se uma pessoa querida e privilegiada.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *