Ter ou não lugares marcados na festa de casamento

Ter ou não lugares marcados na festa de casamento

Antigamente, mesmo em grandes casamentos com longos jantares, não era comum ter lugares marcados. Porém, essa tendência norte-americana parece estar se popularizando pelo mundo, inclusive no Brasil, e hoje não é incomum ir a festas de casamento e encontrar mesas com lugares marcados. Mas será que é melhor ter ou não lugares marcados na festa de casamento?

Mesas organizadas para o casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Como não é um hábito muito comum no Brasil, muitas vezes, as pessoas não percebem que o lugar é marcado e acabam se sentando em qualquer mesa, sem respeitar a marcação, causando alguns constrangimentos. Nesses casos, a recepcionista ou equipe de cerimonial devem avisar aos convidados logo na chegada a festa sobre os lugares marcados.

Dividir os lugares também pode ser um problema, pois isso nunca é fácil. Geralmente, os amigos querem sentar juntos e há pessoas que não ficam confortáveis próximas a desconhecidos.

Mas há também algumas vantagens em ter lugares marcados na festa de casamento. Ao fazer a distribuição dos lugares, é natural colocar pessoas que se conhecem e se dão bem próximas, o que pode tornar o evento ainda mais agradável para elas. A distribuição dos lugares também garante que todos terão onde sentar, mesmo que se levantem e voltem algumas horas depois.

Lugar marcado no casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Além disso, se uma refeição for servida, os lugares marcados deixarão este momento muito mais organizado, principalmente se houver diferentes opções no cardápio e ele for servido empratado na mesa pelos garçons. A probabilidade de ocorrerem erros na entrega dos pratos diminui nesse tipo de organização.

Ter lugares marcados também ajuda a evitar penetras na festa. Afinal, se todos os lugares têm dono, as pessoas que não foram convidadas ficarão extremamente sem graça, pois serão as únicas em pé durante o jantar, por exemplo. Além disso, eles não terão como sentar em um lugar se ele já estiver ocupado.

Avisar aos convidados que os lugares na festa são marcados diminui a probabilidade de ocorrer uma debandada de pessoas ao final da cerimônia, o que muitas vezes acontece. As pessoas não querem chegar à festa e não ter onde sentar, o que faz com que muitas saiam da cerimônia antes dela ter acabado. Isso pode ser evitado se todos souberem que seus lugares estão garantidos.

Ter ou não lugares marcados na festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Há também quem encare os lugares marcados na mesa como uma obrigatoriedade em servir uma refeição completa, o que nem sempre é verdade. É claro que isso facilita o trabalho dos garçons, mas ter lugares marcados na festa de casamento serve simplesmente para deixar o espaço mais arrumado e garantir que todos terão onde se sentar.

Uma boa ideia é, ao invés de colocar o nome de cada convidado num lugar, colocar o nome da família na mesa ou dividir o espaço da festa por setores (afinal, nem todo mundo vai com a família toda). Assim, as pessoas podem se distribuir de acordo com suas afinidades e todos encontrarão os melhores lugares e companhias para curtir a festa.

Para decidir se querem ter ou não lugares marcados na festa de casamento, o casal deve pensar no tipo de evento que está pensando em promover. Uma festa de casamento com lugares marcados tem um clima muito mais formal e, se este não for o estilo desejado, pode ser melhor pensar em outras formas de distribuir os convidados no salão de festas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *