Como calcular um jantar de casamento

Se o seu casamento é à noite e você pretende servir uma linda e deliciosa refeição para seus convidados, então é preciso saber como calcular um jantar de casamento. A Casuarinas Casa de Festas traz algumas dicas de como fazer este cálculo para que não falte nada no seu evento!

Saiba Como Calcular um Jantar de Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  • Leve em consideração o tempo de duração da festa de casamento. Quanto mais longo o evento, maior a quantidade de comida e bebida que será gasta. No entanto, não é preciso exagerar para não haver desperdícios. Jogar comida fora é sinônimo de jogar dinheiro fora.
  • Existem três tipos de serviço para servir o jantar de casamento e você terá que optar por um deles. O serviço à inglesa é o mais tradicional e os garçons servem os convidados pratos que já saem montados da cozinha. No serviço à francesa, os garçons passam com as bandejas servindo os convidados na mesa. Nesse caso, cada um decide a quantidade que será colocada em seu prato. No serviço à americana, os convidados se dirigem ao Buffet e se servem da quantidade que desejam comer. Os garçons ficam à disposição somente para reabastecer o Buffet.
  • Os serviços à inglesa e à francesa tendem a ser mais caros, pois necessitam de uma quantidade maior de profissionais atuando no evento, e geram mais desperdício. No entanto, são chiquérrimos, evitam filas e é por isso que eles nunca saem de moda. Já o serviço à americana é mais popular e evita o desperdício. No entanto, quando não é bem montado, gera aquelas filas intermináveis no salão.

    Calculando um Jantar de Casamento

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  • Claro que é possível combinar os serviços. Por exemplo, os convidados são recepcionados com um coquetel servido a francesa, enquanto o jantar propriamente dito é servido à americana. Essa é uma opção bastante popular e que torna o evento bem agradável.
  • Se houver um coquetel antes do jantar, as pessoas comerão menos. Já se o jantar for completo, com entrada, prato principal e sobremesa, não será preciso servir um coquetel aos convidados na chegada à festa.
  • De modo geral, adultos comem mais que crianças e idosos e homens comem mais que mulheres. Isso deve ser levado e conta na hora de calcular a comida. Cada adulto pode ser contabilizado como duas crianças no Buffet.

    Quanto se Gasta em um Jantar de Casamento

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  • Calcule de 5 a 8 petiscos por pessoa quando houver jantar completo. Já para coquetel com seguido de um prato pode-se calcula de 10 a 12 petiscos por pessoa.
  • Para o jantar propriamente disso, utiliza-se aproximadamente:- 150 gramas de massa por pessoa se ela for acompanhada de uma proteína ou 200 gramas se for apenas massa com molho.

    – Já no caso de saladas, são 120 gramas por pessoa.

    – Se o acompanhamento for arroz, utiliza-se 150 gramas por prato.

    – 200 gramas de carne, peixe ou frango por prato.

  • Já para os docinhos, são 5 ou 6 por pessoa.

    Jantar para Casamento

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  • Se o bolo de casamento for servido como sobremesa, calcula-se 100 gramas para cada convidado. Se houver outras opções de sobremesas, são 60 gramas por pessoa.
  • No caso de sobremesas é difícil calcular a quantidade, pois algumas fazem mais sucesso do que outras. Por outro lado, alguns convidados abrem mão da sobremesa para comer o bolo e os doces. Se você pretende servir sobremesas diversas no seu jantar de casamento é preciso calcular uma por convidado, pois é melhor sobrar do que faltar.
  • Já se a sobremesa for salada de frutas ou sorvete fica mais fácil: 150 gramas por pessoa é suficiente.

    Preparativos para um Jantar de Casamento

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  • Costuma-se servir um bem casado por convidado. No entanto, como algumas pessoas gostam de comer mais de um, calcula-se 20% a mais do que o número de convidados.
  • A quantidade de bebidas por pessoas no casamento pode variar. Confira no artigo “Bebidas para Casamento” e saiba mais.
  • Todo convidado deve ser contabilizado na hora de preparar o jantar de casamento. Afinal, não há como prever se um convidado não vai querer o jantar ou se comerá somente a salada. Nesse caso, também é melhor sobrar do que faltar.