Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questão

O assunto é polêmico e pode gerar discussões acaloradas: cortar a gravata do noivo ou não ainda é um tabu em festas de casamento. A origem da brincadeira parece ser brasileira, uma forma dos convidados descontraírem e contribuírem com a lua de mel dos noivos. Mas será que as pessoas entendem mesmo o corte da gravata como brincadeira ou um constrangimento?

É praticamente impossível ir a um casamento e não assistir a essa situação: os padrinhos puxando o noivo por toda a festa pela gravata, oferecendo um pedacinho dela em troca de dinheiro para lua de mel. Para algumas pessoas, a cena e divertida e hilária; já outras, acham tudo uma palhaçada e falta de educação. E, no meio dessa “batalha” estão os noivos que, além de terem de lidar com todo o estresse de planejar um casamento, ainda precisam decidir se vão ou não permitir que a gravata do noivo seja cortada.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Atualmente, a maioria das pessoas já vão ao casamento esperando ver o momento da gravata, pois ele parece já ter virado uma tradição. No entanto, não é obrigatório que ele ocorra, tendo em vista que alguns noivos simplesmente não desejam participar da brincadeira. Seja por timidez ou por não gostarem da situação, é opção dos noivos, e não dos padrinhos, cortar a gravata do noivo.

Tudo deve ser combinado previamente com a assessoria cerimonial. O casal, principalmente o noivo, passa todas as informações a cerimonialista antes da festa. Alguns casais não permitem de jeito nenhum o corte da gravata; já outros permitem com algumas restrições, enquanto outros permitem que brincadeira seja completamente liberada. Cabe aos noivos e assessores informar aos padrinhos sobre a brincadeira e a decisão que tomaram. Afinal, os noivos são os donos da festa e suas decisões devem ser respeitadas sempre. E, no caso de insistência, são os assessores que devem barrar a brincadeira não autorizada.

É importante ressaltar que decidir cortar a gravata do noivo ou não vai depender muito dos noivos, do tipo de evento e dos convidados que estarão presentes. Casais mais extrovertidos tendem a gostar mais desse tipo de brincadeira, principalmente se o ambiente do casamento for mais informal. A brincadeira da gravata em festas super formais pode parecer algo forçado ou deslocado.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

O importante é instruir bem quem participará da brincadeira. Não é legal fazer exigências ou constranger quem não pode contribuir. Todos os convidados do casamento fizeram algum tipo de investimento para comparecer ao evento, gastando com roupas, maquiagem, penteado e até com presentes. Por isso, não é legal exigir mais dinheiro deles, estipulando valores e chamando de “pão-duro” ou “mão de vaca” quando a pessoa, na verdade, já contribuiu com os noivos de outras formas. É preciso ter cautela com os comentários para que ninguém não fique triste ou se sinta obrigado a participar do corte da gravata no casamento.

O mais importante é que, para quem optar por cortar a gravata do noivo, a brincadeira não pareça algo grosseiro ou de mal gosto, que pode acabar com o clima da festa, ou fazer ainda, o casal perder um amigo.

Para tanto, muitos noivos distribuem algum tipo de brinde para as pessoas que contribuem com o corte da gravata (além, é claro, do pedaço da gravata). Alguns dão chaveiros em formato de gravata; outros preferem distribuir doses de whisky. O importante é não utilizar nada que sinalize que o convidado não pode contribuir com a brincadeira.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

E você, gosta da brincadeira de cortar a gravata do noivo ou não? Nos conte sua opinião!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *