Vale a pena investir em peças DIY para casamento

Casamentos personalizados estão em alta e são uma tendência que têm se mantido por bastante tempo. É por isso que é comum que cada vez mais as pessoas invistam em peças exclusivas e feitas à mão. Mas será que vale a pena investir em peças DIY para casamento?

Detalhes na decoração do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Peças DIY são peças artesanais, que podem ser encomendadas em artesãos ou feitas pelos próprios noivos com a ajuda de familiares e amigos. Muitos casais optam por fazê-las em casa ao longo da preparação para o casamento para dar um toque ainda mais pessoal ao evento e também para economizar um pouco, tendo em vista que peças artesanais exclusivas podem ser um pouco caras.

Porém, antes de procurar mil ideias na internet e ir em lojas comprar o material para fazer um monte de lembrancinhas personalizadas para o seu casamento, pense bem em quanto tempo você possui para aplicar nestas ideias. Afinal, além de todas as atividades cotidianas que ocupam nosso tempo, o próprio planejamento para o casamento vai ocupar muito do seu tempo.

Sendo assim, é bom se perguntar se há tempo hábil para colocar todas as ideias em prática até a data do casamento. É claro que alguns projetos são fáceis e rápidos de serem executados, porém outros requerem muita atenção e dedicação. E se você compra todo o material para fazer vários projetos e não consegue terminá-los a tempo, significa que você desperdiçou seu dinheiro.

Portanto, se você pretende fazer as peças personalizadas do casamento, precisa avaliar se há tempo suficiente para isso. Além disso, também deve se questionar se é realmente a pessoa mais qualificada para realizar o trabalho. Afinal, a produção de peças artesanais de boa qualidade pode demorar anos para ser aprimorada.

Decoração personalizada para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Por isso, antes de começar a fazer várias peças para o casamento, faça um levantamento do valor dos materiais que você vai precisar, do tempo que terá que disponibilizar para isso e dos valores que os artesãos estão cobrando pelo mesmo tipo de peça. Muita gente pensa que os valores cobrados pelos profissionais são caros quando não faz este tipo de comparação.

É claro que investir em peças DIY para casamento é sempre uma boa escolha, pois este tipo de material dá muito mais personalidade ao evento e pode deixá-lo com uma aparência única e até mais aconchegante, mas personalizar cada item pode ser ainda mais trabalhoso do que comprar tudo em uma loja de artigos para festa.

O ideal é colocar tempo e orçamento em primeiro plano para decidir o que será comprado pronto e o que será feito de forma artesanal. Itens feitos à mão costumam ser mais caros do que aqueles encontrados prontos, porque dão muito mais trabalho para serem feitos e oferecem possibilidades muito maiores de personalização.

É claro que se houver alguém próximo que tenha habilidades manuais e possa contribuir com a confecção das peças DIY, pode valer a pena comprar o material e combinar com pessoa de pagar a ela pela mão de obra, o que pode tornar o projeto um pouco mais econômico. Se a pessoa não quiser cobrar pelo trabalho, você pode ajudar custeando o material e ajudando no que puder, por exemplo.

Vale a pena investir em peças DIY para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Investir em peças DIY para casamento é sempre uma ótima ideia, mas o mais importante de tudo é os noivos ficarem satisfeitos com as peças e manterem todos os projetos dentro do orçamento. E, se o casal tiver o tempo e o talento necessários para desenvolver este tipo de projeto, fazer as peças para o próprio casamento pode ser prazeroso e, ainda melhor, os convidados podem dar ainda mais valor a elas.

Significados das flores: escolha as melhores para o seu casamento

Os significados de algumas das mais populares flores podem ser surpreendentes. Por isso, conheça os significados das flores e escolha as melhores para o seu casamento.

Significados das flores: escolha as melhores para o seu casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se você está planejando um casamento, já deve estar pensando nas flores que serão usadas. Mas ao invés de basear suas escolhas apenas na cor ou no visual das flores, que tal levar em conta os significados das flores ao tomar sua decisão?

Os significados das flores são bem antigos. Durante os tempos vitorianos, por exemplo, as flores eram usadas para expressar emoções quando palavras e gestos falhavam. Hoje, muitos casais seguem esta prática romântica e criam buquês e arranjos de flores cujos significados são importantes para eles. Há muitas flores que significam amor, mas há também aquelas com significados inusitados.

A cor das flores desempenha um papel substancial no significado também. As rosas, por exemplo, têm significados diferentes dependendo da tonalidade. Enquanto uma rosa vermelha simboliza paixão, uma rosa branca significa pureza e uma rosa champanhe significa alegria e admiração. Por isso, é importante ir além ao se escolher flores para um casamento.

Conheça então os significados das flores e escolha as melhores para o seu casamento.

Como escolher as flores para o casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Amarílis: conhecida no mundo da botânica como uma flor de beleza esplêndida, a amarílis significa admiração. Elas são encontradas em tons avermelhados, rosados ou amarelados.

Antúrio: essa flor romântica, inspirada no Cupido, tem uma beleza tropical e representa inocência, luxo e autoridade.

Cravo: uma flor comumente utilizada na lapela de noivos e padrinhos, o cravo tem significados bem masculinos, como respeito e dinheiro, além de propriedades afrodisíacas.

Crisântemo: geralmente, quando falamos de flores do campo, estamos falando de crisântemos. Eles são muito populares, fáceis de serem adquiridos e oferecem uma ótima durabilidade. Os crisântemos são usados para celebrar a vida, mas os amarelos significam amor frágil, os brancos, sinceridade, e os vermelhos, paixão e amor.

Gardênia: considerada um tesouro tropical, as gardênias significam pureza, doçura e sinceridade, sendo utilizadas por muito tempo para sinalizar que a pessoa possuía um amor secreto.

Significados das flores: escolha as melhores para o seu casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

 

Gérbera: quem desejar usar gérberas na decoração do casamento não encontrará dificuldades para escolher cores, pois elas oferecem uma infinidade de possibilidades. Elas significam vida, simplicidade e energia.

Girassol: grandes e exuberantes, os girassóis tem uma aparência impressionante e são associados à felicidade e a lealdade.

Hortênsia: hortênsias não possuem uma grande variedade de cores, mas também são lindas e representam dignidade, honra e obstinação. A hortênsia azul costuma ser associada com tranquilidade, calma, paz e conforto, enquanto a rosa representa pensamentos puros e vaidade.

Lavanda: quem quer uma flor que tenha um perfume muito agradável pode investir em lavanda, que significa calma e admiração.

Lírio: quando pensamos em flores para casamento, logo pensamos em lírios. Elas se tornaram muito comuns em casamentos por causa de sua beleza e por significarem pureza e respeito. O lírio alaranjado simboliza a paixão, enquanto o amarelo representa a alegria.

Flores para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

 

Margarida: margaridas são bonitas, delicadas e significam inocência e fortalecimento. Elas podem ser perfeitas para casamentos informais.

Mosquitinho (Gipsófila): arranjos com mosquitinhos estão se tornando muito populares, pois esta planta não só é barata e cria um visual lindo, como também é utilizada para transmitir felicidade.

Orquídea: considerada uma flor exótica, a orquídea é linda e muito chamativa. A orquídea rosa ou lilás significa sedução, a vermelha significa desejo sexual, e a amarela, amor erótico. Já a orquídea branca significa amor puro.

Rosa: muito popular em buquês e arranjos, os significados das rosas variam de acordo com suas cores. As rosas vermelhas estão ligadas a paixão e ao amor ardente, respeito, coragem e admiração, as amarelas, amor entre amigos e felicidade, as brancas simbolizam paz, inocência e pureza, as azuis, amor eterno. Rosas champanhe estão ligadas a admiração, simpatia e fidelidade, as de cor de rosa significam amor e carinho, as rosas chá são para respeito e admiração, e as lilás, amor à primeira vista.

Tulipa: esta bela e amada flor possui muita beleza e vem em diversas cores, cada uma com um significado diferente. Tulipas rosas significam cuidado, as roxas realização, as vermelhas são uma declaração de amor, as brancas significam perdão, e as amarelas, amor desesperado, esperança e reconciliação.

Qual estilo de casamento combina mais com você?

Hoje em dia existem vários estilos de casamento. Afinal, nenhum casal é igual ao outro e isso faz com que, ao longo do tempo, muitos estilos apareçam e se misturem, criando novos estilos e fazendo com que outros desapareçam. Mas será que você já descobriu qual estilo de casamento combina mais com você?

Qual estilo de casamento combina mais com você?

Fonte: Belle The Magazine.

É claro que existem muitos estilos de casamento, o que torna difícil organizar uma lista completa. No entanto, a casa de festas Casuarinas separou a lista dos principais estilos de casamento que estão em alta para que você descubra qual deles combina mais com você:

1. Clássico: o estilo clássico é aquele mais tradicional. Ele continua em alta porque um bom clássico nunca é esquecido. Esse é o estilo favorito dos casais mais tradicionais: uma grande festa para toda a família, amigos, conhecidos e até vizinhos. Casamentos clássicos tendem a ser enormes e extremamente elegantes.

Decorações com cores claras e neutras, muitos cristais, flores e prataria completa são características de um casamento clássico. Além de uma cerimônia que segue um ritual longo, a festa de um casamento no estilo clássico tende a ser igualmente elegante, apresentar um serviço de buffet e um cerimonial completo, com apresentação dos noivos, primeira dança, etc.

2. Rústico: madeira, muitos elementos personalizados e feitos à mão, além de uma clara conexão com a natureza marcam uma decoração de casamento com estilo rústico. Esse estilo está em alta, é natural, romântico e costuma ser utilizado quando o espaço do casamento é ao ar livre. Porém é possível conseguir o mesmo efeito em espaços fechados com bastante flores, plantas e elementos rústicos.

Tipos de estilo de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Ter um casamento rústico significa colocar a mão na massa ou ter como investir em muitos elementos feitos à mão, que podem custar bastante caro. Caixotes, pallets, garrafas de vidro, fitas, luzinhas e elementos de casa ajudam a providenciar uma decoração rústica, porém acolhedora, que deixa todos os presentes muito à vontade.

3. Boho chic: o estilo boho, ou boêmio, é, na verdade, uma mistura de elementos de vários estilos, como o vintage, o provençal e o rústico. O estilo boho chic pode ser a aposta perfeita para quem deseja um casamento pouco tradicional, mas igualmente elegante. Afinal, não há regras e é possível escolher o melhor de cada estilo para compor um casamento boho.

Com este estilo de casamento, cria-se uma atmosfera aconchegante e elegante, que às vezes parece ter saído diretamente de um filme dos anos 1970. Objetos coloridos, elementos feitos à mão e algo que lembre um pouco a pegada exotérica das décadas passadas, como sinos dos ventos e apanhadores de sonhos, podem ser usados como peças centrais junto a flores e velas.

4. Vintage: a palavra “vintage” se relaciona com as melhores coisas do passado, que ocorreram entre os anos de 1920 e 1960. Em um casamento com estilo vintage, o ideal é escolher uma década e utilizar peças criadas e produzidas neste espaço de tempo para decorar os espaços da cerimônia e da festa. Ao entrar em um evento de estilo vintage, devemos nos sentir transportados para o passado.

Dicas de organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Para reforçar o estilo vintage, o casal e os padrinhos podem investir em trajes e penteados que lembrem o passado. Além disso, televisões, rádios e todo tipo de aparelhos antigos podem ajudar a compor a decoração, deixando-a ainda mais vintage. Casais que querem criar um evento personalizado e único podem investir num casamento de estilo vintage sem medo de errar.

5. Provençal: inspirado na região de Provença, ao sul da França, o casamento com estilo provençal é elegante, bonito, delicado e com uma conexão profunda com a natureza. E, talvez por isso, tenha se popularizado muito nos últimos anos. Afinal, quem não quer se casar num espaço que tenha uma decoração encantadora e romântica?

A decoração de casamento provençal é marcada pelo uso de móveis provençais, que são aqueles com pátina, que parecem estar desgastados. Além disso, o uso de muitas flores e folhagens também é bem presente neste estilo de casamento. Detalhes e elementos lúdicos variados também ajudam a criar uma bela cenografia.

6. Industrial: o estilo de casamento industrial é mais minimalista e busca dar destaque a arquitetura do espaço com o uso de poucos elementos decorativos. Mas só porque este estilo de casamento tem menos elementos não significa que ele é menos bonito ou elegante. Casamentos com estilo industrial têm como destaque o próprio espaço da festa.

Dicas de decoração de casamento

Fonte: Pinterest.

Mesmo os defeitos do local, como uma parede desgastada ou mesmo sem acabamento, podem se tornar grandes atrativos. Além disso, o uso mínimo de elementos permite aos noivos se destacarem mais no evento, se tornando o centro das atenções, o que pode não acontecer quando há muitos detalhes para serem percebidos pelos presentes

7. Temático: casamentos temáticos costumam ser muito criativos! Isso porque é possível explorar um determinado tema de diferentes jeitos, utilizando-o de forma literal ou apenas alguns detalhes. O tema pode fazer com que o casamento fique ainda mais interessante, principalmente quando incluído ao evento de forma elegante, ajudando a criar uma cenografia mais rica.

O tema de um casamento pode ser baseado em um filme, série, desenho, livro ou estilo musical. Um casamento tropical, por exemplo, pode ser ótimo para o verão, pois costuma incluir muitas bebidas geladas e frutas no cardápio. Já um casamento inspirado numa história pode proporcionar uma verdadeira inserção no tema, deixando tudo muito mais divertido.

Casamentos temáticos

Fonte: JJCabelereiros

Como realizar um casamento ao ar livre

Muitos casais têm optado por se casar ao ar livre. Isso porque esse tipo de evento não é só menos formal, como também conecta todos os presentes a natureza do entorno e ainda aproveita a iluminação natural, que é belíssima para as fotos. Se você também deseja estar em contato com a natureza nesta data especial, veja como realizar um casamento ao ar livre.

Casar ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Casais que desejam se casar ao ar livre devem estar preparados para marcar a data do evento nas épocas mais secas do ano. No Brasil, essa época costuma ser entre abril e setembro, que abrangem o outono e o inverno, ou seja, os meses mais frios do ano, o que pode ser uma vantagem em um país tropical e quente como o que vivemos.

Porém, realizar um casamento ao ar livre numa época de pouca chuva não significa que não vai chover. Por isso, é muito importante encontrar um espaço para realizar o evento que possua uma área coberta caso a previsão do tempo seja de chuva na data escolhida. Isso permite que não seja preciso transferir todo o casamento para outro local, causando mais gastos e um enorme transtorno.

Também é válido se precaver em relação ao calor, proporcionando mais conforto para os convidados se o dia estiver quente. Como o excesso de calor causa desidratação, ter muito líquidos disponíveis mesmo durante a cerimônia é bem importante. Além disso, arrumar o espaço para os convidados de sentarem na sombra também pode ser válido, assim como fornecer leques e sombrinhas.

Caso o tempo no dia do casamento esteja mais ameno ou frio, as bebidas geladas podem ser substituídas por bebidas quentes, como chocolates e cappuccinos. Ao invés de distribuir leques, ter algumas echarpes e pashminas pode proporcionar algum conforto para os convidados que não tenham levados agasalhos suficientes.

Como realizar um casamento ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Além de disponibilizar líquidos, providencie para que os convidados tenham sempre à mão protetor solar e repelente. Mesmo que no dia do casamento não esteja chovendo, uma semana chuvosa e quente pode fazer com que a proliferação de mosquitos aumente e que o calor se intensifique exatamente na data do seu evento. Por isso, previna-se.

Vale ressaltar que todos esses itens oferecem ótimas oportunidades de personalizar o evento. Um leque decorado com o monograma dos noivos, por exemplo, pode ser considerado uma ótima lembrancinha de casamento, pois os convidados podem levar para casa e utilizar novamente várias vezes, assim como uma squeeze personalizada.

É claro que a iluminação natural vai deixar suas fotos ainda mais lindas e o momento mais inesquecível, mas não se esqueça que o excesso de sol, mesmo que não esteja tão quente, pode ser um problema. Por isso, quem vai se casar de manhã deve dar preferência a horários até 11h. Quem vai se casar mais tarde pode preferir um evento após às 16h, quando o sol está mais fraco.

Também é preciso ter um pouco mais de cuidado com a decoração, principalmente com as flores, que ficarão mais expostas, o que pode fazer com que murchem ou fiquem com aparência de queimadas devido ao sol ou ao frio. Por isso, escolha plantas que se adaptem bem a diferentes temperaturas para que tudo fique lindo até a hora do casamento.

Casar na natureza

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Casamentos sempre precisam de sonorização e vale lembrar que nem equipamentos de som nem músicos podem ficar na chuva. Portanto, mesmo que a previsão seja de tempo firme, é necessário que os músicos ou o responsável pelo som tenha um local reservado e coberto e que todos os equipamentos também recebam algum tipo de proteção.

Com todas essas dicas de como realizar um casamento ao ar livre fica bem mais fácil organizar o evento dos sonhos.

Vale a pena investir em um lounge no casamento?

Os lounges para casamento são bonitos, elegantes e proporcionam mais conforto aos convidados. Mas será que vale a pena investir em um lounge no casamento?

Vale a pena investir em um lounge no casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Em um evento badalado, ter um espaço para fazer uma pausa pode ser fundamental. E é por isso que ter um lounge no casamento é um diferencial que pode tornar o seu evento ainda mais bonito e inesquecível.

Como se utilizam de móveis e objetos cotidianos, que muitos de nós temos em casa, os lounges costumam despertar uma sensação maior de conforto nos convidados, principalmente nos mais jovens, o que faz com que sejam espaços badalados e até disputados em casamentos.

Quem desejar aliar conforto e descontração geralmente investe em pelo menos um lounge no casamento. Afinal, eles promovem um certo aconchego sem deixar de lado o clima mais luxuoso do evento, além de promover uma certa interação entre as pessoas. Os lounges ajudam na promoção de um ar mais informal em casamentos, que tendem a ter um clima naturalmente formal.

Ter ao menos um lounge perto da pista de dança, por exemplo, pode ser um coringa em uma festa de casamento. As pessoas podem sentar nos pufes e sofás entre uma música e outra para tomar um drink, comer um petisco e conversar para, sem seguida, logo voltar para a pista e manter a festa sempre animada.

Lounges para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O número de convidados, além da faixa etária principal, pode ditar o número de lounges. Um casamento com mais jovens pode ter menos mesas e mais lounges do que um com maior número de pessoas idosas.

Em um casamento que não contará com um jantar formal, por exemplo, vale a pena investir um pouco mais nos lounges, pois quando as pessoas não precisam de mesas de apoio elas tendem a dar preferência a espaços mais informais, como os lounges. Neste caso, ter uma chapelaria para guardar bolsas e casacos também pode ser bem importante.

Quem vai casar em um espaço grande e quer criar cantinhos mais calmos para os convidados poderem ficar longe da pista de dança ou até para os convidados simplesmente se sentarem com muito conforto para colocar a conversa em dia sem precisar levantar o nível da voz deve investir em lounges.

Eles também podem ser bem importantes depois de algumas horas de festa, para quem deseja se afastar da agitação e descansar um pouco ou até para colocar algumas crianças para tirar um cochilo durante o evento.

Lounge Festa de Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Outro coringa é montar um lounge próximo à mesa dos doces, proporcionando aos convidados uma parada estratégica e deliciosa no meio do evento. Os lounges tendem a fazer com que os convidados se movimentem mais pela festa, circulando naturalmente pelos espaços e parando momentaneamente em locais que proporcionam maior conforto.

Para tanto, pufes, sofás, chaises, bancos, tapetes, mesinhas laterais e de centro, flores, velas, castiçais, candelabros, objetos decorativos e até obras de arte entram em cena para criar esses cantinhos elegantes e luxuosos e aconchegantes para os convidados do casamento. Os lounges criam espaços bonitos, confortáveis e até inovadores em qualquer tipo de evento.

Muitas casas de festa já oferecem decoração para casamento com lounge. No entanto, se este não é o seu caso, saiba que é possível alugar os móveis com fornecedores especializados e, inclusive, aproveitar algumas peças que você tenha disponível em casa. Isso ajuda a deixar a decoração ainda mais personalizada.

Portanto, se você deseja um clima luxuoso, elegante e muito confortável, ter um lounge no casamento (ou vários) pode ser o diferencial que você procurava para tornar este dia uma data ainda mais inesquecível para todos.

Ideias criativas para iluminar o casamento

Nem sempre a iluminação do casamento recebe a atenção que merece. E o resultado é uma cenografia que nem sempre condiz com que os noivos imaginaram. Confira então algumas ideias criativas para iluminar o casamento que complementam perfeitamente a decoração do evento:

1. Velas:

Ideias criativas para iluminar o casamento

                                                                  Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

As velas ajudam a criar um ambiente romântico e intimista que pode ser perfeito para um casamento. Elas podem ser utilizadas desde a decoração do local da cerimônia até o local da festa, dando unidade aos dois espaços.

No caso da cerimônia, as velas podem compor os arranjos ou serem colocadas ao longo do corredor de passagem dos noivos. Se a cerimônia acontecer em uma igreja, também é possível iluminar o altar com velas. No entanto, antes de fazer planos, verifique se o local aceita a iluminação com velas.

Já na festa, as velas podem ser utilizadas nos diferentes espaços: sobre as mesas junto com os arranjos, iluminando a mesa do bolo e dos doces, penduradas sobre a pista de dança para criar a sensação de um céu estrelado ou ainda em arranjos aéreos, participando mais ativamente da cenografia do casamento.

Cada espaço para festa trabalha o uso de velas de um jeito, portanto é preciso perguntar como o salão escolhido permite utilizar esse acessório antes de querer espalhar velas por todos os cantos. Atualmente, as formas mais comuns de usar velas são nos arranjos ou velas suspensas em determinados espaços para dar destaque a eles.

Também vale ressaltar que iluminar o espaço da festa somente com velas nem sempre é possível, principalmente se ele for muito amplo.

2. Luzinhas:

Luzinhas para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Muito charmosas e bonitas, as luzinhas podem ser usadas de diferentes formas para deixar o casamento ainda mais gracioso. Em áreas externas, as luzinhas ajudam a complementar a iluminação do espaço e deixá-lo mais despojado, com um jeitinho de festa do interior. Já nos ambientes internos, elas podem ser usadas para destacar espaços específicos, deixando-os ainda mais especiais.

Seja na forma de varal ou tramas, as luzinhas de casamento nunca saem de moda e podem criar lindos planos de fundo para as mais diferentes fotos, principalmente quando combinadas com uma decoração bem bonita e florida. É possível usar as luzinhas até para iluminar o local da cerimônia, deixando-o com um toque mais especial.

Para criar um varal ou trama de luzinhas é necessário contratar o trabalho de um profissional experiente, pois necessitam de instalações elétricas que, se não forem feitas de forma correta, podem causar sérios acidentes. Além disso, todo o material deve ter o selo de aprovação dos órgãos reguladores de qualidade.

Muita gente acha que é só usar umas luzinhas de Natal para criar a decoração que ela ficará perfeita. No entanto, esse tipo de material não foi feito para ficar tantas horas ligado e pode apresentar problemas técnicos durante o evento. Além disso, se as luzinhas não forem de LED, elas tendem a esquentar e tornar o ambiente abafado.

Por isso, sempre confie no trabalho de um profissional de iluminação para fazer o varal ou trama de luzinhas que será usado no seu evento.

3. Lustres, candelabros e castiçais:

Iluminação de casamento com candelabros

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É comum utilizar lustres, candelabros e castiçais para compor a decoração do casamento. Por isso, por que não usá-los também para iluminar os espaços? Esses acessórios podem usar tanto eletricidade quanto velas e a combinação dos dois tipos de iluminação pode ajudar a delimitar espaços e criar uma ambientação bem interessante.

Enquanto lustres e castiçais iluminam as mesas dos convidados e podem ser complementados com flores para aumentar sua presença, a mesa de doces e do bolo pode ser montada sob um lustre maior e luxuoso. Ter uma pista de dança embaixo de um lustre também pode ser uma boa ideia.

Esse tipo de acessório dá um ar de grande elegância ao casamento, deixando-o mais bonito e bem decorado. Quem busca por um visual luxuoso e sofisticado pode investir em acessórios nobres para deixar o evento com um glamour único e especial. Misturar cristais com metais pode ser uma boa opção, principalmente em eventos mais tradicionais.

4. Luminárias ou lanternas orientais:

Lanternas orientais

Fonte: La Belle Mariee.

As luminárias e lanternas orientais complementam bem a decoração do casamento sem, necessariamente, deixá-la temática. Isso acontece porque as lanternas são utilizadas para quebrar um pouco a luz direta, deixando os ambientes mais confortáveis e aconchegantes.

Como esse tipo de material não é caro, é possível abusar das luminárias e lanternas no casamento. Elas podem ser usadas sozinhas no varal de lâmpadas ou criando uma cortina compostas de lanternas de diferentes tamanhos, formas e cores, principalmente se você quer um casamento bem colorido.

As luminárias e lanternas orientais podem ser combinadas com outros itens decorativos para quem quer criar uma identidade visual única para o evento. É possível misturá-las com flores, velas, luzinhas e outros acessórios para criar uma decoração de casamento quase mágica!

5. Letras e desenhos iluminados:

Desenhos iluminados

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Usar tipografia na decoração do casamento está bem em alta, principalmente para passar mensagens românticas. Agora imagine se a mensagem estiver iluminada e acompanhada de alguns desenhos igualmente iluminados! Lindo, não é?

Os nomes ou as iniciais dos noivos podem ser iluminados, ganhando destaque por toda a festa, junto a espaços bem decorados da festa ou próximos a mesa do bolo, para chamar ainda mais atenção para o local.

Frases, mensagens e desenhos iluminados podem ser espalhados por toda a festa e pista de dança para tornar os ambientes mais românticos. Além disso, esses locais podem ser ideais para os convidados posarem para fotos. Outra opção é pendurar as letras iluminadas sobre a pista de dança, tornando esse um espaço único e exclusivo.

Como decorar a igreja para o casamento

Se você decidiu realizar a cerimônia religiosa do seu casamento em uma igreja, então também deverá prepará-la no grande dia. Veja como decorar a igreja para o casamento para que ela fique linda!

Cerimônia de casamento na igreja

Fonte: PlayBuzz.

Muitos casais, na hora de decorar a igreja para o casamento, optam por contratar um fornecedor para fazer a decoração, que é geralmente constituída de arranjos de flores e outros detalhes. Porém, outros preferem colocar as mãos na massa e preparar o espaço para o evento.

Seja qual for seu caso, saiba que, antes de colocar em prática qualquer ideia mirabolante, é importante conversar com a pessoa responsável por administrar a igreja que tipo de decoração é aceita.

A igreja é um templo religioso, geralmente administrado por uma autoridade religiosa, e é preciso consultar essa pessoa e descobrir o que pode ser usado para decorar os diferentes espaços.

Há também igrejas que indicam profissionais parceiros, que já estão acostumados a decorar esse templo. O ideal é fazer contato com esses profissionais e pedir orçamentos a eles, tendo em vista que geralmente esse tipo de parceria permite se conseguir melhores preços.

Arranjo de flores para casamento

Fonte: Top Wedding Decorating Ideas.

No entanto, se você já possui um profissional de sua preferência, converse com a administração da igreja para saber se pessoas de fora pode desenvolver esse tipo de trabalho no espaço escolhido. Não é comum que haja nenhum tipo de imposição da igreja, mas é claro que é preciso combinar tudo com antecedência.

Se o profissional escolhido não for o indicado pela igreja, ele precisará fazer uma visita ao local para conhecê-lo, se apresentar a administração e tirar algumas medidas. É muito difícil decorar um local que não se conhece, por isso, para a criação de uma boa decoração de casamento, essa visita é fundamental.

Com isso decidido, é hora de escolher o que será utilizado na decoração. Os arranjos de flores são as decorações mais tradicionais para se usar na igreja no dia do casamento, porém existem outras opções, como folhagens, tecidos, velas, iluminações especiais, frutas, etc. Além disso, muitos decorados desenvolvem projetos personalizados para cada casamento.

É muito importante chegar ao dia do casamento com todos os mais mínimos detalhes decididos. Isso porque a decoração sempre começa a ser preparada com o máximo de antecedência, para liberar a maior parte do dia do casamento para a decoração do espaço.

Decoração de igreja para casamento

Fonte: Enjoy Deco.

Para quem não sabe, é possível até preparar os arranjos com alguns dias de antecedência. Basta utilizar alguns produtos que fazem com que as flores durem muito mais tempo. Além disso, os arranjos podem ser guardados em geladeira, o que os mantém viçosos e bonitos por alguns dias.

A decoração tradicional geralmente possui alguns arranjos na entrada da igreja, pois este é o local em que os pais dos noivos recepcionam e cumprimentam os convidados. Esses arranjos podem ser substituídos, por exemplo, por um arco de flores e folhagens, que também fica muito bonito.

Essa decoração continua pelo corredor da igreja, que também costuma ser decorado com arranjos de arranjos de flores e um tapete que percorre todo o espaço para a passagem dos pais, padrinhos e noivos.

Antigamente, era muito comum utilizar tapete vermelho nos casamentos, pois eram sinônimos de nobreza. No entanto, hoje em dia, isso não é mais uma regra e pode-se usar o tapete de qualquer cor que os noivos desejem ou, inclusive, não usar tapete nenhum. Mas vale ressaltar que as cores de tapete que estão mais na moda são os verdes e azuis.

Igreja decorada para um casamento

Fonte: Easy Day.

Geralmente, é na decoração do corredor da igreja que os noivos mais gostam de inovar, já que tudo que fica nesse local acaba ganhando algum destaque nas fotos. Por isso, pense bem no que irá usar para obter ótimas lembranças desse dia.

É importante que os arranjos sejam proporcionais ao tamanho da igreja e do corredor. Em uma igreja grande, é possível usar arranjos bem grandiosos. Só tenha cuidado para que esses arranjos não atrapalhe a visão dos convidados. Já para igrejas pequenas, use arranjos menores. Se esse é o seu caso, deixe os arranjos maiores para o altar.

Aliás, o altar é o principal espaço de destaque da igreja. Portanto, ele também deve ser muito bem decorado, principalmente porque sairá em muitas fotos. Utilize, neste local, os maiores arranjos e tente valorizar a arquitetura da igreja, para que suas fotos fiquem realmente maravilhosas.

Decoração de casamento estilo provençal

A decoração de casamento estilo provençal é apaixonante! Esse tipo de decoração para casamento, inspirada na região do sul da França, está muito na moda e têm agradado várias noivas, principalmente as mais românticas, devido ao visual delicado e florido que o estilo proporciona.

Casamento com Estilo Provençal

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A França é um país fascinante, que sempre encanta e inspira muitos casais apaixonados. A região sul deste país possui características bem peculiares, como os imensos campos de lavandas e pequenos vilarejos, belos e humildes. E é destes vilarejos que vem a inspiração para a decoração de casamento provençal.

Mas, o mais interessante sobre a região da Provença (sul da França) é que sua população sempre buscou assumir um estilo bem nobre. Segundo historiadores, como Provença é distante da capital, os camponeses buscavam imitar o estilo dos nobres de Paris, criando uma junção perfeita entre a beleza dos campos e do requinte parisiense.

O que caracteriza uma decoração de casamento estilo provençal é a presença de um mobiliário rústico, a mistura de branco com tons pastel e a presença constante da natureza, seja através de folhagens ou flores naturais ou secas. Como a região da Provença é repleta de lavanda e girassóis, essas flores estão naturalmente mais presentes na decoração de casamento provençal.

Decoração com Estilo Provençal para Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Quem está buscando um visual mais rústico para o casamento pode apostar no estilo provençal. Com um mobiliário bem próprio e peculiar, que pode ser de madeira natural, branco ou de pátina branca, esse estilo de casamento combina com praticamente todo tipo de ambiente, seja ele fechado ou aberto. Em locais fechados, é importante que se invista bastante em flores, para que o visual provençal se destaque ainda mais.

Para colocar tantas flores são necessários vários recipientes. E nem todos eles precisam ser vasos enormes ou jarros requintados. Pequenos vasos rústicos, latinhas reaproveitadas e até algumas garrafas podem alocar flores e folhagens, deixando casamento com estilo provençal ainda mais bonito, florido e também com um toque vintage.

Vale ressaltar que neste tipo de casamento o mobiliário de madeira tem grande destaque, pois é ele, junto à natureza, que cria o visual provençal. Portanto, a mesa do bolo não recebe toalha. Além disso, mesas e cadeiras plásticas para convidados são praticamente proibidas, pois eles tiram um pouco da nobreza provençal. O ideal é providenciar mesas e cadeiras de madeira para os convidados.

Decoração de Casamento com Estilo Provençal

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É importante também investir em uma boa louça para que a decoração fique ainda mais bonita; Em Provença, é comum utilizar louças bem bonitas e trabalhadas, combinadas com copos e taças de material nobre, como cristal. Por isso, certifique-se que a louça combina com a decoração e que não há nenhum prato lascado, copo ou taça. Os talheres devem seguir o mesmo estilo, para que todo o visual do casamento fique bem coeso.

Para que o estilo provençal fique ainda mais realista, muitos casais escolhem cardápios com inspirações francesas, que buscam combinar com vinhos também franceses. No entanto, não é preciso investir muito para ter um cardápio de casamento francês. Uma tábua de queijos com torradas e patê de foie gras pode ser uma boa entrada de inspiração francesa, assim como algumas quiches e croissants. Se for inverno, os fondues são ótimas opções. Aproveite também para investir em uma torre de macarrons, doce tipicamente francês que tem uma bela aparência e pode contribuir muito para uma decoração de casamento estilo provençal.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a decoração de casamento estilo provençal já pode decidir se essa é a melhor opção para o seu “Dia D”!

Como escolher o convite de casamento

O casamento é um evento único e muito importante, por isso merece um convite à altura. Mas como escolher o convite de casamento certo? A Casuarinas Casa de Festas te dá as melhores dicas para não errar!

Como escolher o convite de casamento

Fonte: Oh So Beatiful Paper.

  • O convite de casamento é o primeiro contato de qualquer convidado com o evento. Dessa forma, ele vai ditar um pouco de como será o casamento. Quem recebe um convite formal espera que o casamento seja igualmente formal, clássico e tradicional. Já quem recebe um convite com visual informal prepara-se para um evento mais simples e sem muitas formalidades.
  • O convite de casamento também pode ajudar a informar um pouco sobre a identidade visual da festa. Cores que são utilizadas como inspiração para o evento podem compor o convite, deixando-os em sintonia com o evento que eles anunciam.
  • Atualmente, é tendência ter o monograma dos noivos no convite de casamento. Outros detalhes, como rendas, pedrarias e fitas ficam lindos no convite de casamento, pois sua aparência fica mais personalizada. No entanto, todos os detalhes devem ser pensados de forma que combinem com o estilo e a identidade visual do casamento.
  • Os convites mais clássicos de tamanho grande não saem de moda. Mas nada disso impede que os noivos escolham um convite mais simples e menor. Esse tipo de convite é indicado, inclusive, para quem não vai realizar uma festa depois da cerimônia.
  • Ao escolher o material do convite de casamento, opte por um papel de boa qualidade, que dure bastante, pois muita gente gosta de guardar os convites como recordação. Quanto a fonte, escolha uma que seja facilmente legível. Isso facilita o entendimento do convite e evita erros de digitação.
  • Os convites de casamento costumam ser impressos em papel vergé ou couché de tons claros, como branco, marfim ou creme. Mas se você desejar algo diferenciado, pode escolher um papel colorido. No entanto, quanto mais escuro, mais difícil pode ser a impressão dos convites. Se esse é o seu caso, converse com quem está confeccionando seu convite e peça para ver uma prova do material. Só assim é possível ter certeza que tudo ficará como o contratado.
  • Aliás, o contrato é essencial para qualquer produto ou serviço que você contratar para o seu casamento. Certifique-se de ler todo o contrato atentamente antes de assinar e de incluir uma cláusula de reimpressão no caso de haver algum erro de fabricação. Confirme também se, no caso de o material não ser entregue, você receberá seu dinheiro de volta integralmente.
  • Não se esqueça também dos convitinhos individuais, que ajudam a ter controle sobre o número de convidados da festa. Eles são distribuídos por pessoa, anexado ao convite que é endereçado a família, e devem seguir a mesma identidade visual do convite, de preferência sendo confeccionado com o mesmo tipo de material e fonte.
  • A mensagem do convite de casamento geralmente pode ser personalizada. Por isso, é importante corrigir o texto várias vezes antes de mandar imprimir os convites, para se certificar que não há nenhum erro. É no convite que está informado o nome dos noivos, endereço do evento, data, horário, dentre outras informações, e todas elas devem ser entendidas de forma clara por quem lê o convite.
  • Não se esqueça que o nome do convidado deve vir do lado de fora do convite. Isso pode ser impresso ou escrito a mão. Quem tem a letra bonita e quer entregar algo personalizado aos convidados pode fazer esse pequeno trabalho. Quem não tem, pode contratar um calígrafo (ou caligrafista), que é um profissional especializado neste tipo de serviço e deixará seu convite com um toque especial único.

Gostou das dicas? Então confira esses convites de casamento que a Casuarinas Casa de Festas separou como inspiração para você.

Escolhendo o convite de casamento

Fonte: Crative Market.

Convite de casamento como escolher

Fonte: Elegant Wedding Invites.

Dicas de convite de casamento

Fonte: Print Magic.

Como acertar no convite de casamento

Fonte: Oh So Beatiful Paper.

Como fazer com os convite de casamentos

Fonte: Oh So Beatiful Paper.

Convite de casamento moderno

Fonte: Bull Share.

10 dicas para ter uma decoração de casamento perfeita

Todo mundo quer uma decoração de casamento perfeita. Afinal, este dia é único e especial. Por isso, veja essas 10 dicas para ter uma decoração de casamento perfeita da Casuarinas Casa de Festas para ajudar no seu planejamento!

10 dicas para ter uma decoração de casamento perfeita

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  1. Antes de sair comprando um monte de coisas, decida-se por um estilo. O casamento será clássico ou moderno? A estética será tradicional ou boho chic? Essas decisões dependem do gosto dos noivos, do horário do evento e também do espaço escolhido. Casamentos à noite costumam ser mais formais, enquanto os de dia tendem a ter um clima mais informal. O local da festa também influencia um pouco essa estética, por isso é importante para os noivos escolherem um espaço que combine com suas preferências.
  2. Depois de se decidir por um estilo, é hora de buscar referências. E nada melhor do que as revistas sobre casamento e a internet para ajudar. Buscando referências é possível criar algo único e marcante, combinando algumas tendências da moda com algo criado pelos próprios noivos e seus assessores.
  3. Muitas casas de festas já incluem em seus preços o valor da decoração em que os noivos escolhem os itens que mais gostam ou são convidados a criar algo único junto aos decoradores. Outras indicam uma série de decoradores para que o casal escolha aquele que mais tem a ver com o que desejam. Seja como for, é preciso que o casal esteja em sintonia com quem vai criar a decoração, para que ela fique exatamente como o imaginado.
10 dicas para ter uma decoração perfeita de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  1. Quem tem tempo, disposição e talentos manuais pode colocar as mãos na massa e produzir itens para deixar a decoração de casamento perfeita! Forminhas para doce artesanais, por exemplo, não são difíceis de fazer a dão um charme todo especial à festa. Algumas lembrancinhas de casamento também não são trabalhosas. Imagine dizer aos convidados que os bem-casados foram feitos e decorados pela noiva? Isso dá ainda mais charme e personalidade ao casamento.
  2. Antes de escolher por um ou outro decorador, busque por referências. Veja se eles oferecem contrato e tente conversar com pessoas que já realizaram eventos com os profissionais. Não é difícil conhecer histórias tristes de casais que contrataram uma empresa e foram deixados na mão. Por isso, pesquise muito e exija contratos.
  3. Lembre-se que é necessário decorar dois espaços: o da cerimônia e o da festa. Portanto, é preciso dividir o orçamento destinado à decoração entre esses dois locais. Também é importante que, apesar de serem locais separados, ambos combinem, para que cerimônia e festa não fiquem muito desconectadas.

    10 dicas de casamento para ter uma decoração perfeita

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  4. Casamento é sinônimo de decoração com flores, por isso uma parte do dinheiro será investido nelas. Flores da estação são sempre ótimas opções, pois se mantém viçosas por mais tempo. No entanto, também é possível brincar com o significado das flores na decoração do casamento. Lírios, por exemplo, estão ligados ao amor eterno, à pureza e a inteligência, por isso são perfeitos para o buquê da noiva. Já as hortênsias simbolizam amizade e lealdade, e podem decorar bem as mesas reservadas aos padrinhos.
  5. Mas a decoração não é somente as flores. É preciso pensar nos vasos que vão receber os arranjos, mesas, cadeiras, toalhas, louças, detalhes decorativos, dentre muitos outros itens. Quem quer planejar uma decoração de casamento perfeita deve dar muita atenção aos detalhes. Portanto, faça uma check list de todos os itens que você deseja ter na cerimônia e, conforme eles forem sendo escolhidos, vão sendo ticados. Assim, fica mais fácil de organizar.
  6. Delegue tarefas a pessoas de sua confiança. O noivo, a mãe da noiva, a sogra, a irmã, a cerimonialista, as madrinhas… Todos podem assumir alguma responsabilidade de ajudar na criação de uma decoração perfeita. Quando tudo fica concentrado apenas na noiva, ela pode acabar sobrecarregada e nervosa. Por isso, todos devem se encarregar de buscar soluções e contribuições para a decoração do casamento.

    10 dicas perfeitas para ter uma decoração de casamento perfeita

    Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

  7. Por fim, chegar ao dia do casamento com tudo decidido pode ser a peça fundamental para ter uma decoração de casamento perfeita. Ter um plano bem delineado com os profissionais que farão os trabalhos e com as pessoas que vão supervisionar as tarefas faz com que seja mais fácil alcançar a perfeição.