Músicas de casamento

Uma das tarefas dos noivos é escolher as músicas de casamento que vão tocar no grande dia, tanto na cerimônia quanto na festa. Essa seleção não precisa ser feita com muita antecedência, mas é bom o casal já ir pensando no assunto o quanto antes, para combinar o que gostariam e o que não gostariam de ouvir durante o evento.

Música de casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Os casais que resolverem contratar uma banda, tanto para a cerimônia quanto para a festa, precisam conferir o repertório que os músicos oferecem e se o estilo deles combina com que haviam pensado em termos de músicas de casamento. Isso é muito importante, para que não fique de fora nenhuma música importante que o casal goste. Imagina não poder dançar aquela música que vocês consideram sua porque ela não está inclusa no que a banda oferece? Ou não poder sair da igreja com aquele som que você sempre sonhou porque não preparou o grupo para tocá-lo com antecedência?

Outro ponto que deve ser discutido com a banda é a questão do deslocamento dos músicos e instrumentos, assim como os locais em que eles devem se posicionar durante a cerimônia e a festa. Não se esqueça de verificar com o local da cerimônia e da festa se há lugar para eles montarem a aparelhagem que necessitam para tocar durante todo o evento, assim como cabeamento, caixas de som, etc, e que tipo de infraestrutura o local oferece, além dos preços. Geralmente, os músicos passam para o casal tudo que precisa ser considerado para o dia do casamento, mas não custa nada se adiantar.

Já os casais que vão optar por tocar músicas gravadas em um CD na cerimônia e contratar um DJ para a festa também precisam tomar algumas providências. No local em que ocorrerá a cerimônia, é importante verificar se o espaço oferece alguma aparelhagem de som, como está a manutenção do equipamento e seu funcionamento entre outras coisas. No caso do local não ter esses aparelhos, saber o que é necessário providenciar, o valor do aluguel da aparelhagem, etc. Essa verificação deve ser feita um pouco antes do dia do casamento pois, se houver algum problema, ainda há tempo para resolvê-lo.

Primeira dança do casalFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também é preciso verificar com o DJ sobre seu deslocamento, a instalação das aparelhagens de som, se o local da festa estabelece algum espaço especial para pista de dança, se eles já possuem alguma aparelhagem, se ela pode ser usada, qual o preço do aluguel dos aparelhos, etc. Também é preciso marcar uma reunião com o profissional para a criação da set list de músicas de casamento, que irá tocar durante toda a festa, assim como combinar a música que os noivos irão dançar e verificar.

Independente de escolher DJ ou banda para o casamento, é importante negociar com estes profissionais. No caso da festa acabar se prolongando, deve ser discutido em contrato se podem ficar mais tempo no evento e como serão pagos os custos extras. Além disso, converse com antecedência com os responsáveis pelos espaços onde vão ocorrer cerimônia e festa de casamento quanto as taxas do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), que, a princípio, devem ser pagas, ou pelos noivos ou pelos proprietários do espaço.

Se a cerimônia de casamento ocorrer na igreja, verifique com o responsável (padre, bispo, pastor, etc) que tipo de músicas de casamento é aceito usar nos eventos. Algumas igrejas, por exemplo, não aceitam músicas populares, somente religiosas e clássicas. Outras pedem que os noivos submetam sua lista de músicas a aprovação do dirigente religioso. Por isso, programar-se com um pouco de antecedência para definir as músicas de casamento pode fazer a diferença na hora do planejamento.

Música para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

E, para quem ainda continua com alguma dúvida sobre o assunto, basta consultar a Casuarinas Casa de Festas, que tem ampla experiência na organização de cerimônias e festas de casamento e, com certeza, pode te ajudar a montar a melhor lista de músicas de casamento.