Quem acompanha a noiva até o altar?

Tradicionalmente, quem acompanha a noiva até o altar é o pai dela. Afinal, é natural que o primeiro homem da vida dela a entregue para seu marido. Mas e quando a noiva não tem mais pai? Ou não possui uma relação próxima com ele? Ou, ainda, não gosta desta tradição?

Entrada na cerimônia de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A entrada da noiva é o momento mais aguardado da cerimônia de casamento e todo mundo ainda espera ver a moça com o pai, numa demonstração de carinho e companheirismo. Ele entrega a noiva para seu noivo, pois desse momento em diante, quem passará a cuidar dela é o marido.

Há casos em que a noiva entra com o pai e a mãe, um de cada lado, numa grande demonstração de afeto e que, a partir daquele momento, ela está saindo de uma família e começando a sua própria. A situação pode ser um pouco complicada se os pais da noiva são divorciados, pois eles próprios não constituem mais uma família.

Além disso, se a noiva não possuir uma boa relação com o pai, o momento de entrar junto com ele no local da cerimônia de casamento perde totalmente seu significado. O ideal é sim conhecer as tradições, mas saber que não é obrigação de ninguém segui-las e que elas podem ser adaptadas de acordo com a necessidade do casal.

Portanto, quem acompanha a noiva até o altar? Não há uma resposta precisa para isso. Se a moça não entrar com o pai, ela deve escolher seu substituto e convidá-lo o quanto antes. Geralmente, o padrinho ou irmão mais velho cumprem o papel do pai caso ele seja falecido.

Levar a noiva ao altar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Moças que foram criadas por avós podem convidar o avô para levá-la até altar. Há também aquelas que possuem ótima relação com o padrasto e escolhem ele como companheiro desta pequena, porém significativa, caminhada.

Há cerca de um ano, Brittany Peck, uma noiva britânica, escolheu entrar com seu pai na igreja. No entanto, durante a caminhada, o próprio pai buscou o padrasto no meio dos convidados e ela entrou com os dois, tendo em vista que a moça havia sido criada pela mãe e o padrasto. O ato emocionante foi noticiado em jornais de todo o mundo.

Uma opção popular de acompanhante para a noiva é sua própria mãe. Afinal, ela costuma ser uma das maiores amigas, companheiras e apoiadoras da moça. Portanto, torna-se uma escolha natural mesmo que essa não seja a tradição mais comum. Entradas de noivas com a mãe costumam ser muito especiais e emocionantes.

Noivas com mais idade, que já moram junto com seus companheiros e até têm filhos podem pedir para que eles a levem até o altar. Essa também é uma opção popular quando a noiva está se casando pela segunda vez e tem filhos do primeiro casamento. Isso demonstra que os filhos apoiam e abençoam a união.

Quem acompanha a noiva até o altar?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Na falta de outros acompanhantes, algumas noivas escolhem como companheiro para entrada da cerimônia seus pets. Isso porque não há companheirismo maior do que de nossos animais de estimação. E quando o pet pertence ao noivo e a noiva, o momento pode ficar ainda mais especial. No entanto, se o seu animal se assustar com facilidade, é melhor não tentar isso.

Algumas noivas cujos pais são falecidos optam por entrar sozinhas, pois esta figura é tão importante em suas vidas que não há como escolher um substituto. Essa também é uma opção comum entre noivas muito independentes e também entre aquelas que não possuem uma boa relação com seus pais. No entanto, é preciso estar atenta a esta opção, pois pode parecer que noiva está desamparada.

Mas se preferir ser uma noiva realmente moderna e diferente, que tal entrar antes do noivo e esperar por ele no altar? Ou, se não liga mesmo para tradições, entre com o noivo! Independentemente de quem acompanha a noiva até o altar, o importante é ela estar feliz.