Posts

5 dicas de como escolher a casa de festas ideal para o seu casamento

Encontrar o local do casamento é uma das primeiras decisões que todo o casal deve tomar ao marcar a data da união. Somente depois de encontrar a casa de festas ideal para o seu casamento é que os noivos podem começar os preparativos, como por exemplo: contratar o buffet, escolher uma decoração, etc.

Dicas de como escolher a casa de festas ideal para seu casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

5 dicas de como escolher a casa de festas ideal para o seu casamento:

1. Número de convidados: para encontrar a casa de festas ideal, a lista de convidados já deve estar praticamente fechada, dando uma noção de quantas pessoas serão convidadas. Somente depois de saber o número de convidados é que é possível saber se o espaço disponível da casa de festas comportará confortavelmente a todos. Fique atento também a detalhes como o acesso ao local, se há estacionamento, serviço de manobrista e acessibilidade para portadores de necessidades especiais. Todos esses itens são importantes e garantirão o conforto de seus convidados.

2. Festa, cerimônia ou os dois juntos: o casamento será em uma igreja e a festa em outro lugar ou o casal procura uma casa de festas que possa receber esses dois momentos? Atualmente, muitos casais optam por locais para eventos que possam realizar a cerimônia e a festa de casamento juntos, evitando o deslocamento dos convidados (e do próprio casal) e ajudando a todos a economizar um pouco do tempo. Para os casais que buscam a casa de festas ideal e que possa ajudá-los a fazer este evento duplo, é preciso conhecer bem o espaço e verificar com a gerência se é possível acomodar a todos confortavelmente em ambos os momentos. Algumas casas de festas possuem o espaço necessário, no entanto deixam por conta dos noivos a organização e montagem da cerimônia. Outras já estão mais acostumadas a esse tipo de evento e conseguem ajudar mais os noivos a organizar cerimônia e festa de casamento no mesmo local.

Decoração do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

3. Estilo do casamento: o estilo do casal e, portanto, do casamento, também conta muito na hora de escolher a casa de festas ideal. Uma festa de casamento em uma casa ao ar livre será bem diferente de uma realizada num salão de festas. É tudo uma questão de gosto pessoal e do local em que cada casal se sente mais a vontade para colocar em prática tudo o que idealizou para esse dia tão especial.

4. Horário do casamento: escolher a casa de festas ideal para o seu casamento também tem a ver com o que ficou decidido quanto ao horário do evento. Eventos diurnos combinam muito com casas de festas mais abertas e comemorações informais ao ar livre, enquanto os noturnos tem tudo a ver com espaços bem elegantes e glamourosos. Por isso, definir previamente o horário do casamento pode ajudar bastante na escolha da casa de festas, evitando precisar se deslocar para locais que não sejam condizentes com o que o casal deseja.

Casa de festas para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

5. Custo x benefício: outro ponto importante para se levar em conta na hora de escolher a casa de festas ideal é o custo x benefício que cada espaço oferece, ou seja, o que está incluso no pacote, os descontos, as formas de pagamento e como eles podem facilitar a realização do seu evento. Alugar uma casa de festas barata, que não oferece nenhum mobiliário ou decoração, pode sair muito mais caro do que aquelas que já incluem vários itens nos seus pacotes. Por isso, é muito importante ficar atento em quanto se está pagando e o que está sendo oferecido em troca.

O que os padrinhos devem dar de presente aos noivos?

Por algum motivo desconhecido, tornou-se tradição os padrinhos comprarem os presentes mais caros e vistosos da lista. No entanto, exigir algo de uma pessoa que já está se esforçando para participar do casamento pode ser considerado uma grande falta de educação. Por isso, fica a pergunta: o que os padrinhos devem dar de presente aos noivos?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A resposta é muito simples: o que eles quiserem! Padrinhos e madrinhas já vão gastar dinheiro com roupas e sapatos para o evento (madrinhas ainda investem em cabelo, maquiagem e acessórios), precisam chegar mais cedo para se organizar e alguns ainda são escolhidos para ficar junto aos noivos enquanto eles se arrumam. Não é certo cobrar nada além da presença deles, tendo em vista de que, ao aceitarem ser padrinho ou madrinha, também aceitaram (mesmo que não declaradamente) investir tempo e dinheiro nisso.

Como a situação já tornou-se uma espécie de tradição que faz com que muita gente até recuse o convite, cabe aos noivos deixar bem claro que não existem exigências quanto ao presente para ser padrinho ou madrinha do casamento. Padrinhos e madrinhas devem ser escolhidos por afinidade, por fazer parte da história do casal ou, ainda, por ser um ente muito querido. Convidar ou não alguém para esta posição por causa de sua condição financeira é muito deselegante, além de parecer que o casal está querendo se aproveitar do dinheiro da pessoa.

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Na hora de compra o presente, padrinhos e madrinhas devem escolher algo da lista de presentes de casamento, como os outros convidados. Para isso, basta entrar em contato com o casal e perguntar em quais lojas eles colocaram as listas de presentes. Assim, os noivos recebem exatamente aquilo que eles estão precisando e, toda vez que usarem o objeto, lembraram com carinho de quem deu. Outra opção é simplesmente perguntar aos noivos o que eles querem e esperar bom senso do casal.

Alguns padrinhos e madrinhas, no entanto, fazem questão de investir uma boa quantia no presente e querem ir a loja com os noivos para comprar o item. Neste caso, o casal deve aceitar o agrado, mas deixar bem claro que não é necessário fazer isso e nem uma regra será imposta aos outros padrinhos e madrinhas no que se refere aos presentes de casamento. Afinal, cada um gasta o que pode e algumas pessoas realmente possuem mais dinheiro que outras, possibilitando um gasto maior com o presente de casamento.

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Outra opção, para quem não tem tempo de marcar um encontro e ir as compras com o casal, é simplesmente pegar o dinheiro disponível para o presente e entregar diretamente aos noivos no dia do casamento. Assim, cabe ao casal decidir investir no que estiver precisando para casa ou, ainda, usar na lua de mel. Vale lembrar que, no caso de padrinhos e madrinhas saberem de algo um pouco mais caro que os noivos estão precisando, eles podem se juntar e dar um presente coletivo. A situação é boa para ambos os lados: o casal ganha o que precisa e os padrinhos dividem o valor, o que pode tornar a compra um pouco menos pesada para todos.

Não existe um valor mínimo ou máximo que os padrinho devem gastar ao comprar um presente de casamento: o que vale é a intenção, a consideração e o carinho que cada pessoa tem pelo casal. O ideal é que a relação entre os padrinhos e os noivos nunca mude e fale mais alto do que qualquer presente de casamento. Afinal, uma relação tão boa de amizade e a cumplicidade deve durar por muito tempo.