Posts

Quando fazer o chá de panela?

O chá de panela (ou chá de cozinha, chá bar ou qualquer opção que o casal faça) é uma festa tradicional que antecede o casamento. Ela serve não só para que os noivos equipem a cozinha da nova casa, mas também reúnam família e amigos mais próximos para uma tarde de diversão. Mas quando fazer o chá de panela?

Dicas para chá de panela

Fonte: The Spruce.

Muita gente tem essa dúvida. Ninguém quer fazer essa reunião cedo demais nem muito em cima da hora, tão pouco deseja que ela ofusque o casamento em si. Porém, precisar uma data para o chá de panela nem sempre é fácil pois, no meio de todo planejamento para o casamento, reservar uma data para uma festa extra nem sempre é fácil.

Além disso, há também quem pense que, por estar gastando uma pequena fortuna com o casamento, às vezes é melhor nem fazer um chá de panela, pois isso também envolve custos. Mas vale lembrar que isso é uma tradição da qual é bem difícil se abrir mão. Principalmente os parentes mais próximos e padrinhos esperam meses pelo chá de panela e a oportunidade de se divertir com o casal.

É claro que há casos em que um chá de panela não faz muito sentido. Se o casal já mora junto há alguns anos e tem uma cozinha montada, ou mesmo se um deles já mora sozinho, provavelmente eles não irão precisar de muitos acessórios para o novo lar. Nestes casos, um chá bar (no qual o casal ganha bebidas e acessórios para preparação de drinks) pode ser mais interessante.

Quando fazer o chá de panela?

Fonte: Weddbook.

O importante é não deixar a ocasião passar em branco. Mas quando fazer o chá de panela? Entre um e três meses antes do casamento é um período bastante viável, pois não fica muito em cima do evento nem tão longe a ponto de as pessoas se esquecerem do real motivo do chá. Isso também dá tempo dos noivos levarem tudo para a casa nova e colocarem no lugar, deixando o espaço arrumado.

Além disso, faltando de um a três meses para o casamento, as principais decisões já foram tomadas e a maior parte do evento já está paga, deixando assim o casal menos estressado e mais livre não só para organizar, como também para participar do chá de panela.

É claro que essa não é uma regra fixa. O chá de panela pode ser realizado antes dos três meses, dependendo da organização do casal. Porém, deixar para fazê-lo muito em cima da data do casamento pode não só atrapalhar alguns afazeres de última hora como também contar com um número menor de convidados, pois muita gente vai acabar se esquecendo dessa data.

Chá de panela

Fonte: Inside Weddings.

E para quem acha que chá de panela é coisa de mulher, saiba que, atualmente, os casais buscam organizar eventos conjuntos, em que todos possam participar, seja homem ou mulher. Geralmente, isso torna a reunião mais animada e interessante, dando ao casal a oportunidade de interagir com um maior número de pessoas que, de outra forma, não seria possível.

Vale lembrar que, como o evento é uma reunião simples, não há necessidade de fazer uma grande festa cheia de pompa e circunstância. Alguns petiscos e bebidas e o ambiente já está pronto para todas as brincadeiras do chá de panela que rolam neste tipo de comemoração.

Muitos casais deixam para fazer o chá de panela mais próximo ao casamento para aproveitar esta oportunidade e também distribuir os convites do próprio casamento. Quem pretende marcar o chá para até 60 dias antes do casamento, esta pode ser uma ótima oportunidade para distribuir os convites para a família e os amigos mais próximos, dispensando a necessidade de outras reuniões.

5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse

Organizar um casamento é sempre um prazer! Porém, há alguns trabalhinhos um pouco chatos a se fazer para que o evento possa acontecer perfeitamente, como a montagem da lista de convidados. Colocar no papel quem será ou não chamado não é algo prazeroso de se fazer, mas sim necessário. Confira 5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse.

Festa de Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Confira algumas dicas para fazer a lista de convidados para casamento:

1. Faça com antecedência: de uma forma geral, é possível saber quem vamos convidar para a festa de casamento com certa antecedência. É claro que podem surgir alguns convidados de última hora, mas a maior parte dos nomes que vão entrar na lista já são conhecidos de longa data. Por isso, organizar a lista de convidados com antecedência pode ajudar a evitar o estresse.

É comum começar a elaborar a lista de convidados para casamento com uma antecedência de 6 meses a um ano pois é preciso fazer um levantamento do número de pessoas que podem comparecer ao evento para pagar pelo buffet, que costuma ser cobrado por pessoa.

2. Evite listas separadas: uma das dicas para fazer a lista de convidados para casamento é o casal se juntar para fazê-la. Nada de cada um criar sua lista e depois tentar eliminar pessoas, pois isso geralmente causa muitos problemas. Além disso, é comum que o casal tenha convidados em comum e acabem ambos colocando-os em suas respectivas listas.

Lista de convidados

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Fazer uma lista de convidados definitivamente não é o melhor dos programas para se fazer em casal, mas é algo que precisa ser feito. Então, o ideal é encarar a tarefa juntos para se obter o melhor resultado possível. Isso também ajuda a manter o número de convidados sob controle, assim como o orçamento destinado ao evento.

3. Limite o número de convidados: ao fazer a lista de convidados, é preciso ter em mente quanto custa um convidado e o orçamento disponível para o buffet. Ao cruzar essas duas informações, será possível ter a quantidade de pessoas que poderá chamar para o evento. Ter esse número em mente pode ajudar muito na organização da lista de convidados.

O tipo de evento também pode influenciar na quantidade de pessoas convidadas, assim como o espaço pretendido pelo casal. Um mini wedding, por exemplo, conta com no máximo 100 convidados. Já um grande casamento tradicional pode ter centenas de convidados!

5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

4. Estabeleça critérios de corte: é claro que, mesmo levando em conta todos os detalhes, não é incomum uma lista de convidados de casamento ultrapassar o limite estipulado. Neste caso, é importante que o casal estabeleça critérios de corte, que podem variar de acordo com os noivos. Geralmente, esses critérios são a proximidade do casal com o possível convidado.

Pessoas com as quais os noivos quase não têm contato, não veem há muito tempo ou que não está junto com eles nem em datas especiais podem ser tiradas da lista sem problemas. Muitas, inclusive, nem saberão do casamento se não receberem um convite. O mesmo vale para colegas de trabalho: quando não há muito contato com eles fora do trabalho, não faz sentido convidar para o casamento.

5. Tenha paciência com os palpites: principalmente quando os pais estão ajudando a pagar pelo casamento, é comum ouvir todo tipo de palpite. O mais importante é não se estressar com isso e conversar com a pessoa. Há casos em que os noivos estipulam um número de convidados para os pais chamarem quem desejar, mas isso nem sempre é possível.

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Manter um diálogo franco e aberto é sempre a melhor opção. Falar que realmente gostaria de convidar todo mundo, mas que o número de convites é limitado e vai dar preferência a seus próprios convidados. Não é incomum que sobrem convites, pois a taxa de não comparecimento gira em torno de 20%, o que torna provável que seja possível convidar algumas pessoas de última hora.

Agora que você já sabe algumas dicas para fazer a lista de convidados para casamento, evite o estresse e comece já a montar a sua.

Acessórios para o noivo

Muito de uma festa de casamento gira em torno da noiva: da escolha do vestido ao chá de panela, o protagonismo do evento fica por conta dela, deixando o noivo, muitas vezes, em segundo plano. Porém, um noivo elegante pode fazer toda a diferença num casamento, deixando o evento completo. Por isso, veja opções de acessórios para o noivo.

Acessórios para o noivo

Fonte: Pinterest.

Para um visual completo, é preciso mais do que roupas e sapatos. Pensar no que combina bem com o traje do noivo, tornando-o ainda mais adequado ao evento, faz com que o visual fique mais completo e se destaque do que padrinhos e convidados possam estar usando. Sendo assim, dar uma atenção especial à escolha dos acessórios para o noivo tende a ser um importante diferencial.

Porém, como isso nem sempre é levada em conta, muita gente não sabe nem por onde começar na hora de escolher acessórios para o noivo e valorizar seu visual. É por isso que a Casuarinas, especializada Casa de Festas para Casamentos, separou algumas dicas para ajudar os noivos a escolher de forma acertada e objetiva os acessórios que serão usados no dia do casamento:

Gravata: foi-se a época que a gravata do noivo era algo supérfluo para seu visual. Hoje em dia, ela é um acessório importante e que pode fazer com que um traje vá de formal a informal em apenas alguns segundos. A gravata clássica ajuda a deixar o noivo com a aparência mais formal e moderna, enquanto a borboleta tende a imprimir uma sensação mais informal e retrô.

Noivo

Fonte: Casurinas Casa de Festas. Foto: Luiza Reis.

A cor da gravata também é um detalhe a ser levado em consideração. Gravatas lisas ou listradas são mais sóbrias e chamam pouca atenção, ao passo que as coloridas e estampadas costumam atrair o olhar e podem até causar algumas risadas. Ao escolher a gravata, o noivo deve levar em consideração a impressão que quer causar e combiná-la com o tipo de evento.

Suspensórios: em matéria de ousadia e descontração, o suspensório é um acessório que vem logo a cabeça. Eles geralmente ficavam escondidos embaixo de blazers e paletós, porém muitos noivos têm optado por não utilizá-los, deixando os suspensórios à mostra, principalmente em eventos diurnos com uma pegada mais informal.

Noivos que procuram por um visual retrô também podem abusar dos suspensórios. Eles podem ser encontrados em diferentes cores e materiais, o que ajuda bastante a harmonizar o acessório com o evento.

Festa de casamento

Fonte: Inside Weddings.

Sapatos e meias coloridas: quem disse que a noiva é a única que pode se divertir ao escolher os sapatos para o casamento? É possível abusar das cores nos acessórios para o noivo, desde que se sinta confortável com isso e que sua escolha harmonize bem com o tipo de evento do qual irá participar. Um noivo de sapato colorido certamente é um diferencial que ninguém vai esquecer.

As meias coloridas para noivos também estão em alta, principalmente aquelas com estampas geométricas clássicas. Elas são bem irreverentes e dão um toque de cor ao visual do noivo que, muitas vezes, acaba sendo meio monocromático.

Boutonieres: também conhecido como lapela, o boutonieres ajuda a destacar os homens que vão participar do casamento daqueles que são apenas convidados. Antigamente, era comum utilizar um cravo na lapela, mas isso caiu em desuso. Atualmente, é comum escolher um boutonieres que dialogue com o buquê da noiva, mas isso não é uma regra absoluta.

Roupas para noivo

Fonte: Casuarinas Casa de Festas. Foto: Lenine Serejo.

Os noivos mais ousados podem utilizar esse acessório de forma diferenciada, escolhendo uma flor inusitada ou mesmo adicionando outros elementos que ajudem a complementar seu visual de forma a torná-lo ainda mais único.

Chapéu: utilizar um chapéu costuma ser sinônimo de elegância, porém eles não são muito usados por noivos em casamentos. Porém, não há nada que impeça um homem de usar um chapéu como acessório no dia do próprio casamento. Mas vale destacar que geralmente os chapéus não devem ser usados dentro de templos religiosos.

Rapazes que já estão acostumados a usar chapéu podem se sentir mais a vontade utilizando este acessório no dia do casamento. O importante é se escolher um que harmonize bem com o traje do noivo e não o deixe com um ar soturno.

Dicas para escolher o buquê de noiva perfeito

O buquê da noiva é um detalhe bem importante do casamento, pois ajuda a complementar o visual e ressaltar ainda mais a beleza da moça e da cerimônia. Porém, pode ser complicado encontrar um que agrade e combine com a ocasião. Por isso, confira essas dicas para escolher o buquê de noiva perfeito organizadas pela Casuarinas Casa de Festas:

Como escolher buquê de noiva

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Não subestime o trabalho de um profissional: um buquê de noiva não é só um amarrado de flores e folhagens. Há muita técnica em sua montagem para que ele fique bonito, elegante e bem estruturado. Sendo assim, não subestime o trabalho de um profissional e lembre-se que, além de gastar com as flores, ele também gastou tempo e técnica criando e montando um buquê perfeito para o seu casamento.

Cuidado com o acabamento: quando estiver procurando por seu buquê de noiva perfeito, observe não só trabalho de montagem, mas também o acabamento, se as flores e folhagens estão bem cortadas, se o laço é bem feito, dentre outros detalhes. Quando os caules não são bem cortados e preparados, podem acabar soltando seiva e manchando o vestido da noiva.

Busque a harmonia: o buquê deve ser leve, fácil de carregar e estar em harmonia com o visual da noiva. Ele deve combinar com a ocasião e com as outras flores escolhidas para decorar tanto a cerimônia quanto a festa. Lembre-se que o buquê sairá em muitas fotos e, por isso, é importante que ele complemente o visual da noiva de forma elegante e natural.

Dicas para escolher o buquê de noiva perfeito

Fonte: Caruarinas Casa de Festas.

Cuidado com o tamanho: quanto maior um buquê, mais pesado. Por isso, pense bem antes de escolher algo enorme. Além disso, leve em consideração seu tipo físico para encomendar algo proporcional ao seu tamanho. Uma noiva pequena carregando um buquê enorme, por exemplo, pode ficar um pouco desproporcional.

Flores da estação: flores exóticas, sazonais e/ou importadas são muito bonitas, porém tendem a ser bastante onerosas. Além disso, a tendência é que elas durem menos tempo devido aos fatores climáticos. Por isso, pode valer a pena apostar em flores da estação, que oferecem uma ótima durabilidade, mantendo o buquê mais fresco e bonito por um longo período.

Cuidado com flores muito perfumadas: há flores que tem o cheiro muito forte, o que a princípio não é um problema, mas pode se tornar um desastre, principalmente se um dos noivos tiver algum tipo de alergia. Além disso, o excesso de perfume pode causar enjoo, principalmente em ambientes fechados, como é o caso de carros ou camarins.

Flores para buquê

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Cores x branco: é comum que o buquê da noiva seja colorido, adicionando mais cor ao visual e tornando-o ainda mais alegre. Porém, ter um buquê de flores brancas também é uma opção viável e popular. O ideal é que a noiva decida o que é melhor para ela e complementará seu visual de forma harmônica e elegante.

Usar ou não flores: há também opções diferenciadas de buquês que não são feitos de flores. Eles podem ser de joias, broches, tecidos, papel, pérolas ou mesmo de flores secas. Outra possibilidade é combinar flores naturais com outros tipos de materiais para criar algo novo e único. Essas podem ser opções interessantes para noivas que estão querendo fugir do tradicional.

Leve sua personalidade em consideração: noivas mais tímidas tendem a escolher buquês mais discretos e tradicionais, enquanto as mais extrovertidas não se importam em carregar algo mais grandioso e moderno. O mais importante é se sentir bem e escolher o buquê de noiva perfeito, para que não ocorram decepções ou arrependimentos.

Como escolher um menu vegano para casamento

O número de pessoas adeptas de dietas que não incluem ingredientes de origem animal tem crescido muito. Só no Brasil, estima-se que 5 milhões de pessoas já pratiquem o veganismo. Porém, esse tipo de prática ainda encontra muita resistência e preconceito, principalmente quando se trata de comida de festa. Então, como escolher um menu vegano para casamento?

Como escolher um menu vegano para casamento

Fonte: The Vegan Woman.

Se engana quem pensa que pessoas que não consomem produtos de origem animal comem só alface, tofu e cogumelos. Veganos costumam ter um paladar muito apurado e uma grande disposição para provar novos alimentos sempre, o que faz com que sua dieta seja muito rica e variada, apesar das restrições a carnes, laticínios e outros ingredientes.

Também vale lembrar que o veganismo não é só uma dieta da moda: ele é um estilo de vida muito adotado por pessoas que se preocupam imensamente com a natureza e, principalmente, com os animais. É possível aprender muito com pessoas que praticam o veganismo, especialmente quando se trata de receitas diferentes, saborosas e cruelty free.

Se um casal que está organizando um casamento é vegano, nada mais natural do que buscar saber como escolher um menu vegano para casamento e ter um cardápio baseado nestes preceitos. Afinal, é importante que o casal agrade a si mesmo quando está organizando um evento. Por outro lado, os convidados não podem ser deixados de lado completamente. Por isso, sempre surgem muitas dúvidas quanto ao que servir para agradar a todos.

Comida vegana para casamento

Fonte: Martha Stewart Weddings.

Optar por um menu vegano para casamento pode ser uma surpresa para os convidados, principalmente aqueles que não costumam consumir esses produtos. É possível servir um cardápio completamente livre de ingredientes de origem animal, desde o coquetel de entrada ao bolo. E nem é preciso pesquisar tanto, pois hoje existem muitas empresas especializadas em servir esse tipo de comida.

Na verdade, muitas comidas servidas em festas já são feitas sem ingredientes de origem animal, mas muita gente nem sabe disso. Sopas, saladas e entradas não levam nenhum tipo de carne, laticínios ou mesmo ovos, o que faz com que sejam consideradas veganas e extremamente populares. E mesmo receitas que levam estes ingredientes podem ser adaptadas sem perdas.

Muita gente pensa que a comida vegana não é boa porque não há uma proteína animal acompanhando cereais, massas, legumes e verduras. No entanto, em um menu vegano para casamento, tudo será preparado para combinar bem e suprir essa “falta” que a carne pode vir a fazer para algumas pessoas.

Cardápio vegano para casamento

Fonte: Hummingbird Hall Jamaica.

A verdade é que, depois de provar um prato vegano bem pensado e montado, muita gente nem sente realmente falta da carne. As receitas veganas são ricas em fibras e proteínas, e, quando combinadas com bons carboidratos, dão a energia necessária para que todos possam curtir a festa de casamento até o final.

Muitos casais que nem são veganos (ou mesmo vegetarianos) têm optado por ter algumas opções veganas no cardápio de casamento simplesmente porque algumas receitas são tão deliciosas que valem a pena serem apresentadas em qualquer tipo de evento. Há também quem faça essa escolha porque conhecem bem seus convidados e sabem que, no meio deles, há várias pessoas com restrições.

Porém, a principal preocupação das pessoas nem é com a parte salgada do cardápio, mas com os doces. Afinal, é bem difícil conceber um bolo de casamento que não leva leite, ovos ou manteiga, ou ainda docinhos sem nenhum tipo de ingrediente de origem animal. No entanto, eles existem, são maravilhosos e muito mais nutritivos que os comuns.

Comida vegana para festas de casamento

Fonte: BrideBox.

Quem está pensando em como escolher um menu vegano para casamento, não precisa ter medo de fazer essa opção que, apesar de ser considerada muito diferente, é saudável e mostra uma enorme consciência quanto a sustentabilidade, a natureza e a vidas dos animais. Como em qualquer cardápio, há coisas que todos gostam, enquanto outras não caem no gosto popular.

O importante em como escolher um menu vegano para casamento é tentar atender o gosto de um número máximo de convidados (não se esquente se não conseguir agradar a todos). Assim, a festa de casamento será um sucesso ainda maior.

Que tal ter uma mesa de bebidas no casamento

Já pensou em ter uma mesa de bebidas no casamento? Ter um open bar é algo bem comum e com a qual já estamos acostumados, mas uma mesa de bebidas pode ser um diferencial interessante para o seu evento, principalmente se ele ocorrer no verão.

Mesa de bebidas em um casamento

Fonte: Pinterest.

Uma mesa de bebidas no casamento é diferente de um open bar porque são os próprios convidados que se servem. Ela pode ser composta por uma grande variedade de bebidas, tanto alcoólicas quanto não alcoólicas, e tende a fazer muito sucesso entre os convidados de todas as idades. Quem não gosta de se servir de algo refrescante quando está com sede?

A mesa de bebidas pode ser posicionada logo na entrada da festa, para que as pessoas possam ir se servindo conforme vão chegando ao evento. É bom ter uma pequena variedade de bebidas e também disponibilizar gelo, pois nem sempre a temperatura das bebidas se mantém, principalmente quando elas são deixadas ao ar livre.

Copos com formatos diferentes e canudos também ajudam a dar um charme especial à mesa de bebidas em um casamento. Quando combinados com sucos de cores variados, copos, taças e canudos criam um visual bem interessante e receptivo para a festa, que encanta pessoas de todas as idades. Quanto mais colorido, mais as pessoas irão se interessar.

Que tal ter uma mesa de bebidas no casamento

Fonte: Table Decoration Ideas.

Também pode ser uma boa ideia colocar plaquinhas com os nomes de cada bebida disponível, principalmente se você optar por ter opções alcoólicas. Afinal, nem todo mundo pode ingerir álcool e somente pela aparência da bebida nem sempre temos como saber o que há nela. Receitas que levem componentes com glúten ou açúcar refinado, por exemplo, também podem ter indicações.

Aproveite para colocar junto a essas bebidas variadas ao menos uma garrafa com água, pois muita gente prefere optar por ela. Além disso, disponibilize pelo menos um garçom para ficar junto à mesa vendo se as bebidas, gelo ou copos estão acabando para repor conforme a necessidade. Se a festa tiver muitos convidados, é provável que essa reposição precise ser feita muitas vezes.

Muita gente também tem o costume de devolver o copo à mesa, principalmente enquanto o salão ainda não é liberado. O garçom que ficar junto à mesa de bebidas também irá recolher esses copos e manter a área sempre limpa para que não ocorram problemas e nenhum convidado acabe usando um copo que está sujo.

Mesa de bebidas no casamento

Fonte: Pinterest.

Depois que todos chegam à festa e o buffet começa a ser servido, a mesa de bebidas pode ser desmontada. Outra opção é mantê-la durante toda festa em um local bem acessível para que todos continuem se servindo dela, o que também pode ser interessante, tendo em vista que muita gente gosta da possibilidade de se servir e criar combinações de sabores.

Vale lembrar que, conforme mais quente o dia, maior a possibilidade de sucesso ao montar uma mesa de bebidas, principalmente se houver bebidas mais refrescantes, como é o caso de águas saborizadas, sucos cítricos e receitas com hortelã. E não se esqueça que, neste caso, a quantidade de bebidas volantes provavelmente será menor.

Se no evento também tiver a opção de open bar, é melhor que a mesa de bebidas tenha apenas as opções sem álcool e as alcoólicas sejam misturadas na hora pelo barman, pois isso também é uma atração bem interessante para qualquer evento. Muita gente adora ver os drinks serem preparados e servidos na hora, pois dá a sensação de que eles são mais frescos.

Bebidas para casamento

Fonte: Wedding Bee.

Ter uma mesa de bebidas no casamento pode ser uma ótima pedida e nem dá tanto trabalho assim para organizar. Por isso, se você acha que esta é uma boa opção para o seu evento, reserve um espacinho para ela e surpreenda seus convidados com mais este detalhe.

Tendências para decoração de casamento em 2018

O ano já está acabando e muita gente já está pensando nas realizações para o ano que vem. Para quem está organizando um casamento, também é hora de descobrir quais novidades estão chegando e prometem surpreender no próximo ano. Vejas então as principais tendências para decoração de casamento em 2018:

Tendências em casamentos em 2018

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

1. Identidade visual única: já faz algum tempo que criar uma identidade visual para o casamento tornou-se importante. Porém, para 2018, trabalhar toda a decoração do evento em cima desta identidade visual que começa nos convites será uma forte tendência. Assim, desenvolver e seguir cada detalhe dessa identidade será importante para a decoração de casamento.

2. Bolos múltiplos: um dos acessórios principais de qualquer decoração de casamento é o bolo. Ele está em constante mudança e evolução, fazendo com que novas tendências surjam a cada ano. E, para 2018, não será diferente. Os bolos de casamento múltiplos continuarão na moda e poderão ser vistos com certa frequência.

3. Mesas grandes: mesas longas e partilhadas por muitos convidados criam uma sensação maior de aconchego e conforto, como se estivéssemos num almoço de família. Talvez, por isso, as mesas grandes sejam uma forte tendência na decoração de casamentos em 2018. Levar esse visual mais familiar para um grande evento é algo que muitos casais buscam.

Tendências para organizar seu casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

4. Iluminação personalizada: a iluminação sempre dá um toque especial ao casamento, ajudando a criar uma atmosfera mágica. Em 2018, é provável que isso seja potencializado para complementar a identidade visual do evento. Assim, podemos esperar iluminações cada vez mais personalizadas e trabalhadas.

5. Detalhes metálicos: aos poucos, os tons metálicos têm voltado a aparecer na decoração de casamentos. Acessórios metálicos certamente serão mais vistos, assim como o uso de pratarias específicas.

6. Sustentabilidade: como preocupação com a sustentabilidade é algo bem presente na vida de muitos casais, nada melhor do que demonstrar isso na decoração do próprio casamento. Papel reciclado, madeira de demolição, paletes e uma gama de materiais ecologicamente corretos serão muito usados na decoração de casamento em 2018, criando-se sustentável e lindo.

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

7. Balões: já há algum tempo os balões deixaram de ser coisa de festa infantil e passaram a aparecer em todo tipo de evento, inclusive casamentos. Eles dão um charme especial à decoração, deixando-a mais alegre e descolada. Os balões podem ser usados, por exemplo, para complementar os arranjos de mesa. Também são ótimos acessórios para serem usados nas fotos.

8. Charme rústico: parece que a decoração de casamento com estilo rústico veio mesmo para ficar. Simples, mas ao mesmo tempo bonita, elegante e cheia de história, a decoração rústica traz ao casamento muitas lembranças de família, fotos e até receitas para complementar o cardápio. Seja no estilo retrô, boho ou shabby chic, certamente continuaremos vendo o charme rústico em 2018.

9. Flores de papel: e se tem algo que combina com o estilo rústico são as flores de papel. Afinal, todo casamento precisa ter muitas flores na decoração e as feitas de papel podem surpreender e ainda complementar muito bem os arranjos e outros detalhes. Veremos esse tipo de acessório até no buquê de noivas que querem surpreender ainda mais seus convidados.

Tendências para decoração de casamento em 2018

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

10. Decoração com suculentas: as suculentas são plantinhas muito fofas que apresentam uma durabilidade incrível, o que é ótimo num país quente como o Brasil. E se elas já estavam sendo muito utilizadas em casamentos, é provável que vejamos ainda mais delas decorando este tipo de evento de diferentes formas, inclusive em peças aéreas, no bolo e no buquê da noiva.

O que é Destination Wedding

Muito tem se falado sobre este tipo de casamento, mas nem todo mundo sabe como ele é ou funciona. E você, sabe o que é destination wedding?

Dicas para viajar no casamento

Fonte: My Modern Met.

O nome já é meio autoexplicativo: um destination wedding é quando o casal viaja para uma cidade para realizar seu enlace. Muitos casais sonham em paisagens paradisíacas ou completamente inusitadas para o próprio casamento e acabam encontrando esse cenário fora do local onde moram, o que os obriga a viajar para casar.

Cidades históricas no Brasil ou no exterior são opções muito populares para destination wedding, assim praias desabitadas, locais com paisagens únicas e deslumbrantes e até ruas que serviram como cenário para filmes famosos. Até o centro urbano de uma cidade que tenha algumas peculiaridades pode funcionar bem para quem deseja realizar um destination wedding.

A ideia é reunir amigos e família para uma viagem e celebrar a união do casal neste local diferente. Ao invés de vivenciar um dia de festa, a ideia é comemorar desde a partida da casa até o fim da festa. Muitos casais providenciam um fim de semana inteiro de diversão e há quem peça aos convidados que reservem até uma semana para o evento.

O que é Destination Wedding

Fonte: My Modern Met.

Depois do casamento, os noivos geralmente seguem para uma lua de mel no local onde estão, aproveitando alguns passeios que ainda não tenham feito com os convidados ou conhecendo locais mais afastados.

Apesar de parecer ser algo extremamente empolgante, realizar um destination wedding é algo que envolve um enorme planejamento e muitos gastos. Muitas vezes, o casal fica responsável inclusive por reservar hotel, comprar passagens e providenciar o translado para sua família e convidados, o que certamente não é barato.

Por isso, é comum trabalhar com uma lista reduzida de convidados quando se trata de destination wedding. O gasto com cada um pode chegar a uma cifra impressionante. E há também pessoas que simplesmente não podem viajar, por uma série de motivos, diminuindo ainda mais essa lista enxuta.

Dicas para organizar um casamento diferente

Fonte: The Wedding Bliss Thailand.

Além disso, muitas vezes, o casal escolhe um local para o casamento em que não há a menor infraestrutura para a realização de um evento. Um casamento a beira mar numa praia desabitada paradisíaca ou mesmo junto a um penhasco deslumbrante é algo realmente lindo, porém dificílimo de ser montado. Se o acesso já é difícil, imagine montar um casamento.

É claro que, por outro lado, já existem vários hotéis e resorts por todo mundo que se especializaram em realizar destination wedding, o que facilita a vida de qualquer casal. Todas as áreas são preparadas para proporcionar ótimos momentos, o que facilita muito a montagem de um grande evento. É possível contratar pacotes fechados para que o casal não precise se preocupar com nada.

Mas se organizar um casamento dentro da própria cidade já é difícil, fazer isso a distância pode ser ainda mais desafiador e aumentar a possibilidade de erros, principalmente se o local escolhido não tem uma infraestrutura favorável à montagem de um casamento. Nestes casos, simplificar ao máximo pode ser a melhor opção para a organização de um destination wedding de sucesso.

Dicas de destination wedding

Fonte: Mukta Event Managers.

Mas talvez o mais difícil de um destination wedding seja organizar o grupo, principalmente se ele for muito variado. Nem todo passeio agrada a todos, o que pode gerar algum tipo de conflito, principalmente de gerações. É importante que o casal providencie coisas das quais gostam, mas também devem pensar no bem-estar dos convidados.

Agora que você já sabe o que destination wedding, fica bem mais fácil decidir se esta é uma opção viável para o seu evento e se o investimento realmente vale a pena.

Como organizar um casamento em pouco tempo

OK, sempre dissemos que o casamento é um evento que precisa de um bom planejamento, para que tudo saia como o esperado. No entanto, nem sempre o casal tem muito tempo para organizar o evento e precisa se casar o quanto antes por uma série de motivos. Então, como organizar um casamento em pouco tempo?

Dicas para organizar o casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É claro que, se organizar um casamento com um prazo longo já é complicado, ter que fazer isso em pouco tempo pode ser um desafio extremamente estressante. Não é impossível, mas certamente exigirá muito mais dos noivos e das pessoas que estejam ajudando na organização do evento.

A primeira coisa a se fazer é definir prioridades. É preciso encontrar um local para a cerimônia e para o evento (se os dois puderem ser realizados no mesmo espaço, isso pode facilitar muito a vida do casal), trajes para os noivos, um buffet para o evento, dentre outros detalhes importantes. Considere contratar uma assessoria cerimonial o quanto antes para te ajudar nesse processo.

Se ter uma assessoria é algo que não está nos planos (ou no orçamento), é importante contar com ajuda externa, seja dos pais, dor irmãos ou mesmo dos padrinhos. Organizar um casamento em pouco tempo é muito estressante e pode fazer com que alguns detalhes passem despercebidos, o que costuma acontecer com menos frequência quando o casal tem ajuda.

Como organizar um casamento em pouco tempo

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O ideal é simplificar tudo ao máximo contratando o mínimo de fornecedores, pois geralmente coordenar isso é o que dá mais trabalho. Uma casa de festa que também faça a decoração, um buffet completo que trabalhe com tudo, desde o jantar até a montagem da mesa de doces e uma loja que forneça tanto o traje da noiva quanto do noivo podem ser ótimas opções.

Também é preciso encontrar quem se disponha a trabalhar com prazos mais apertados, o que tende a sair um pouco mais caro. Além disso, esteja preparado para procurar alternativas. Se um determinado fornecedor lhe disser que não tem como fazer o que você deseja, procure logo por outro. Evite atrasos e encomende tudo com o máximo de antecedência possível.

Se você pretende fazer um casamento completo, com cerimônia e festa, também deverá decidir se haverá alguma atração para animar o evento. Neste sentido, é provável que você opte por ter um DJ ou banda tocando no evento. Procure por profissionais que você já conheça o trabalho para evitar surpresas desagradáveis.

Dicas de organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Outro serviço fundamental é o de foto filmagem para registro do casamento. Por mais simples que seja o evento, ter as fotos para guardar de recordação é sempre muito legal. Isso também deve ser providenciado o quanto antes, de preferência junto a algum profissional conhecido ou indicado, pois certamente não haverá tempo para uma longa procura.

Além disso, entre em contato com os padrinhos e madrinhas o quanto antes para fazer o convite e contar detalhes do evento, para que eles possam se organizar quanto à data, traje e outros detalhes. E não se esqueça de providenciar e enviar os convites o quanto antes, para que os convidados tomem ciência do evento e também se organizem.

Paralelo a isso, é importante dar entrada nos documentos do casamento. Além de procurar pelo cartório certo (não é todo cartório que faz esse tipo de registro), é preciso entrar com o pedido de habilitação para casamento pelo menos 30 dias antes do evento. É claro que, se o casamento for simbólico, isso pode ser feito depois.

Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também é importante planejar uma lua de mel, mesmo que ela dure apenas dois ou três dias. Depois de tanta correria, relaxar e aproveitar alguns momentos de intimidade antes de começar (ou retomar) sua rotina diária, o momento para se reconectar e iniciar uma nova fase da vida a dois.

Organizar um casamento em pouco tempo exige ainda mais disciplina e esforço, mas também é bastante recompensador. Por isso, se você tem poucos meses para organizar seu casamento, não perca mais tempo e comece o quanto antes. Com um pouco de concentração e ajuda, certamente tudo dará certo.

Como sair linda nas fotos de casamento. Confira algumas dicas.

As fotos do casamento nos ajudam a relembrar com mais clareza deste momento tão especial e emocionante. E nada mais natural toda noiva desejar que essas imagens traduzam a beleza que foi este dia. O problema é que isso nem sempre acontece. Mas como sair linda nas fotos de casamento? Confira algumas dicas!

Dicas para sair bem nas fotos de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

1. Escolha um bom profissional: a escolha do fotógrafo de casamento faz toda a diferença no resultado final. Um profissional experiente, que tenha um bom portfólio de fotos de casamento e que siga o estilo de fotos que você deseja provavelmente pode apresentar imagens exatamente como você sempre sonhou.

2. Converse e confie: depois de escolher o fotógrafo, não tenha medo de perguntar ou apresentar ideias. É através dessa troca que esse profissional vai perceber o que o casal gosta (e o que não gosta), o que permite tirar as melhores fotos. Além disso, aprenda a confiar nele. Se você já gostou do que viu, dificilmente não gostará das suas próprias fotos.

3. Faça um ensaio pré-casamento: essa é a melhor forma de entrar em sintonia com o fotógrafo e ainda ter várias imagens lindas para guardar de recordação (ou até usar na decoração do casamento). Isso também ajuda o fotógrafo, pois ele poderá conhecer mais o estilo do casal, além de descobrir seus melhores ângulos.

Fotos de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

4. Haja naturalmente: pode parecer difícil agir com naturalidade quando se pensa que haverá um monte de gente em volta, e até mais de um fotógrafo registrando o momento. Mas o ideal é tentar esquecer a câmera e agir com naturalidade para que seja possível para o fotógrafo fazer ótimas imagens e surpreender com um trabalho espetacular.

5. Capriche no visual: é claro que um ótimo trabalho de cabelo e maquiagem ajuda muito quem deseja sair linda nas fotos de casamento. Por isso, procure por bons profissionais que podem te ajudar a montar um visual arrasador. É esse visual final que ficará registrado nas fotos e ter uma aparência da qual se gosta muito certamente ajuda a se sentir linda.

6. Pense nos detalhes: tudo deve estar impecável quanto ao visual dos noivos, pois isso é o que mais contribui para se obter lindas fotos de casamento. Cabelo e maquiagem bem feitos, vestido passado, joias bem escolhidas, um buquê bem montado… Tudo isso são detalhes que irão aparecer nas fotos. O mesmo vale para o noivo, que deve mandar passar seu traje e cuidar bem do visual.

Fotografia para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

7. Aproveite o espaço: a decoração e ambientação do casamento também podem contribuir na obtenção de lindas imagens. Por isso, ao invés de ficar atrás da mesa do bolo o tempo todo, circule pelos ambientes e aproveite-os bem. Interagir com as pessoas e com o espaço costuma ajudar na beleza e naturalidade das fotos.

8. Lembre-se da postura: nem todos têm uma postura certinha, mas isso pode ser bem importante quando se trata de sair linda nas fotos de casamento. Ajeitar a coluna e os ombros já ajuda a noiva a ficar com um visual mais agradável, além de fazer com que o vestido fique com um caimento melhor. Tente ir corrigindo sua postura previamente para chegar ao dia do casamento fazendo isso naturalmente.

9. Interaja com o noivo: uma das coisas que torna as fotos de casamento mais bonitas e ajuda a noiva a sair linda nelas é a presença de seu parceiro. Juntos, o casal consegue demonstrar sua união e felicidade. Quanto mais o casal interagir entre si, mais bonitas e interessantes as fotos podem ser.

Como sair linda nas fotos de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

10. Sorria e aproveita: o dia do casamento é sim estressante e corrido. No entanto, é importante tentar relaxar, sorrir e aproveitar ao máximo esse momento único. O sorriso é uma demonstração de felicidade e contribui muito em dar uma beleza natural as fotos. Por isso, deixe as emoções fluírem: ria, chore e se divirta. Isso certamente vai te ajudar muito a sair linda nas fotos de casamento.