Posts

Melhor mês para se casar: veja as vantagens de cada um e escolha o seu

Uma das grandes dúvidas que rodeia o casal na hora de organizar o matrimônio é sobre qual o melhor mês para se casar. Será que existe algum que seja o ideal? Existem datas que são importantes para os noivos, como o primeiro beijo, o pedido de namoro, etc., mas é preciso avaliar diversos fatores antes de escolher o dia certo para o casamento.

Isso porque a data escolhida vai influenciar na decoração de casamento, qual o melhor tipo de decoração com flores, quando enviar os convites de casamento, qual tipo de vestido de noiva usar e várias outras questões. Portanto, o dia e mês pretendidos precisam ser pensados com muito carinho. Sabendo as características de cada mês através deste artigo, você poderá tomar uma decisão mais consciente para que o momento seja inesquecível.

Melhor mês para se casar: veja as vantagens de cada um e escolha o seu

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Confira as características e escolha seu melhor mês para se casar

Janeiro

Por ser um mês depois das festas de fim de ano, janeiro é pouco procurado para realização de casamentos. Isso acaba possibilitando que sejam encontrados valores mais em conta dos serviços necessários. Entretanto, o calor excessivo do mês pode atrapalhar um pouco cerimônias realizadas durante o dia. Escolha realizar o casamento durante a noite e de preferência em locais com cobertura por causa das chuvas.

Fevereiro

Ainda é um mês de baixa procura, por isso pode ser mais fácil contratar os serviços. Fevereiro é o mês das flores tropicais, como as angélicas, que possuem um aroma muito querido pelas noivas. Vale lembrar que ainda é um mês com muitas chuvas e o Carnaval pode ser um empecilho para a festa. Isso porque vários convidados podem estar viajando e não poderão comparecer. Além disso, devido à alta temporada, a luz de mel pode sair por um preço bem salgado.

Confira as características e escolha seu melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Março

Em março a procura já começa a aumentar e, consequentemente, os valores também. O calor vai dando uma trégua, mas ainda chove bastante. O mês é conhecido pelas “águas de março” que fecham o verão, por isso, o melhor é estarem prevenidos de possíveis chuvas. É um ótimo mês para usar orquídeas na decoração por preços mais baixos.

Abril

Abril é considerado por muita gente o melhor mês para se casar. Isso porque as chuvas já encerraram e não é tão concorrido como maio, por exemplo. Esse mês deve ser a primeira opção para quem gostaria de se casar ao ar livre, pois as temperaturas já estão mais agradáveis. Não é mais tão quente, mas também nem tão frio ainda.

Abril é considerado por muita gente o melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Maio

Por tradição, maio é conhecido como “mês das noivas”. Porém, segundo o IBGE, ele já não se trata mais do mês mais procurado para realização de casamentos. A temperatura do mês também é bem agradável, mas os preços das flores sobem bastante por conta do Dia das Mães. Por isso, na hora de procurar os serviços, pesquise muito para obter os melhores valores.

Junho

Para os fãs de tulipa, é o melhor mês para se casar. O frio já começa a dar as caras neste período do ano. Por isso, junho é preferido pelos homens para realizar o casamento, pois faz com que eles fiquem mais à vontade para usar qualquer tipo de roupa de noivo. Ainda se tratando das temperaturas, o melhor é evitar cerimônias ao ar livre para que não fique muito frio para crianças e idosos.

Julho

Por causa do frio em seu auge e das férias, julho é um mês pouco disputado para realização de casamentos. Isso pode facilitar você a realizar sua festa em um local que sempre sonhou por um precinho bem bacana. Mas lembre-se: evite lugares abertos. Para o menu do casamento, você pode optar por caldos e bebidas quentes.

Melhor mês para se casar: escolha o seu

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Agosto

Muitas pessoas acreditam que este não é o melhor mês para se casar. Isso porque, segundo uma lenda portuguesa, “agosto é o mês do desgosto” e dá azar realizar o casamento nesse período do ano. Então, se o casal não leva em conta esse tipo de superstição, esse é o momento para aproveitar! Devido à baixa procura, você pode encontrar serviços oferecendo valores mais baixos. Em agosto, o copo de leite está muito mais bonito e pode ser muito bem aproveitado na decoração.

Setembro

Este é o mês que oferece todo um charme por causa da chegada da primavera. A diversidade de flores para escolher para decoração é imensa. Por ter um clima já mais agradável, sem tanto frio, ele favorece a realização de casamentos ao ar livre. Mas, como “nem tudo são flores”, setembro é o mês mais concorrido para o evento, sendo considerado o “novo maio”. É preciso se apressar para fechar serviços o quanto antes e lembrar também que eles podem estar mais caros.

Outubro

Mês do auge da primavera, ele é ótimo para quem gosta de climas quentes, mas sem exageros ou chuvas. Assim como o anterior, outubro também é bastante concorrido quando se trata de casamentos. Para as flores, os melhores preços estão com os lírios e as frésias.

Saiba qual o melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Novembro

Para quem quer realizar o evento no período do dia que corresponde ao fim de tarde e início da noite, novembro é o melhor mês para se casar. Isso porque o horário de verão pode fornecer um lindo pôr do sol na hora da cerimônia de casamento ao ar livre. Desvantagem? O calor e as chuvas fortes estão voltando com força total.

Dezembro

Dezembro é um mês que muitos querem se casar porque é mais fácil equilibrar as contas, devido ao décimo terceiro, e viajar na lua de mel, por causa do período de férias. Mas, para quem quer realizar um casamento ao ar livre, ele não é muito indicado. Isso porque o calor nesse período já está alto e as chuvas costumam vir fortes, o que pode influenciar até mesmo na maquiagem da noiva. Outra desvantagem é que os preços sobem, de tudo, pois é a época em que as empresas costumam faturar mais.

E então, já sabe qual o seu melhor mês para se casar? A Casuarinas, casa de festas para casamentos, tem sempre as melhores dicas para você. Além disso, conta com uma assessoria cerimonial experiente que pode te ajudar na organização da sua festa. Entre em contato e faça seu orçamento.

Casar de manhã: veja diferentes vantagens para o casamento nesse horário

Escolher um dia e horário perfeito para o casamento não é uma tarefa simples. A data escolhida pode ser um dia especial para os noivos, mas e se não tiver disponível para os fornecedores e nem para o local da festa? Casar de manhã pode acabar com esse problema e oferece outras diversas vantagens que você vai ver neste artigo.

Casar de manhã: veja diferentes vantagens para o casamento nesse horário

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Vantagens em se casar de manhã

Mais econômico

Isso mesmo, casar de manhã pode gerar uma boa economia para o casal. Isso porque os casamentos matutinos são de baixa procura, para os horários da noite é que há bastante disputa. Dessa forma, os serviços de casamento que você precisa contratar e o local alugado que você escolher para realizar a cerimônia e/ou festa estarão com preços bem mais em conta.

O dia é mais aproveitado

Ao optar por se casar de manhã, a possibilidade da sua festa durar muito mais horas sem que as pessoas fiquem tão cansadas ou precisem ir embora é muito maior. Organizando tudo certinho e obedecendo os horários, a festa pode se estender até o fim da tarde, basta conversar com fornecedores e saber também se o local poderá ser usado por mais tempo.

Vantagens em se casar de manhã

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Penteado e maquiagem naturais

Quando o casamento é realizado no período da manhã, a noiva pode ter uma produção muito mais delicada. Os tons utilizados na make poderão ser o mais leve possível, principalmente nos olhos. Maquiagens pesadas e com muitas camadas de blush ou base podem marcar muito o rosto da noiva, ficando com uma evidência excessiva devido à luz do sol. Aposte em tons leves e mais naturais possíveis e não irá se arrepender!

Para os cabelos, o penteado também pode ser bem leve ou você pode até mesmo deixar o cabelo natural. Casar de manhã permite essa possibilidade. Noivas que se sintam à vontade com isto podem também trocar o véu por uma linda coroa de flores, que deixa o visual encantador.

Claridade e luz natural à vontade

A iluminação natural para o casamento traz todo um charme para o evento. Ela transforma o ambiente e, para os casamentos ao ar livre, permite que a própria natureza seja usada a seu favor na decoração. Além disso, as fotos ficarão incríveis, mas, claro, se você escolher o fotógrafo certo para o casamento. Explore o máximo que puder da luz natural que casar de manhã oferece.

Vantagens em casar de manhã: claridade e luz natural à vontade

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Mais liberdade para o look dos noivos

Escolhendo se casar de manhã, os noivos terão a possibilidade de optar por roupas mais casuais. A noiva pode escolher vestidos mais simples, soltos, com rendas e saias mais leves, deixando de lado o vestido armado e pesado. Vestidos desse modelo são ideais para o casamento matutino. Para os pés, não será pecado abandonar os saltos. Dependendo do ambiente, se for ao ar livre, ficará até mais confortável e fácil de caminhar.

Já para o noivo, os ternos claros são uma excelente pedida para o evento. Se preferir, poderá até mesmo descartar o terno e usar somente camisa e colete, ou uma camisa acompanhada de suspensório. Dependerá do estilo e gosto pessoal de cada um.

Vantagens em casar de manhã: mais liberdade para o look dos noivos

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Menu bem variado

Casar de manhã permite uma possibilidade infinita de menus. Ele deve ser pensado com antecedência e é uma das partes principais de um casamento. É importante que o menu esteja de acordo com o momento que a festa irá acontecer. Para esse momento do dia, um brunch, que é a mistura de café da manhã (breakfast) com almoço (lunch), é uma boa pedida. Frutas, café, sucos naturais, pães, torradas, geleias diversas, patês, salgados, biscoitos e frios são itens que podem compor o seu brunch.

Casar de manhã oferece muitas possibilidades e benefícios. Aproveite esse momento gostoso do dia para dizer o “sim” no altar. A Casuarinas, casa de festas para casamentos, tem sempre as melhores dicas para você. Não deixe de conferir o blog.

Como saber o melhor dia para se casar

Assim que um casal fica noivo, todos já ficam eufóricos em saber qual será a data do casamento. Mas a verdade é que é bem difícil escolher quando será este dia especial. Então, como saber o melhor dia para se casar?

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Teoricamente, não há um dia “melhor” para se casar, principalmente para quem não acredita em astrologia. O que ocorre é que eleger uma data tende a ser complicado porque é normal que o casal queira optar pelo dia em que o maior número de pessoas estará disponível e presente. Infelizmente, é impossível prever isso.

Contratempos acontecem com todos e mesmo as pessoas mais chegadas ou as que confirmaram presença primeiro podem acabar não indo ao casamento por uma série infindável de motivos. É por isso que, ao escolher esta data tão especial, o casal deve optar por um dia que seja confortável e significativo para eles.

Imagine que legal para os noivos se casarem no dia em que se conheceram? Ou no dia em que começaram a namorar? Ou mesmo no dia em que ficaram noivos? Essas datas com significados podem ser ótimas opções e uma curiosidade a mais para tornar o evento ainda mais interessante (ou mesmo uma história legal para contar no futuro).

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se a data especial cair num dia inviável para o casal, como no meio da semana ou mesmo se o espaço escolhido para o casamento já estiver reservado, por exemplo, também vale escolher a data viável mais próxima.

Porém, se o casal desejar manter uma data especial no meio da semana, isso não é necessariamente um problema. Afinal, atualmente, muita gente opta por realizar eventos durante a semana principalmente por ser mais econômico. Sextas e sábados os dias mais disputados, o que os torna mais caros, enquanto de domingo a quinta ocorrem menos eventos como casamentos.

Quem não tem como gastar muito com o casamento também pode optar por uma data no meio da semana, pois isso tende a resultar numa boa economia para o casal. É comum que casas de festa ofereçam preços mais acessíveis durante a semana, tendo em vista a baixa procura, o que é sempre ótimo para quem quer economizar.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também vale lembrar que existem períodos que são mais concorridos de uma forma geral e, por isso, tendem a ser mais caros e difíceis para se marcar o casamento. Maio, que é tradicionalmente considerado o mês das noivas, tende a apresentar uma enorme procura de espaços, produtos e serviços para casamento, o que o torna um mês oneroso para quem pensa em realizar este evento.

Setembro, que marca fim do inverno e início da primavera no hemisfério sul, também tem se tornado um mês concorrido para casamentos devido ao maior conforto térmico e por apresentar poucas chuvas. Dessa forma, quem pensa em se casar neste mês precisa se organizar com antecedência, pois certamente há muitas pessoas pensando que nele está o melhor dia para se casar.

Datas que coincidem com feriados prolongados também podem ser ótimas para marcar casamentos, principalmente quando os noivos têm muitos parentes que moram longe. O feriado dá a oportunidade de reunir o maior número de pessoas, especialmente quando tudo é organizado com máxima antecedência.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Para saber o melhor dia para se casar, também vale a pena pensar na época do ano. Quem pensa em fazer um casamento ao ar livre, por exemplo, deve escolher uma data num período fresco e pouco chuvoso, para proporcionar conforto para si e seus convidados. Nada pior do que ficar exposto as intempéries, como sol em excesso ou chuva, e ainda usando roupa de festa.

Não há uma ciência exata para saber qual o melhor dia para se casar. O melhor a fazer é apostar numa data que seja viável para o casal, com a qual eles se sintam confortáveis, seja no meio da semana ou mesmo num feriado.

Food trucks são tendência em casamentos

Não é segredo para ninguém que os food trucks se tornaram muito populares e vieram para ficar. Eles fazem a felicidade das pessoas em parques, shows, festivais gastronômicos e inúmeros eventos particulares. Mas você sabia que os food trucks são tendência em casamentos?

Food trucks são tendência em casamentos

Fonte: Pinterest.

Oferecer comida popular em casamentos não é algo particularmente novo. Muitos casais que desejam realizar uma festa de casamento bem informal investem em cardápios com inspiração em fast food, comida de boteco, de rua e até receitas de família. E, para deixar tudo muito mais charmoso, ter food trucks e food bikes servindo tudo pode ser um diferencial.

Apesar da recente popularização dos food trucks, eles não são realmente uma novidade. Veículos que vendem comida de rua são populares no mundo inteiro. O diferencial dos food trucks é a beleza dos veículos em si e o cardápio cada vez mais refinado que eles costumam vender. Alguns servem pratos da cozinha internacional, enquanto outros oferecem alta gastronomia.

Por isso, nada mais natural de que casais resolvam utilizar mais este diferencial em casamentos. Os veículos ajudam a dar um colorido especial e diferenciado para a festa, enquanto o cardápio variado ajuda a agradar todos os presentes.

A questão do valor também é um atrativo. Afinal, oferecer comida de food truck, mesmo a mais refinada, pode sair mais em conta do que um buffet completo para casamento, com petisco, entradas e refeição. Além disso, food trucks não servem somente comidas, eles buscam proporcionar uma verdadeira experiência gastronômica.

Casamento com Food Truck

Fonte: Pop Sugar.

A questão principal em ter food trucks em um casamento é que o espaço deve ser grande o suficiente para poder receber uma quantidade de veículos que seja compatível com o número de convidados. Se a comida que for servida apenas pelos food trucks, eles devem estar preparados: algumas pessoas podem querer repetir as porções.

Organizar vários fornecedores diferentes pode ser um enorme desafio, pois cada um tem seu ritmo de trabalho, o que pode causar alguma confusão durante a festa. Por isso, quem deseja o charme dos food trucks no casamento pode ter um ou dois e deixar a maior parte da comida por conta de um buffet. A maioria dos buffets possui grande variedade de cardápios, inclusive inspirados em fast food.

Assim, os food trucks funcionariam mais como estações nas quais os convidados poderiam se servir de algumas comidinhas selecionadas. Os noivos que optarem por isso podem elaborar um cardápio mais informal ou deixar os petiscos por conta dos food trucks e o jantar para o buffet. Isso fará com que as pessoas se movimentem pela festa e tenham mais conforto na hora do jantar.

Se o espaço reservado para o evento não for grande o suficiente para caber food trucks, uma opção bastante válida são as food bikes. Coloridas e charmosas, as food bikes podem funcionar muito bem como estações gourmet para a festa de casamento. Aliás, ter estações de comidas e bebidas espalhadas pela festa é outra forma de fazer com que os convidados circulem pelos diferentes espaços.

Food trucks em casamentos

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Vale ressaltar que food trucks e bikes podem ser utilizados como cenários perfeitos para os noivos tirarem algumas fotos posadas para o álbum de casamento, ou ainda ser um plano de fundo lindo para a pista de dança.

Agora que você já sabe mais sobre a tendência dos food trucks em casamentos já pode se decidir se essa ideia combina com o tipo de evento que você pretende realizar ou se algo mais tradicional fará mais sucesso.

Como realizar um casamento ao ar livre

Muitos casais têm optado por se casar ao ar livre. Isso porque esse tipo de evento não é só menos formal, como também conecta todos os presentes a natureza do entorno e ainda aproveita a iluminação natural, que é belíssima para as fotos. Se você também deseja estar em contato com a natureza nesta data especial, veja como realizar um casamento ao ar livre.

Casar ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Casais que desejam se casar ao ar livre devem estar preparados para marcar a data do evento nas épocas mais secas do ano. No Brasil, essa época costuma ser entre abril e setembro, que abrangem o outono e o inverno, ou seja, os meses mais frios do ano, o que pode ser uma vantagem em um país tropical e quente como o que vivemos.

Porém, realizar um casamento ao ar livre numa época de pouca chuva não significa que não vai chover. Por isso, é muito importante encontrar um espaço para realizar o evento que possua uma área coberta caso a previsão do tempo seja de chuva na data escolhida. Isso permite que não seja preciso transferir todo o casamento para outro local, causando mais gastos e um enorme transtorno.

Também é válido se precaver em relação ao calor, proporcionando mais conforto para os convidados se o dia estiver quente. Como o excesso de calor causa desidratação, ter muito líquidos disponíveis mesmo durante a cerimônia é bem importante. Além disso, arrumar o espaço para os convidados de sentarem na sombra também pode ser válido, assim como fornecer leques e sombrinhas.

Caso o tempo no dia do casamento esteja mais ameno ou frio, as bebidas geladas podem ser substituídas por bebidas quentes, como chocolates e cappuccinos. Ao invés de distribuir leques, ter algumas echarpes e pashminas pode proporcionar algum conforto para os convidados que não tenham levados agasalhos suficientes.

Como realizar um casamento ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Além de disponibilizar líquidos, providencie para que os convidados tenham sempre à mão protetor solar e repelente. Mesmo que no dia do casamento não esteja chovendo, uma semana chuvosa e quente pode fazer com que a proliferação de mosquitos aumente e que o calor se intensifique exatamente na data do seu evento. Por isso, previna-se.

Vale ressaltar que todos esses itens oferecem ótimas oportunidades de personalizar o evento. Um leque decorado com o monograma dos noivos, por exemplo, pode ser considerado uma ótima lembrancinha de casamento, pois os convidados podem levar para casa e utilizar novamente várias vezes, assim como uma squeeze personalizada.

É claro que a iluminação natural vai deixar suas fotos ainda mais lindas e o momento mais inesquecível, mas não se esqueça que o excesso de sol, mesmo que não esteja tão quente, pode ser um problema. Por isso, quem vai se casar de manhã deve dar preferência a horários até 11h. Quem vai se casar mais tarde pode preferir um evento após às 16h, quando o sol está mais fraco.

Também é preciso ter um pouco mais de cuidado com a decoração, principalmente com as flores, que ficarão mais expostas, o que pode fazer com que murchem ou fiquem com aparência de queimadas devido ao sol ou ao frio. Por isso, escolha plantas que se adaptem bem a diferentes temperaturas para que tudo fique lindo até a hora do casamento.

Casar na natureza

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Casamentos sempre precisam de sonorização e vale lembrar que nem equipamentos de som nem músicos podem ficar na chuva. Portanto, mesmo que a previsão seja de tempo firme, é necessário que os músicos ou o responsável pelo som tenha um local reservado e coberto e que todos os equipamentos também recebam algum tipo de proteção.

Com todas essas dicas de como realizar um casamento ao ar livre fica bem mais fácil organizar o evento dos sonhos.

Iluminação de casamento com luzinhas

Cortina de lâmpadas, cortina de LED, string ligths, luzes de Natal ou, simplesmente, luzinhas! Elas estão na moda e são uma linda tendência que promete se manter em alta por algum tempo. Veja como ter uma linda e romântica iluminação de casamento com luzinhas!

Iluminação de casamento com luzinhasFonte: Casuarinas Casa de Festas.

As luzinhas para decoração de casamento combinam com praticamente todos os estilos e espaços para festas. Em locais mais simples e rústicos, as luzinhas trazem um ar boêmio e romântico, o famoso boho chic. Já os espaços para casamento mais luxuosos podem se tornar mais acolhedores e agradáveis com o uso das pequenas luzes. A iluminação em uma festa de casamento tem o poder de deixar qualquer local ainda mais romântico e agradável.

Usar luzinhas na decoração do casamento já é comum nos Estados Unidos e países da Europa, ditando a tendência para o resto do mundo. Nesses locais, os casamentos ao ar livre são mais comuns e, sendo assim, o uso de diferentes tipos de iluminação artificial também se faz necessário.

No entanto, a iluminação de casamento com luzinhas não precisa se restringir apenas aos espaços externos abertos; ela também pode ser usada em locais fechados com o mesmo efeito de romantismo. Elas podem ser utilizadas para dar destaque a algum espaço da decoração, para demarcar a pista de dança ou, ainda, para criar um efeito de meia luz que torna o local mais confortável. Outra opção para usar luzinhas é combiná-las com a decoração aérea, outra tendência que tem se mantido forte nos últimos tempos. Juntas, elas deixam o espaço mais bonito e iluminado de forma agradável.

Decoração de casamento com luzinhasFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Para quem quer seguir mais uma tendência no casamento, deixando a comemoração no estilo boho chic, usar as luzinhas junto a velas, castiçais e outras iluminações suspensas é uma ótima pedida. Essa mistura promove um clima rústico, boêmio e elegante que está muito na moda e pode deixar o espaço bonito e alegre. Em espaços ao ar livre, até as árvores podem ganhar pontos de luz para contribuir com a beleza e iluminação do local do evento.

Quem deseja ter uma iluminação de casamento com luzinhas precisa tomar alguns cuidados e precauções. A primeira delas é saber se o local da festa comporta esse tipo de iluminação. Alguns espaços já possuem sua própria ambientação e iluminação, por isso é preciso ver com a direção da casa se esse tipo de intervenção é permitido. Afinal, pode ser preciso instalar parafusos e ganchos em alguns locais para sustentar as luzinhas e não se deve mexer com o espaço físico da casa ou salão de festas sem aprovação.

Outra medida importante é contratar um profissional habilitado para fazer a iluminação. Mexer com instalações elétricas não é fácil e, apesar de ser aparentemente simples criar uma extensão de luzinhas, se ela não for bem-feita, pode causar estragos graves. Um erro comum é achar que qualquer luzinha de árvore de Natal pode ser utilizada para criar o mesmo efeito. É preciso precaução na hora de incorporá-las a decoração, pois algumas podem esquentar causando curto circuitos ou derretendo os fios. Utilize apenas materiais certificados e deixe o trabalho por conta do profissional de iluminação, que possui mais experiência e conhecimento sobre os materiais necessários para criar uma iluminação bonita e segura.

Iluminação de casamento com luzinhasFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Agora que você já sabe tudo sobre iluminação de casamento com luzinhas, já pode adicionar mais esse detalhe romântico ao seu evento! E se você procura um lugar para sua festa de casamento que já tenha prática neste tipo de decoração, basta entrar em contato com a Casuarinas Casa de Festas e marcar a data do seu evento.

Setembro é o novo Maio para as noivas

Maio é o mês das noivas, isso todo mundo sabe. Mas o que muita gente ainda não percebeu é que setembro tem se tornado um mês bastante querido pelos casais. Segundo especialistas, setembro é o novo maio para as noivas e muita gente está dando preferência em marcar seu casamento para o nono mês do ano.

Setembro é o novo maio para noivasFonte: Casuarinas Casa de Festas.

A tradição de casar em maio veio da Europa, pois é neste mês que começa a primavera por lá, considerada a estação mais romântica do ano. Depois de um inverno rigoroso e temperaturas baixíssimas, comemorar o fim dessa estação, que não é das mais fáceis, com festas de casamentos tornou-se uma tradição. Outra versão da história conta que, por causa do frio, o primeiro banho do ano só acontecia em abril na Grécia Antiga, e como não era costume tomar banho frequentemente, os casamentos ocorriam em maio porque as noivas ainda estavam “limpinhas”.

Por aqui, a primavera começa dia 23 de setembro, mas já dá para ver seus sinais bem antes disso por causa do reflorescimentos de plantas e flores. Nesta época, o clima é mais ameno e não costuma chover muito, o que faz com que muitos casais optem por este mês para realizar seus enlaces.

As decorações com flores, por exemplo, se mantém mais bonitas e viçosas por mais tempo. Dentre as flores de setembro então Gipsofila, o Amor Perfeito, a Boca de Leão, a Gardênia, a Begônia, o Girassol, a Açucena, a Campainha, a Miosótis, a Sempre Viva e a Verbena. Copos de Leite, Tulipas e Orquídeas, que são flores mais caras, também tornam-se mais populares e com preços mais acessíveis durante a primavera.

Casamentos em setembroFonte: Casuarinas Casa de Festas.

A estabilidade climática também ajudou a fazer de setembro o novo maio para as noivas. Nesta época do ano, os noivos também demonstram um pouco menos de preocupação com o espaço físico, pois é mais difícil chover em setembro e não é muito importante providenciar locais fechados para a realização do casamento. Dessa forma, aproveitando o tempo e as paisagens, muitos noivos optam por casar-se ao ar livre em locais abertos, como praias ou chácaras.

Outro fator importante que tornou setembro o novo maio para as noivas é o fato deste mês não ser alta temporada. Ou seja, o casamento não atrapalhará as férias de ninguém. Por outro lado, os convidados que moram mais longe e precisam se hospedar em hotéis e pousadas para comparecer ao evento encontram preços mais acessíveis. Para os noivos, que vão sair em lua de mel, essa também é uma ótima notícia, pois encontram pacotes de viagens bem mais em conta, assim como melhores preços para alimentação e compras em cidades turísticas.

Decoração com flores para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Economicamente, essa é uma época do ano considerada mais estável, pois ninguém está mais endividando com as contas do ano anterior e de início de ano. Além disso, setembro é relativamente próximo ao pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário, e muitos casais já marcam o casamento contando com esse dinheiro para pagar por algum item para casa.

Como setembro é o novo maio para as noivas, muitos fornecedores já estão de olho nesta mudança e praticando preços mais caros pois a época é mais concorrida. Por isso, quem deseja se casar em setembro, deve começar a procurar o local do evento e os fornecedores com bastante antecedência, para não precisar adiar a data.

Buquê de casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Portanto, organize-se e deixe a beleza da primavera te inspirar para a realização do seu casamento em setembro! Se você precisar de alguma ajuda, venha a Casuarinas Casa de Festas, que possui uma equipe de assessoria cerimonial completa para te auxiliar em qualquer época do ano!

Forminhas de doces para casamento

Todos os detalhes de um casamento fazem ele ser único e especial. Até na hora de escolher as forminhas de doces para casamento, você deve dar uma atenção particular a elas, pois pequenos detalhes como este podem fazer toda a diferença nas lembranças dos noivos e convidados.

Forminhas de doces para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

As forminhas de doces para casamento ajudam a dar um visual especial aos próprios docinhos, compondo com o bolo um dos principais locais em que os noivos costumam tirar fotos com padrinhos e convidados. Por isso, ao escolher suas forminhas, lembre-se que elas estarão em destaque, pois fazem parte da mesa mais importante da festa.

Os doces para casamento estão cada vez mais sofisticados, e as forminhas acompanharam esta evolução. Afinal, do que adianta um doce delicioso, com aparência perfeita, se ele está sendo servido em uma forminha de papel branca e sem graça? As forminhas de doces para casamento devem seguir o estilo da festa e combinar com os docinhos.

Forminhas de doces para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Na hora de escolher suas forminhas, você já deve ter escolhido os doces. Dessa forma, você já saberá o visual de cada um deles, além das quantidades. É claro que você pode comprar forminhas especiais somente para compor a mesa do bolo, e outras mais simples para os doces que serão servidos pelos garçons. Afinal, quanto mais diferenciadas forem as forminhas de doces para casamento, mais elas pesarão no orçamento.

Existem vários tipos de forminhas de doces, e cabe aos noivos escolher as que mais agradam. As mais comuns e baratas são as forminhas de papel, que podem ter formato tradicional ou ser mais trabalhadas, com cortes diferenciados, imitando flores, rendas ou caixinhas. É possível encontrar essas forminhas em qualquer loja de artigos para festa. Elas possuem em vários tamanhos e cores, até no estilo laminada. Geralmente, os docinhos são entregues nelas, ficando a cargo dos noivos pagar um pouco a mais para ter forminhas diferenciadas. Como essas formas são super simples, o doce fica completamente em evidência. Quanto mais simples for a forminha de papel, menos ela contribuirá para a decoração da festa.

Forminhas de doces para casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também existem as forminhas de tecido, que vem em vários tamanhos, formatos e cores. Elas podem ser adquiridas em lojas de produtos para festa ou feitas artesanalmente. Por causa de seu material e do trabalho na empregado em sua produção, as forminhas de tecido para doces de casamento costumam ser as mais caras. Em compensação, elas são muito bonitas e dão um visual incrível à decoração da festa.

Há também forminhas feitas de papel com tela. Elas ficam em um meio termo entre as formas de papel e de tecido, criando um visual diferenciado na decoração, ao mesmo tempo em que são mais acessíveis que as forminhas de tecido. Também podem ser encontradas em lojas especializadas em produtos para festa em diferentes formatos, cores e estampas.

Forminhas de doces para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Na hora de escolher as forminhas para casamento, é necessário estar sempre atento a qualidade do material, pois nas lojas estão disponíveis todos os tipos de produto. Peça para ver de tudo e preste bastante atenção em cada detalhe: leia os rótulos e as especificações de cada produto, para não acabar comprando errado. Se você escolher mandar fazer as forminhas artesanalmente, peça amostras dos produtos e especifique bastante todos os detalhes da sua encomenda, discriminando muito bem as cores, os formatos e as estampas que você deseja. Além disso, exija um contrato com tudo escrito e o prazo de entrega fechado.

Já se você tem bastante facilidade com trabalhos manuais e resolveu fazer suas próprias forminhas, comece o trabalho com bastante antecedência, pois você pode acabar demorando mais do que imagina, dependendo da quantidade. Forminhas de doce para casamento não são difíceis de fazer, mas o trabalho é bastante delicado e um pouco demorado.

Forminhas de doces para casamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

E, se você precisar de mais alguma ajuda, pode sempre contar com a Casuarinas Casa de Festas, que possui muita experiência em assessoria cerimonial e casamentos de todos os tipos.

Como Economizar na Festa de Casamento

É importante se fazer a pergunta: como economizar na festa de casamento? O casamento é um momento único em que todos querem ter a família e os amigos juntos para poder compartilhar todo o amor e a felicidade de estar se unindo com alguém especial. No entanto, quanto maior a cerimônia e a festa, mais os noivos precisarão gastar com buffet, decoração, lembrancinhas

Como Economizar nas flores na Festa de CasamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

A única saída para isso é pesquisar preços. Não tenha medo de perguntar os valores, como é possível obter descontos e condições de pagamento. Geralmente, ao pagar pelo produto ou serviço à vista, você consegue obter um bom desconto e economizar na festa de casamento. Por isso, é bom começar a pesquisar cedo e ir juntando o dinheiro com antecedência.

Quem quer economizar na festa de casamento vai acabar tendo que abrir mão de algumas coisas e fazendo algumas substituições. Claro que, mesmo assim, é possível realizar um casamento maravilhoso! Ninguém vai ligar de não levar uma bolsa cheia de lembrancinhas para casa, se os seus doces tem forminha de tecidos ou se você contratou uma banda completa com 12 integrantes para tocar a noite inteira.

Afinal, espera-se que todos estejam ali por razões sentimentais, pois querem acompanhar esse momento mais que especial. Portanto, identifique o que é supérfluo e descarte ou ao menos opte por opções mais em conta. Dessa forma, você pode direcionar o dinheiro para onde ele é realmente necessário.

DJ ou Banda? Como Economizar na Festa de CasamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Quando você for escolher o espaço da sua festa, pergunte sobre os parceiros da casa, sobre os serviços que eles prestam e sobre o preço da decoração. Faça uma lista do que você quer saber para não deixar nada de fora. Geralmente, ao fechar os serviços com uma casa e seus parceiros, você consegue obter vários descontos e vantagens e economizar um pouco.

Não adianta contratar um salão baratinho que não te ofereça nada, e que você ainda tenha que correr atrás das mesas, das cadeiras, das toalhas, das flores e de todas as outras coisas. Isso só te dará mais trabalho e pode dar muito errado. Peça em detalhes o que está incluído no preço que você irá pagar e compare orçamentos. Além disso, exija um contrato. Dessa forma, você estará assegurado caso algum acidente aconteça.

Como Economizar na Festa de CasamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Informe-se também na casa ou salão de festas que tipo de vantagens eles podem te oferecer ao contratar aquele espaço. Têm lugares que oferecem brindes grátis para distribuir aos convidados, outros um super desconto no bolo ou buffet e alguns até um dia da noiva gratuito! Você deve colocar na balança o que é melhor: às vezes, vale mesmo a pena pagar um pouco mais pelo espaço e ganhar alguns mimos de forma segura, do que contratar vários serviços fora da casa que, a primeira vista, parecem mais baratos, mas que podem depois te deixar na mão.

Escolha um buffet gostoso, de acordo com o horário da sua cerimônia. Você pode servir um coquetel maravilhoso sem gastar muito. Se você prefere jantar, escolha algumas opções, mas sem exagerar. Quanto maior a variedade de comidas, mais caro será o serviço de buffet e maior será a probabilidade de haver um imenso desperdício no fim. O mesmo vale para as sobremesas: as vezes, uma fatia de bolo de casamento e alguns docinhos deliciosos são mais do que suficientes!

Como Economizar na Festa de CasamentoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Quando for escolher as flores, dê preferência as da estação, pois elas ficarão mais bonitas e viçosas por mais tempo, além de ser mais baratas vão te ajudar a economizar na festa de casamento. Ao escolher flores muito específicas ou importadas, você pagará um preço final bem mais salgado por algo que você não poderá levar para casa e guardar. Afinal, as flores vão murchar e acabar indo para o lixo.

E, se você precisar de alguma ajuda, entre em contato com a Casuarinas Casa de Festas, que possui uma ótima assessoria cerimonial e profissionais altamente qualificados para te ajudar, além de uma grande gama de parceiros que vão te atender com o maior prazer!

Casamento ao ar livre

O casamento ao ar livre vem se tornando moda no Brasil. Seja num jardim, numa chácara ou numa praia, esse tipo de casamento sempre é lindo, e participar de um é uma experiência única, principalmente se você for um dos noivos. Entretanto, para que este dia tão especial dê certo, é necessário muito planejamento e atenção aos detalhes.

Para começar a organizar sua festa, comece pensando qual seu estilo preferido. Você quer um casamento rústico ou clássico? Tradicional ou moderninho? Seu sonho é estar em contato com a natureza ou ter a praia como plano de fundo? Se o casamento é de dia, você vai servir almoço? E se for a noite, você prefere que sejam servidos petiscos e salgadinhos? Você vai fazer a cerimônia ao ar livre e a festa num espaço coberto? São muitas coisas a se pensar e você deve ter bastante certeza das suas respostas, para que tudo saia conforme seus planos.

Fotografia de um Casamento ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Detalhes que fazem toda a diferença no seu casamento ao ar livre

  • Lista de convidados – Faça sua lista de convidados antes de contatar um buffet, pois estes costumam ser cobrados por pessoa. Não se esqueça de sempre ter algo que agrade as crianças e uma opção vegetariana. Dessa forma você vai agradar a todos e ninguém vai se sentir esquecido na hora que a comida for servida.
  • Buffet – Você também deve verificar com o buffet que tipo de bebidas estão inclusas no serviço, qual o material que eles irão fornecer (taças, copos, talheres, pratos, guardanapos, etc) e o número de garçons que estarão a disposição dos seus convidados.
  • Local e mobiliário – Outro passo é escolher o local mais adequado ao seu tipo de casamento ao ar livre e a equipe de profissionais que irá te dar suporte. Cheque com a empresa que você contratou ou a casa de festas os mobiliários que serão oferecidos, confira se o estilo dos móveis combina com a decoração escolhida e quais serviços estão inclusos no preço que você está pagando. Lembre-se de procurar sempre referências e indicações, para que você não tenha uma surpresa desagradável no seu dia especial.

Casamento ao ar livre precisa de móveis aconchegantes

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

  • Horário do evento – É importante ressaltar que é super desconfortável ficar torrando no sol, então preste bastante atenção no horário marcado. Marcando a cerimônia até às 11h e após às 14h, você evita pegar o sol a pino. Além disso, contratar uma empresa de toldos pode fazer toda a diferença entre um casamento inesquecível e um grande desastre. Você também pode fornecer aos seus convidados algumas sombrinhas e leques e dispensar as mulheres do uso do sapato de salto. Se for inverno, que tal distribuir pashminas para aconchegar os convidados!
  • Fotografia – O casamento ao ar livre, quando realizado no final da tarde, em que  o sol não é tão forte, é a alegria dos fotógrafos! Eles conseguem registrar imagens de um dia ainda claro e a iluminação paisagística aconchegante a noite.
  • Plano B – E não se esqueça: tenha sempre um plano na manga, pois podemos controlar tudo, menos a natureza. Portanto, escolha um local em que também haja a opção de ficar num espaço coberto. Afinal, todos vão ao casamento para prestigiar os noivos, mas ninguém vai querer ficar na chuva!

Casamento ao ar livre precisa ter toldos  por segurança

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Que tal se casar ao ar livre?