Posts

Melhor mês para se casar: veja as vantagens de cada um e escolha o seu

Uma das grandes dúvidas que rodeia o casal na hora de organizar o matrimônio é sobre qual o melhor mês para se casar. Será que existe algum que seja o ideal? Existem datas que são importantes para os noivos, como o primeiro beijo, o pedido de namoro, etc., mas é preciso avaliar diversos fatores antes de escolher o dia certo para o casamento.

Isso porque a data escolhida vai influenciar na decoração de casamento, qual o melhor tipo de decoração com flores, quando enviar os convites de casamento, qual tipo de vestido de noiva usar e várias outras questões. Portanto, o dia e mês pretendidos precisam ser pensados com muito carinho. Sabendo as características de cada mês através deste artigo, você poderá tomar uma decisão mais consciente para que o momento seja inesquecível.

Melhor mês para se casar: veja as vantagens de cada um e escolha o seu

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Confira as características e escolha seu melhor mês para se casar

Janeiro

Por ser um mês depois das festas de fim de ano, janeiro é pouco procurado para realização de casamentos. Isso acaba possibilitando que sejam encontrados valores mais em conta dos serviços necessários. Entretanto, o calor excessivo do mês pode atrapalhar um pouco cerimônias realizadas durante o dia. Escolha realizar o casamento durante a noite e de preferência em locais com cobertura por causa das chuvas.

Fevereiro

Ainda é um mês de baixa procura, por isso pode ser mais fácil contratar os serviços. Fevereiro é o mês das flores tropicais, como as angélicas, que possuem um aroma muito querido pelas noivas. Vale lembrar que ainda é um mês com muitas chuvas e o Carnaval pode ser um empecilho para a festa. Isso porque vários convidados podem estar viajando e não poderão comparecer. Além disso, devido à alta temporada, a luz de mel pode sair por um preço bem salgado.

Confira as características e escolha seu melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Março

Em março a procura já começa a aumentar e, consequentemente, os valores também. O calor vai dando uma trégua, mas ainda chove bastante. O mês é conhecido pelas “águas de março” que fecham o verão, por isso, o melhor é estarem prevenidos de possíveis chuvas. É um ótimo mês para usar orquídeas na decoração por preços mais baixos.

Abril

Abril é considerado por muita gente o melhor mês para se casar. Isso porque as chuvas já encerraram e não é tão concorrido como maio, por exemplo. Esse mês deve ser a primeira opção para quem gostaria de se casar ao ar livre, pois as temperaturas já estão mais agradáveis. Não é mais tão quente, mas também nem tão frio ainda.

Abril é considerado por muita gente o melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Maio

Por tradição, maio é conhecido como “mês das noivas”. Porém, segundo o IBGE, ele já não se trata mais do mês mais procurado para realização de casamentos. A temperatura do mês também é bem agradável, mas os preços das flores sobem bastante por conta do Dia das Mães. Por isso, na hora de procurar os serviços, pesquise muito para obter os melhores valores.

Junho

Para os fãs de tulipa, é o melhor mês para se casar. O frio já começa a dar as caras neste período do ano. Por isso, junho é preferido pelos homens para realizar o casamento, pois faz com que eles fiquem mais à vontade para usar qualquer tipo de roupa de noivo. Ainda se tratando das temperaturas, o melhor é evitar cerimônias ao ar livre para que não fique muito frio para crianças e idosos.

Julho

Por causa do frio em seu auge e das férias, julho é um mês pouco disputado para realização de casamentos. Isso pode facilitar você a realizar sua festa em um local que sempre sonhou por um precinho bem bacana. Mas lembre-se: evite lugares abertos. Para o menu do casamento, você pode optar por caldos e bebidas quentes.

Melhor mês para se casar: escolha o seu

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Agosto

Muitas pessoas acreditam que este não é o melhor mês para se casar. Isso porque, segundo uma lenda portuguesa, “agosto é o mês do desgosto” e dá azar realizar o casamento nesse período do ano. Então, se o casal não leva em conta esse tipo de superstição, esse é o momento para aproveitar! Devido à baixa procura, você pode encontrar serviços oferecendo valores mais baixos. Em agosto, o copo de leite está muito mais bonito e pode ser muito bem aproveitado na decoração.

Setembro

Este é o mês que oferece todo um charme por causa da chegada da primavera. A diversidade de flores para escolher para decoração é imensa. Por ter um clima já mais agradável, sem tanto frio, ele favorece a realização de casamentos ao ar livre. Mas, como “nem tudo são flores”, setembro é o mês mais concorrido para o evento, sendo considerado o “novo maio”. É preciso se apressar para fechar serviços o quanto antes e lembrar também que eles podem estar mais caros.

Outubro

Mês do auge da primavera, ele é ótimo para quem gosta de climas quentes, mas sem exageros ou chuvas. Assim como o anterior, outubro também é bastante concorrido quando se trata de casamentos. Para as flores, os melhores preços estão com os lírios e as frésias.

Saiba qual o melhor mês para se casar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Novembro

Para quem quer realizar o evento no período do dia que corresponde ao fim de tarde e início da noite, novembro é o melhor mês para se casar. Isso porque o horário de verão pode fornecer um lindo pôr do sol na hora da cerimônia de casamento ao ar livre. Desvantagem? O calor e as chuvas fortes estão voltando com força total.

Dezembro

Dezembro é um mês que muitos querem se casar porque é mais fácil equilibrar as contas, devido ao décimo terceiro, e viajar na lua de mel, por causa do período de férias. Mas, para quem quer realizar um casamento ao ar livre, ele não é muito indicado. Isso porque o calor nesse período já está alto e as chuvas costumam vir fortes, o que pode influenciar até mesmo na maquiagem da noiva. Outra desvantagem é que os preços sobem, de tudo, pois é a época em que as empresas costumam faturar mais.

E então, já sabe qual o seu melhor mês para se casar? A Casuarinas, casa de festas para casamentos, tem sempre as melhores dicas para você. Além disso, conta com uma assessoria cerimonial experiente que pode te ajudar na organização da sua festa. Entre em contato e faça seu orçamento.

Roupas de noivo: veja diferenças entre terno, smoking, paletó e blazer

Quando se fala em casamento, às vezes é comum dar muita atenção para as necessidades da noiva, colocá-la sempre em evidência, e esquecer um pouco do noivo. Mas, sabemos que ele também precisa de atenção e que quer estar tão bonito quanto ela para recebê-la no altar. Por isso, a Casuarinas preparou um artigo sobre os tipos de roupas de noivo, para que você saiba as diferenças entre elas e como escolher a ideal para o grande dia.

Confira as diferenças entre os tipos de roupas de noivo

Terno

O terno é o queridinho dos noivos no casamento. O traje completo é composto por calça, paletó e colete e, na lista das roupas de noivo, é o mais usado nesse tipo de evento. Quando se opta pelo terno é necessário também usar camisa, gravata e sapato social.

O terno deve ser confeccionado inteiramente por igual, e isso vale para seus três componentes. Tecido, cor e modelo devem seguir a mesma orientação, afinal, eles são um conjunto e o traje precisa estar em total harmonia.

Essa obrigação com a uniformidade vale somente para os três componentes do terno. Portanto, é possível brincar com as cores da camisa e da gravata. Mas, fique atento: não fuja totalmente do visual ao escolher suas cores e estampas para não ficar em total desacordo com o resto da roupa. Aquele lencinho no bolso, um dos acessórios para noivo, apesar de trazer muito charme para a apresentação, não é obrigatório, fica a critério do noivo utilizar ou não.

Roupas de noivo - Terno

Fonte: Envato

Smoking

Entre todas as roupas de noivo, o smoking, conhecido também como Black Tie, é o mais formal. Sua composição é feita da seguinte forma: calça, paletó e grava borboleta. O que diferencia esse traje do terno é a lapela do paletó feita com seda ou cetim, que é justamente o que proporciona o alto nível de formalidade do smoking.

O Black Tie é mais indicado para eventos noturnos. Portanto, se o casamento for realizado durante o dia é melhor optar por outra roupa.

Assim como o terno, o smoking é um conjunto. Por isso, suas peças também devem ser confeccionadas todas por igual. Com relação à camisa, por causa da formalidade envolvida, ela deve ser sempre branca.

Roupas de noivo - Smoking

Fonte: Freepik

Paletó

Também é um clássico entre as roupas de noivo. O paletó, como já foi visto, geralmente é um item que compõe outros trajes, mas ele também pode ser considerado um modelo único. Na sua composição, é obrigatório somente o uso da calça e da camisa social.

Para casamentos realizados durante o dia, opte por cores mais claras. Já para os noturnos, o preto é a alternativa certa para não errar. Porém, também é possível usar o paletó na cor azul marinho durante a noite, sem deixar a elegância de lado e fugindo do comum ao mesmo tempo.

Roupas de noivo - Paletó

Fonte: Freepik

Blazer

Se está buscando por algo totalmente informal, o blazer é a pedida certa entre as diferentes roupas de noivo. Ele pode ser definido como uma versão despojada do paletó. Não há obrigatoriedade de combinar com a calça, e suas cores podem ser das mais variadas.

Aliás, você sabia que ele é o único que pode ser usado com calça jeans? Pois é, mas essa já não é uma combinação tão indicada para noivos. É possível combinar o blazer com camisetas lisas ou estampadas, camisas sociais, com ou sem gravata e também aberto ou fechado.

Roupas de noivo - Blazer

Fonte: DHgate

Viu como é bom estar informado sobre os diferentes modelos de roupas de noivo? Para não errar, é preciso saber a maneira correta de usar cada modelo. A Casuarinas é especializada em festas de casamento e tem sempre as melhores novidades para você. Fique atento ao nosso blog e não perca!

Caminho até o altar: decorações para se inspirar

O caminho até o altar é a passarela mais importante na vida de um casal. Caminhar ali para chegar ao local onde sua vida será ligada à de outra pessoa é emocionante. Por isso, esse percurso merece uma atenção especial na hora de decorar o ambiente onde será realizada a cerimônia. O caminho até o altar também pode ser chamado de nave, que é o trajeto por onde todo o cortejo passa.

Dicas para a decoração do seu caminho até o altar

Tapetes

Os tapetes são o verdadeiro clássico do caminho até o altar. Por existirem muitas variações dessa decoração, ela oferece muitas oportunidades para os mais diversos gostos. Veja algumas delas:

  • O tapete vermelho, um dos mais usados, é muito tradicional e fica ótimo em igrejas com estilo barroco.
  • Tapetes brancos ou de cores cruas valorizam muito o caminho e são discretos ao mesmo tempo.
  • Os tapetes verdes são novas apostas. Ficam muito bem para casamentos ao ar livre.
  • Para casamentos na praia, tapetes de esteira palha ou juta combinam muito com o ambiente.
  • Tapetes personalizados também são uma nova tendência. Podem ter um versículo bíblico por todo o comprimento, o trecho de uma música do casal ou qualquer decoração que seja de sua escolha. Quanto mais original e único, melhor.
Caminho até o altar: decorações para se inspirar

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Flores

As decorações com flores também são muito variadas. Existem muitas espécies de flores e muitos jeitos diferentes de fazer a ornamentação com elas. Para escolher a ideal é preciso avaliar o ambiente onde será realizada a cerimônia, delimitar o espaço disponível e, claro, que tudo fique dentro do seu gosto. Algumas maneiras de decorar o caminho até o altar com flores:

  • Pétalas de flores ficam lindas e trazem um ar todo romântico. Você pode usá-las para delimitar o caminho, nas bordas, ou mesmo espalhar por ele todo. Essa decoração fica ótima em cerimônias realizadas ao ar livre, com o chão de grama. Mas tenha cuidado: se o vestido tiver uma cauda grande, pétalas de cores fortes podem ser varridas por ela e acabar manchando o traje da noiva.
  • Flores exóticas são ótimas opções para casamentos na praia e/ou no verão. Além de lindas, seus diferentes formatos trazem um aspecto incrível ao local.
  • Vasos naturais ficam lindos em qualquer ambiente. Belas flores com vasos revestidos de plantas dão um ar natural ao caminho. Mesmo que elas sejam artificiais.
Dicas para a decoração do seu caminho até o altar

Fonte: Freepik

  • Vasos tradicionais também são lindos. Vasos clássicos altos, de vidro e com flores clássicas trazem sofisticação. Você ainda pode optar por luzes embaixo, na frente ou envolta deles para iluminar o cortejo.
  • Decorações minimalistas com flores são ideais para os mais discretos. Você pode apenas pendurar raminhos nas cadeiras que delimitam o caminho até o altar e ainda completar com pétalas ou folhas espalhadas pelo chão.
  • A folhagem não é bem um estilo de flor, mas está dentro desse tipo de decoração. Folhas verdes ou secas representam um modelo de casamento ao ar livre mais rústico.
Caminho até o altar: como fazer

Fonte: Casa de Festas Casuarinas

Espelhado

O caminho espelhado requer a ousadia de quem vai optar por esse modelo. Chamativos, os caminhos feitos com superfície espelhada também demandam mais investimento. Entretanto, autenticidade e lindas fotos são coisas que não vão faltar. Esse caminho é ótimo para noivas detalhistas que querem manter a cauda do vestido aberta por todo o cortejo. Isso porque é uma superfície que permite um total deslizamento do tecido. Mas atenção: verifique se o teto do ambiente é realmente bonito para fazer um bom reflexo no caminho. Se quiser, pode acrescentar decorações suspensas para garantir o visual.

As decorações para o caminho até o altar são infinitas. Com criatividade, você pode deixa-lo com a cara do casal e tornar o momento ainda mais especial. O importante é que o grande dia dos dois seja perfeito e repleto de emoção, desde o início do cortejo. A Casuarinas sempre tem as melhores novidades para casamento, para que ele seja maravilhoso, como todo mundo deseja.

Como escolher o fotógrafo ideal para o casamento

O casamento é um evento único, sem repetições e com momentos que não voltarão mais. Por isso é importante saber como escolher o fotógrafo ideal para o casamento. Contratar esse profissional deve ser uma das obrigações do casamento feitas com maior antecedência. Isso vai garantir que todos os detalhes necessários sejam acertados e não haja surpresas e nem sustos. Assim, vocês estarão tranquilos sobre seus registros. A Casuarinas, casa de festas especializada em casamentos, separou alguns detalhes que merecem atenção na hora de contratar o serviço.

Saiba como escolher o fotógrafo ideal para o casamento

Pesquise, pesquise muito!

Como muitos outros serviços contratados para o casamento, arranjar um fotógrafo demanda muito tempo e pesquisa. Não é tão simples quanto parece. Tanto o noivo quanto a noiva possuem um estilo próprio, mas os dois também possuem coisas em comum. E a fotografia está atrelada a isso. Como? Fotografia é alma, tem estilos diferentes, maneiras de serem feitas diferentes. Portanto, as fotos do casamento devem fazer jus à identidade do casal.

Como escolher o fotógrafo ideal para o casamento

Fonte: Storyblocks

Para saber como escolher o fotógrafo ideal para o casamento de vocês é preciso avaliar os trabalhos antigos que ele já fez. Confiram se ele tem referencial com fotos de casamentos, se o estilo de fotografar dele atende ao que vocês idealizam e se as técnicas dele atendem ao que procuram. Se for importante para vocês, vejam também se ele possui cursos profissionalizantes na área.

Mais do que técnica, fotografia revela sentimentos. Por isso, é importante levar em consideração a intuição do casal na hora de escolher o profissional. Às vezes ele tem as atribuições técnicas que buscam, faz o estilo de foto que vocês querem, mas a sintonia não bateu.

Não se preocupem, acontece. E não é feio querer buscar outro fotógrafo por causa disso. Esse profissional fará parte de um momento muito importante na vida de vocês, registrará o início de uma família. Sendo assim, conhecer o fotógrafo e se sentir à vontade com ele é essencial. Isso vai garantir que o trabalho flua, o que proporciona fotos ainda mais bonitas.

Saiba como escolher o fotógrafo ideal para o casamento

Fonte: Envato

Não abra mão do contrato

Todos os serviços de fotografia devem ser demonstrados em contrato. Obrigações do contratado e do contratante, dados pessoais das partes, formas de pagamento, prazos de entrega, valores, se vai ter assistente, o que fazer em caso de rescisão, enfim, são inúmeros os itens que devem estar presentes no documento. Com o contrato preparado, lido e devidamente assinado, nenhuma das partes terá surpresas desagradáveis.

Um detalhe importante para o qual é bom se atentar no contrato é sobre o valor do tempo extra de trabalho. Isso porque, às vezes, a festa pode se estender, atrasos podem acontecer e outros variados imprevistos. E não adianta o casamento continuar rolando, com vários momentos especiais, e o fotógrafo não estar presente para registra-los.

Finalizando, o contrato de serviços fotográficos é um documento de extrema importância como o de qualquer outro serviço. Não aceite tratar nada somente “de boca” com profissional nenhum. Isso não garante a vocês segurança alguma sobre seus direitos ao pagar aquela contratação.

Como escolher o fotógrafo ideal para o casamento: o que fazer

Fonte: Envato

Quantidade não é o mesmo que qualidade

Seu álbum de casamento se tornará uma parte da história de vida do casal. Essa lembrança permite que vocês revivam os melhores momentos do evento quantas vezes quiserem. Mas, para isso, é necessário que seja entregue um bom produto final. No caso, o álbum com as fotos tratadas e selecionadas.

Se um fotógrafo oferece uma quantidade de fotos exageradas por um preço muito baixo, desconfie. Por conta das pesquisas, vocês terão uma noção média de valores. Portanto, o que tiver muito abaixo do preço pode causar problemas futuros e não entregar as fotos que vocês esperam ter. O barato às vezes pode sair caro.

O mais importante: divirtam-se! Esse evento é inesquecível e, como já dito, é um momento que não volta mais. As dicas sobre como escolher o fotógrafo ideal para o casamento são para auxiliar o casal e fazer com que vocês relaxem e aproveitem a festa, sabendo que suas fotos estarão garantidas depois. Não deixe de conferir mais novidades sobre casamentos no site da Casuarinas.

Tipos de coque para casamentos

Para toda noiva, estar linda no dia do casamento é primordial. Isso está totalmente ligado ao penteado que ela vai usar no grande dia. Rosto e cabelos são as primeiras coisas a serem reparadas em uma noiva. Os tipos de penteados que existem para a ocasião são inúmeros, inclusive o coque. Dentro dessa categoria, existem muitos tipos de coque para casamentos que podem ser utilizados pela noiva no grande dia. A Casuarinas, casa de festas para casamentos, separou alguns estilos de coque que farão você arrasar na hora de subir ao altar. E ainda pode sugeri-los para as madrinhas e damas!

Veja seis tipos de coque para casamentos

Coque alto

O estilo coque alto é um clássico. Ele é uma das primeiras opções de penteado das mulheres quando se trata de casamentos. O coque alto, além de muito sofisticado, segura os fios a noite inteira e garante liberdade durante a festa. Esse tipo de coque, além de destacar bastante o rosto, ainda alonga a silhueta. Ao olharem para você, as pessoas terão a impressão de uma noiva mais esbelta.

Coque alto - Tipos de coque para casamentos

Fonte: Alto Astral

Com esse penteado você poderá apostar em brincos grandes, que irão realçar ainda mais o rosto. Ele pode ser finalizado, ainda, com um porta coque elegante com brilhantes, pérolas e outros lindos materiais que existem para esse utensílio. Mas cuidado: escolha entre porta coque destacado ou brincos grandes, os dois sendo usados ao mesmo tempo podem tornar a caracterização muito exagerada.

Coque abacaxi

O coque abacaxi é ideal para quem tem cabelos cacheados. Nesse estilo, os cabelos são presos por um elástico, em um tipo de rabo de cavalo, bem no alto da cabeça, próximo da testa. O resultado é semelhante ao de uma coroa de abacaxi, daí então o nome. É bom revelar que esse coque fica melhor em mulheres com cabelos curtos. Isso porque, tendo madeixas muito grandes, os fios podem ficar caindo no rosto e atrapalhar durante o evento.

Coque abacaxi - Tipos de coque para casamentos

Fonte: To de cacho

Coque baixo

Também sendo um dos tipos de coque para casamentos mais tradicionais, o coque baixo é uma referência retrô aos 20. Ele puxa para um estilo romântico e cria uma linda harmonia com o véu. Ele é muito simples de fazer: prenda o cabelo em rabo de cavalo bem próximo da nuca e depois enrole fazendo uma bola com todo o comprimento dos fios. Sofisticado e discreto, ele pode ser ainda mais elaborado utilizando tranças e utensílios decorativos.

Coque baixo - Tipos de coque para casamentos

Fonte: Um Como

Coque lateral

O coque lateral, assim como o baixo, também tem um estilo mais romântico. Ele é feito de forma parecida: prendendo o cabelo próximo da nuca e enrolando, mas o processo será feito todo para o lado. Finalize prendendo com grampos. Ele pode ser usado bem justo ou ficar mais despojado, soltinho. Fica a critério da noiva. E sobre os grampos, em qualquer penteado para casamento ou não, sempre opte por cores que se aproximem ao máximo da cor do seu cabelo.

Coque lateral - Tipos de coque para casamentos

Fonte: Pronta Pra Festa

Coque banana

Muito sofisticado, o coque banana é utilizado em ocasiões mais chiques. Ou seja, ele é perfeito para noivas que terão uma festa extremamente requintadas e formais. Para fazer esse tipo de coque, é preciso prender os cabelos fazendo uma torção em formato de espiral. Ele pode ser usado de duas formas: mais no alto da cabeça ou mais embaixo. Sempre finalizando com grampos, o mais firme possível.

Coque banana - Tipos de coque para casamentos

Fonte: Site da Mulher

Coque rosquinha

Super tradicional no meio das noivas, o coque rosquinha também pode ser usado tanto no alto da cabeça quanto mais embaixo. Isso vai depender do gosto da noiva. Ele é feito com um rabo de cavalo, inicialmente, e então é posicionado um acessório de cabelo para noivas chamado donuts e os cabelos são enrolados em volta dele, até cobri-lo. Se ficar muito apertado, você pode dar uma puxadinha nos fios do rolinho formado. Deixa o penteado até mais charmoso.

Coque rosquinha - Tipos de coque para casamentos

Fonte: Dicas Legais 10

Um penteado lindo para a noiva é um dos destaques do casamento. Seja coque ou não, o capricho sempre deve prevalecer nessa parte do look. Existem outros tipos de coque para casamentos e mais milhares de variações deles. O importante é que você se sinta linda no seu grande dia. A Casuarinas sempre tem as melhores dicas de tudo sobre casamentos para você.

Lembrancinha de casamento fácil de fazer

O casamento é um momento único e muito especial para duas pessoas que se amam. O grande sonho de todo mundo é que tudo saia perfeito. E, ao contrário do que muitos imaginam, a lembrancinha de casamento fácil de fazer também pode ser incluída nesse nível de perfeição da festa. Hoje em dia, menos é mais. Portanto, investir em lembranças simples pode ser uma ótima opção e ainda garante um melhor custo-benefício.

Dicas de lembrancinha de casamento fácil de fazer

Marcador de lugar personalizado

O marcador de lugar personalizado é ótimo porque oferece duas funções distintas: a de marcar os lugares de convidados e famílias, obviamente, e como lembrancinhas que podem ser levadas no final da festa. Como são peças que possuem os nomes dos convidados, levar o marcador como lembrança pode ser encantador para eles.

Na hora de escolher qual o marcador ideal é só soltar a imaginação. Tem os marcadores de papel dobrados, colocados em cima das mesas. Você também pode fazer papéis em formatos personalizados com os nomes e prender nos talheres das mesas. Corações com os nomes, no caso de decorações mais românticas. Há também o marcador feito em rolha de cortiça, que fica super delicado e também é uma lembrancinha de casamento fácil de fazer.

Marcador personalizado - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Envato

Sachês perfumados

Os sachês perfumados são lembrancinhas incríveis e podem ser feitas com a cara do casal. Isso porque a fragrância e a estampa podem ser escolhidas e misturadas da maneira que desejarem. Eles podem ter formato de almofadinha, de trouxinha, de bichinhos. Enfim, é um item único! Se tiver máquina de costura e gostar desse trabalho, pode fazê-los dessa maneira. Mas, se não passa nem perto de utensílios de costureira, pode optar também por montá-los com cola de tecido ou cola quente.

Sachê perfumado - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Envato

Doces em baldinhos

Oferecer docinhos em baldinhos também é uma boa alternativa de lembrancinha de casamento fácil de fazer. Isso porque os baldinhos podem ser comprados em qualquer loja de utensílios de festa, ou até de casa, e é só colocar as balinhas dentro. O toque final vai ser o adesivo colado nele. Você pode produzir e imprimir em casa mesmo, usando o papel ideal. Pode ter o nome do casal, a data do casamento e qualquer informação a mais que desejar.

Doces em baldinhos - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Freepik

Pastilhas personalizadas

Você conhece aquelas pastilhas de menta que compramos em barraquinhas de doce, não é mesmo? Pois é. Elas também podem ser utilizadas como lembranças de casamento. Para isso, compre a quantidade que desejar e embrulhe com papel contact ou qualquer outro adesivo que tenha a estampa que combine com a festa. Você ainda pode finalizar com fitas e etiquetas de papel com data do casamento e nome do casal. Solte a imaginação e deixe as lembrancinhas com a sua cara!

Pastilhas personalizadas - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Noivas do Rio de Janeiro

Sacolas retornáveis

Está aí um item que é muito prático e ainda promove uma ação sustentável a curto e longo prazo. Sacolas retornáveis são muito fáceis de encontrar à venda em lojas de artesanato. Adquirindo a quantidade desejada, você fica livre para personalizar como quiser usando tinta ou caneta de tecido. Desenhe coisas românticas, ou frases, ou nome do casal e a data, enfim, faça como preferir.

O importante é que as lembrancinhas estejam atendendo ao seu gosto. As sacolas vão servir para que os convidados levem para casa mais alguma coisa que vocês oferecerem na festa e poderão ser usadas para muitas outras utilidades futuramente. Pode ser uma pequena ação para diminuir o uso de sacolas plásticas. Vale muito a pena!

Sacolas retornáveis - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Elo7

Doce de leite em potes

Difícil achar uma lembrancinha de casamento fácil de fazer mais saborosa que essa. Os doces em potes ou compotas são opções adoráveis de lembranças. Isso porque eles oferecem, além do lindo potinho, um prazeroso docinho para saborear depois. Eles podem ser confeccionados de duas formas: comprando os potinhos em casas de festa ou o casal mesmo pode juntar os potes de mantimento com a ajuda da família. Aí é só colocar o doce de leite dentro e decorar as tampas com tecido e fitas. Fica bonito, delicado e ainda pode ser bem econômico.

Doce de leite em potes - Lembrancinha de casamento fácil de fazer

Fonte: Elo7

Existem muitas boas opções de lembrancinhas de casamento fáceis e práticas para fazer em casa. Deixamos aqui algumas dicas e esperamos que isso possa facilitar a produção da sua festa. Não deixe de conferir mais novidades no site da Casuarinas, casa de festas especializada em casamentos.

Candy bar para casamento

É cada vez mais comum ir em festas que contam com um candy bar, inclusive casamentos. Diferente da mesa de doces tradicional, que têm brigadeiros, beijinhos, camafeus, bombons e vários outros docinhos de festa, o candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Pinterest.

Inicialmente feito para entreter e agradar as crianças, o candy bar tornou-se querido por convidados de todas as idades. Por isso, é interessante pensar em ter um espaço como este no casamento, mesmo que nem se tenha muitos pequenos figurando entre os convidados. Afinal, todo mundo gosta de ter um docinho sempre a mão.

Vale ressaltar novamente que um candy bar para casamento não substitui a tradicional mesa de doces, mas serve para complementá-la com elementos que geralmente não vemos neste tipo de evento. Assim, investir num candy bar bonito e bem decorado pode ser um diferencial bem interessante e inusitado, servindo até como fundo para ótimas fotos.

Na hora de criar um candy bar para casamento, é importante pensar se ele ficará disponível por toda a festa ou somente num momento ou mesmo no final para os convidados se servirem ao sair, no lugar ou complementando a mesa de chá. Quanto mais tempo ele ficar disponível, mais doces precisam ser comprados e é preciso ter uma pessoa sempre repondo o que acabar.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Wedding Dash.

Também é válido escolher uma boa variedade de doces para tornar o candy bar ainda mais especial. Não se esqueça de que, se o intuito é agradar aos mais diversos convidados, desde os mais jovens até aqueles na terceira idade, oferecer vários tipos de doces, com diferentes sabores e texturas, é fundamental.

Vale lembrar que doces como cupcakes, donuts e cookies podem ficar no candy bar para casamento, mas é importante ter mais cuidado com eles, pois tendem a ser mais perecíveis que os doces industrializados. Se estiver muito calor no dia do casamento, eles devem ser disponibilizados aos poucos e sempre armazenados em local fresco para não estragar.

O local do candy bar não deve ser isolado da festa de casamento, nem parecer que foi montado a parte. Apesar dos doces, por si só, já serem uma decoração encantadora, ele precisa receber outras decorações compatíveis com o resto da festa, inclusive flores e outros detalhes. Usar a cor dos doces como forma de integrar o candy bar a festa é uma ótima ideia e pode encantar a todos ainda mais.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Delegate.

Colocar algum tipo de iluminação no local também pode ajudar a integrar o candy bar ao resto da festa, além de chamar atenção para ele. O ideal é posicioná-lo próximo a mesa de doces para que ele não acabe esquecido, mas de forma que não interfira na circulação ou esteticamente, pois estas são duas estações separadas.

Este não é um cantinho difícil de ser montado, porém é importante dar atenção especial a ele utilizando vidros e jarros de diferentes tamanhos para colocar os doces, assim como lembrar de colocar o nome do que está sendo servido para que os convidados possam escolher com consciência. Lembre-se que pode haver pessoas com restrições alimentares que não podem comer qualquer doce.

Não se esqueça de disponibilizar também pegadores para que os convidados possam se servir de forma higiênica, sem precisar colocar a mão dentro dos vidros de doces. Saquinhos de papel ou plástico também ajudam para que as pessoas, ao se servirem, tenham onde colocar os doces, principalmente aqueles que não são embalados individualmente.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Love Story Novias.

O candy bar para casamento pode dar um charme ainda mais especial para o seu evento. Por isso, vale a pena investir nesta ideia que ajuda a tornar a festa ainda mais colorida e inesquecível.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Já falamos sobre lista de presentes de casamento várias vezes, mas dúvidas em torno deste tema ainda são bem recorrentes, principalmente quanto o que pedir. Afinal: o que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: Huffington Post.

A lista de presentes de casamento serve para que o casal tenha a oportunidade de completar seu novo lar com itens significativos em valor sentimental e não, necessariamente, de valor monetário. É claro que toda lista tem presentes de todos os valores, mas é fundamental sempre se lembrar deste detalhe.

Ainda que não haja uma regra geral quando se trata de criar uma lista de casamento, ter bom senso é fundamental. Colocar nela somente itens de alto valor pode dar a impressão de que o casal é interesseiro e só está convidando as pessoas para ganhar presentes caros. Por outro lado, não ter uma lista pode gerar muita confusão, inclusive fazendo com que os noivos tenham que percorrer várias lojas trocando itens duplicados.

Na verdade, o que é indispensável para um casal pode ser completamente supérfluo para outro, pois cada um tem seu perfil. Porém, há itens que precisamos ter em casa, como um bom jogo de panelas, pratos, talheres, copos, travessas, dentre outras coisas. E se o casal não ganhou esses itens no chá de panela, esta é a hora de pedi-los novamente.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: The Spruce

O principal, ao se organizar uma lista de presentes de casamento, é que o casal tenha em mente seu estilo de vida e baseie suas escolhas nisto.

Também é válido lembrar-se de colocar itens dos mais variados valores, para que cada convidado possa escolher algo compatível com sua realidade, sem precisar sem endividar para isso ou mesmo abrir mão de ir ao evento por não poder dar um presente.

Geralmente, é recomendável que a lista de presentes de casamento seja colocada ao menos em duas lojas, uma física e outra virtual, para que os convidados que desejam comprar um presente fiquem bem à vontade para fazer suas escolhas. Além disso, uma pode ser mais popular e a outra mais cara e exclusiva, o que permite obter um leque bem variado de itens para a casa nova.

Não vale a pena colocar a lista em muitas lojas, principalmente se nela constarem itens muito semelhantes, pois é provável que o casal também acabe recebendo muitos presentes duplicados.
Escolher duas ou três lojas para criar a lista, sendo uma delas virtual, é mais do que suficiente e certamente garantirá aos noivos ótimos presentes para iniciar a vida a dois.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: Pre Wedding Naija.

Não há problemas em colocar itens grandes e caros na lista de presentes, mas é válido ter em mente que provavelmente eles não serão comprados. Porém, se é disto que o casal precisa, pode valer a pena ter uma lista que permita converter os valores comprados em outros produtos. Assim, o casal pode optar por receber itens maiores, ainda que os convidados não os tenha comprado.

O casal também deve pensar no local em que irá morar para organizar sua lista de presentes de casamento. Se os noivos pretendem morar provisoriamente num lugar menor alugado, por exemplo, colocar na lista um monte de decorações e móveis para este espaço pode não ser a melhor opção, pois, ao se mudar, eles logo vão perceber que necessitam de outros itens.

Confira agora os Itens que não podem faltar na lista de casamento:

  1. Jogo de panelas;
  2. Louças para o dia a dia;
  3. Faqueiro simples para o dia a dia;
  4. Assadeiras;
  5. Tigelas;
  6. Conjunto de taças;
  7. Jogo americano;
  8. Ferro de passar;
  9. Jogo de copos;
  10. Objetos decorativos (porta-retratos, vasos, quadros, etc).

Como saber o melhor dia para se casar

Assim que um casal fica noivo, todos já ficam eufóricos em saber qual será a data do casamento. Mas a verdade é que é bem difícil escolher quando será este dia especial. Então, como saber o melhor dia para se casar?

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Teoricamente, não há um dia “melhor” para se casar, principalmente para quem não acredita em astrologia. O que ocorre é que eleger uma data tende a ser complicado porque é normal que o casal queira optar pelo dia em que o maior número de pessoas estará disponível e presente. Infelizmente, é impossível prever isso.

Contratempos acontecem com todos e mesmo as pessoas mais chegadas ou as que confirmaram presença primeiro podem acabar não indo ao casamento por uma série infindável de motivos. É por isso que, ao escolher esta data tão especial, o casal deve optar por um dia que seja confortável e significativo para eles.

Imagine que legal para os noivos se casarem no dia em que se conheceram? Ou no dia em que começaram a namorar? Ou mesmo no dia em que ficaram noivos? Essas datas com significados podem ser ótimas opções e uma curiosidade a mais para tornar o evento ainda mais interessante (ou mesmo uma história legal para contar no futuro).

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se a data especial cair num dia inviável para o casal, como no meio da semana ou mesmo se o espaço escolhido para o casamento já estiver reservado, por exemplo, também vale escolher a data viável mais próxima.

Porém, se o casal desejar manter uma data especial no meio da semana, isso não é necessariamente um problema. Afinal, atualmente, muita gente opta por realizar eventos durante a semana principalmente por ser mais econômico. Sextas e sábados os dias mais disputados, o que os torna mais caros, enquanto de domingo a quinta ocorrem menos eventos como casamentos.

Quem não tem como gastar muito com o casamento também pode optar por uma data no meio da semana, pois isso tende a resultar numa boa economia para o casal. É comum que casas de festa ofereçam preços mais acessíveis durante a semana, tendo em vista a baixa procura, o que é sempre ótimo para quem quer economizar.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também vale lembrar que existem períodos que são mais concorridos de uma forma geral e, por isso, tendem a ser mais caros e difíceis para se marcar o casamento. Maio, que é tradicionalmente considerado o mês das noivas, tende a apresentar uma enorme procura de espaços, produtos e serviços para casamento, o que o torna um mês oneroso para quem pensa em realizar este evento.

Setembro, que marca fim do inverno e início da primavera no hemisfério sul, também tem se tornado um mês concorrido para casamentos devido ao maior conforto térmico e por apresentar poucas chuvas. Dessa forma, quem pensa em se casar neste mês precisa se organizar com antecedência, pois certamente há muitas pessoas pensando que nele está o melhor dia para se casar.

Datas que coincidem com feriados prolongados também podem ser ótimas para marcar casamentos, principalmente quando os noivos têm muitos parentes que moram longe. O feriado dá a oportunidade de reunir o maior número de pessoas, especialmente quando tudo é organizado com máxima antecedência.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Para saber o melhor dia para se casar, também vale a pena pensar na época do ano. Quem pensa em fazer um casamento ao ar livre, por exemplo, deve escolher uma data num período fresco e pouco chuvoso, para proporcionar conforto para si e seus convidados. Nada pior do que ficar exposto as intempéries, como sol em excesso ou chuva, e ainda usando roupa de festa.

Não há uma ciência exata para saber qual o melhor dia para se casar. O melhor a fazer é apostar numa data que seja viável para o casal, com a qual eles se sintam confortáveis, seja no meio da semana ou mesmo num feriado.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questão

O assunto é polêmico e pode gerar discussões acaloradas: cortar a gravata do noivo ou não ainda é um tabu em festas de casamento. A origem da brincadeira parece ser brasileira, uma forma dos convidados descontraírem e contribuírem com a lua de mel dos noivos. Mas será que as pessoas entendem mesmo o corte da gravata como brincadeira ou um constrangimento?

É praticamente impossível ir a um casamento e não assistir a essa situação: os padrinhos puxando o noivo por toda a festa pela gravata, oferecendo um pedacinho dela em troca de dinheiro para lua de mel. Para algumas pessoas, a cena e divertida e hilária; já outras, acham tudo uma palhaçada e falta de educação. E, no meio dessa “batalha” estão os noivos que, além de terem de lidar com todo o estresse de planejar um casamento, ainda precisam decidir se vão ou não permitir que a gravata do noivo seja cortada.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

Atualmente, a maioria das pessoas já vão ao casamento esperando ver o momento da gravata, pois ele parece já ter virado uma tradição. No entanto, não é obrigatório que ele ocorra, tendo em vista que alguns noivos simplesmente não desejam participar da brincadeira. Seja por timidez ou por não gostarem da situação, é opção dos noivos, e não dos padrinhos, cortar a gravata do noivo.

Tudo deve ser combinado previamente com a assessoria cerimonial. O casal, principalmente o noivo, passa todas as informações a cerimonialista antes da festa. Alguns casais não permitem de jeito nenhum o corte da gravata; já outros permitem com algumas restrições, enquanto outros permitem que brincadeira seja completamente liberada. Cabe aos noivos e assessores informar aos padrinhos sobre a brincadeira e a decisão que tomaram. Afinal, os noivos são os donos da festa e suas decisões devem ser respeitadas sempre. E, no caso de insistência, são os assessores que devem barrar a brincadeira não autorizada.

É importante ressaltar que decidir cortar a gravata do noivo ou não vai depender muito dos noivos, do tipo de evento e dos convidados que estarão presentes. Casais mais extrovertidos tendem a gostar mais desse tipo de brincadeira, principalmente se o ambiente do casamento for mais informal. A brincadeira da gravata em festas super formais pode parecer algo forçado ou deslocado.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

O importante é instruir bem quem participará da brincadeira. Não é legal fazer exigências ou constranger quem não pode contribuir. Todos os convidados do casamento fizeram algum tipo de investimento para comparecer ao evento, gastando com roupas, maquiagem, penteado e até com presentes. Por isso, não é legal exigir mais dinheiro deles, estipulando valores e chamando de “pão-duro” ou “mão de vaca” quando a pessoa, na verdade, já contribuiu com os noivos de outras formas. É preciso ter cautela com os comentários para que ninguém não fique triste ou se sinta obrigado a participar do corte da gravata no casamento.

O mais importante é que, para quem optar por cortar a gravata do noivo, a brincadeira não pareça algo grosseiro ou de mal gosto, que pode acabar com o clima da festa, ou fazer ainda, o casal perder um amigo.

Para tanto, muitos noivos distribuem algum tipo de brinde para as pessoas que contribuem com o corte da gravata (além, é claro, do pedaço da gravata). Alguns dão chaveiros em formato de gravata; outros preferem distribuir doses de whisky. O importante é não utilizar nada que sinalize que o convidado não pode contribuir com a brincadeira.

Cortar a gravata do noivo ou não: eis a questãoFonte: Casuarinas Casa de Festas.

E você, gosta da brincadeira de cortar a gravata do noivo ou não? Nos conte sua opinião!