Posts

Candy bar para casamento

É cada vez mais comum ir em festas que contam com um candy bar, inclusive casamentos. Diferente da mesa de doces tradicional, que têm brigadeiros, beijinhos, camafeus, bombons e vários outros docinhos de festa, o candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Pinterest.

Inicialmente feito para entreter e agradar as crianças, o candy bar tornou-se querido por convidados de todas as idades. Por isso, é interessante pensar em ter um espaço como este no casamento, mesmo que nem se tenha muitos pequenos figurando entre os convidados. Afinal, todo mundo gosta de ter um docinho sempre a mão.

Vale ressaltar novamente que um candy bar para casamento não substitui a tradicional mesa de doces, mas serve para complementá-la com elementos que geralmente não vemos neste tipo de evento. Assim, investir num candy bar bonito e bem decorado pode ser um diferencial bem interessante e inusitado, servindo até como fundo para ótimas fotos.

Na hora de criar um candy bar para casamento, é importante pensar se ele ficará disponível por toda a festa ou somente num momento ou mesmo no final para os convidados se servirem ao sair, no lugar ou complementando a mesa de chá. Quanto mais tempo ele ficar disponível, mais doces precisam ser comprados e é preciso ter uma pessoa sempre repondo o que acabar.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Wedding Dash.

Também é válido escolher uma boa variedade de doces para tornar o candy bar ainda mais especial. Não se esqueça de que, se o intuito é agradar aos mais diversos convidados, desde os mais jovens até aqueles na terceira idade, oferecer vários tipos de doces, com diferentes sabores e texturas, é fundamental.

Vale lembrar que doces como cupcakes, donuts e cookies podem ficar no candy bar para casamento, mas é importante ter mais cuidado com eles, pois tendem a ser mais perecíveis que os doces industrializados. Se estiver muito calor no dia do casamento, eles devem ser disponibilizados aos poucos e sempre armazenados em local fresco para não estragar.

O local do candy bar não deve ser isolado da festa de casamento, nem parecer que foi montado a parte. Apesar dos doces, por si só, já serem uma decoração encantadora, ele precisa receber outras decorações compatíveis com o resto da festa, inclusive flores e outros detalhes. Usar a cor dos doces como forma de integrar o candy bar a festa é uma ótima ideia e pode encantar a todos ainda mais.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Delegate.

Colocar algum tipo de iluminação no local também pode ajudar a integrar o candy bar ao resto da festa, além de chamar atenção para ele. O ideal é posicioná-lo próximo a mesa de doces para que ele não acabe esquecido, mas de forma que não interfira na circulação ou esteticamente, pois estas são duas estações separadas.

Este não é um cantinho difícil de ser montado, porém é importante dar atenção especial a ele utilizando vidros e jarros de diferentes tamanhos para colocar os doces, assim como lembrar de colocar o nome do que está sendo servido para que os convidados possam escolher com consciência. Lembre-se que pode haver pessoas com restrições alimentares que não podem comer qualquer doce.

Não se esqueça de disponibilizar também pegadores para que os convidados possam se servir de forma higiênica, sem precisar colocar a mão dentro dos vidros de doces. Saquinhos de papel ou plástico também ajudam para que as pessoas, ao se servirem, tenham onde colocar os doces, principalmente aqueles que não são embalados individualmente.

O candy bar para casamento é o local para servir guloseimas como balas, jujubas, marshmallows, dentre outros.

Fonte: Love Story Novias.

O candy bar para casamento pode dar um charme ainda mais especial para o seu evento. Por isso, vale a pena investir nesta ideia que ajuda a tornar a festa ainda mais colorida e inesquecível.

Como recusar um convite de casamento?

Se você recebeu um convite de casamento, sinta-se honrado! Afinal, a lista de convidados de casamento é algo que sempre dá o que falar e, no final, somente as pessoas realmente importantes são convidadas. Por esse motivo, ter que avisar que não poderá ir ao evento pode ser bem complicado. Mas como recusar um convite de casamento?

Como recusar um convite de casamento?

Fonte: Elegant Wedding Invites.

Nestes momentos, o melhor a fazer é ser o mais honesto possível com o casal e avisar o quanto antes sobre sua ausência. Muita gente deixa para última hora para avisar que não poderá comparecer ao casamento, o que tende a magoar o casal muito mais do que se eles tivessem sido comunicados com antecedência.

Não há vergonha em precisar faltar. Afinal, muitos casais já contam com, ao menos, 20% de falta dos convidados. Porém, ao avisar cedo sobre a sua ausência, você pode se justificar e o casal tem a oportunidade de convidar outras pessoas que acabaram ficando de fora ou mesmo investir o valor que seria gasto com você em outros itens do casamento ou mesmo na lua de mel.

Não comparecer ao casamento e nem avisar que você não pode ir é a pior atitude que qualquer pessoa pode ter. A presença de cada convidado é importante para os noivos, pois eles desejam comemorar esta data tão especial com pessoas que fazem parte da vida de ambos. Além disso, cada convidado custa dinheiro ao casal e sua ausência pode acabar desperdiçando algum item caro.

Como recusar um convite de casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Por isso, assim que você souber que não pode comparecer a um casamento, entre em contato com o serviço de RSVP para que as devidas providências possam ser tomadas. Além disso, vale a pena ligar para os noivos e justificar sua falta: conte com sinceridade o motivo de não poder ir ao casamento e diga que lamenta não poder dividir este momento com eles.

Nessas horas, mentir é sempre a pior opção, pois, atualmente, não é difícil descobrir onde uma pessoa esteve. Assim, se você tem um compromisso familiar ou no trabalho inadiável ou mesmo uma vigem que não poderá ser remarcada, conte ao casal sobre esta condição para que não ocorram equívocos.

Mesmo que você já tenha confirmado presença no casamento e algo de última hora aconteça, vale a pena tentar entrar em contato com o serviço de RSVP ou mesmo com a assessoria cerimonial para avisar que não poderá ir. Quando sua presença é esperada, o não comparecimento pode gerar muita mágoa, principalmente se você for muito próximo ao casal.

Como recusar um convite de casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É claro que se acontecer algum problema com você ou sua família no dia (ou em cima da hora) do casamento e não houver como avisar que você não irá, não tem problema. Tente contato com o casal ou seus pais no dia seguinte e conte sobre o acontecido. Eles certamente não irão se chatear e mostrarão toda sua solidariedade quanto a sua condição.

Mas é claro que você não precisa se sentir mal em não poder ir ao casamento. Imprevistos acontecem com todo mundo e existem formas de tentar compensar sua ausência. Uma delas é enviando um presente de casamento para os noivos usarem na casa nova. Outra opção é marcando um encontro com eles antes ou depois do casamento.

Dessa forma, você pode expôr o motivo de sua falta e eles podem contar mais sobre a organização do casamento e da festa. Se o encontro for posterior ao evento, peça para ver as fotos e os vídeos tanto do casamento quanto da lua de mel. Mostre-se realmente interessada(o) em tudo o que aconteceu para que essa relação não fique abalada e a amizade possa permanecer por muitos anos.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Já falamos sobre lista de presentes de casamento várias vezes, mas dúvidas em torno deste tema ainda são bem recorrentes, principalmente quanto o que pedir. Afinal: o que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: Huffington Post.

A lista de presentes de casamento serve para que o casal tenha a oportunidade de completar seu novo lar com itens significativos em valor sentimental e não, necessariamente, de valor monetário. É claro que toda lista tem presentes de todos os valores, mas é fundamental sempre se lembrar deste detalhe.

Ainda que não haja uma regra geral quando se trata de criar uma lista de casamento, ter bom senso é fundamental. Colocar nela somente itens de alto valor pode dar a impressão de que o casal é interesseiro e só está convidando as pessoas para ganhar presentes caros. Por outro lado, não ter uma lista pode gerar muita confusão, inclusive fazendo com que os noivos tenham que percorrer várias lojas trocando itens duplicados.

Na verdade, o que é indispensável para um casal pode ser completamente supérfluo para outro, pois cada um tem seu perfil. Porém, há itens que precisamos ter em casa, como um bom jogo de panelas, pratos, talheres, copos, travessas, dentre outras coisas. E se o casal não ganhou esses itens no chá de panela, esta é a hora de pedi-los novamente.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: The Spruce

O principal, ao se organizar uma lista de presentes de casamento, é que o casal tenha em mente seu estilo de vida e baseie suas escolhas nisto.

Também é válido lembrar-se de colocar itens dos mais variados valores, para que cada convidado possa escolher algo compatível com sua realidade, sem precisar sem endividar para isso ou mesmo abrir mão de ir ao evento por não poder dar um presente.

Geralmente, é recomendável que a lista de presentes de casamento seja colocada ao menos em duas lojas, uma física e outra virtual, para que os convidados que desejam comprar um presente fiquem bem à vontade para fazer suas escolhas. Além disso, uma pode ser mais popular e a outra mais cara e exclusiva, o que permite obter um leque bem variado de itens para a casa nova.

Não vale a pena colocar a lista em muitas lojas, principalmente se nela constarem itens muito semelhantes, pois é provável que o casal também acabe recebendo muitos presentes duplicados.
Escolher duas ou três lojas para criar a lista, sendo uma delas virtual, é mais do que suficiente e certamente garantirá aos noivos ótimos presentes para iniciar a vida a dois.

O que não pode faltar na lista de presentes de casamento?

Fonte: Pre Wedding Naija.

Não há problemas em colocar itens grandes e caros na lista de presentes, mas é válido ter em mente que provavelmente eles não serão comprados. Porém, se é disto que o casal precisa, pode valer a pena ter uma lista que permita converter os valores comprados em outros produtos. Assim, o casal pode optar por receber itens maiores, ainda que os convidados não os tenha comprado.

O casal também deve pensar no local em que irá morar para organizar sua lista de presentes de casamento. Se os noivos pretendem morar provisoriamente num lugar menor alugado, por exemplo, colocar na lista um monte de decorações e móveis para este espaço pode não ser a melhor opção, pois, ao se mudar, eles logo vão perceber que necessitam de outros itens.

Confira agora os Itens que não podem faltar na lista de casamento:

  1. Jogo de panelas;
  2. Louças para o dia a dia;
  3. Faqueiro simples para o dia a dia;
  4. Assadeiras;
  5. Tigelas;
  6. Conjunto de taças;
  7. Jogo americano;
  8. Ferro de passar;
  9. Jogo de copos;
  10. Objetos decorativos (porta-retratos, vasos, quadros, etc).

Como saber o melhor dia para se casar

Assim que um casal fica noivo, todos já ficam eufóricos em saber qual será a data do casamento. Mas a verdade é que é bem difícil escolher quando será este dia especial. Então, como saber o melhor dia para se casar?

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Teoricamente, não há um dia “melhor” para se casar, principalmente para quem não acredita em astrologia. O que ocorre é que eleger uma data tende a ser complicado porque é normal que o casal queira optar pelo dia em que o maior número de pessoas estará disponível e presente. Infelizmente, é impossível prever isso.

Contratempos acontecem com todos e mesmo as pessoas mais chegadas ou as que confirmaram presença primeiro podem acabar não indo ao casamento por uma série infindável de motivos. É por isso que, ao escolher esta data tão especial, o casal deve optar por um dia que seja confortável e significativo para eles.

Imagine que legal para os noivos se casarem no dia em que se conheceram? Ou no dia em que começaram a namorar? Ou mesmo no dia em que ficaram noivos? Essas datas com significados podem ser ótimas opções e uma curiosidade a mais para tornar o evento ainda mais interessante (ou mesmo uma história legal para contar no futuro).

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se a data especial cair num dia inviável para o casal, como no meio da semana ou mesmo se o espaço escolhido para o casamento já estiver reservado, por exemplo, também vale escolher a data viável mais próxima.

Porém, se o casal desejar manter uma data especial no meio da semana, isso não é necessariamente um problema. Afinal, atualmente, muita gente opta por realizar eventos durante a semana principalmente por ser mais econômico. Sextas e sábados os dias mais disputados, o que os torna mais caros, enquanto de domingo a quinta ocorrem menos eventos como casamentos.

Quem não tem como gastar muito com o casamento também pode optar por uma data no meio da semana, pois isso tende a resultar numa boa economia para o casal. É comum que casas de festa ofereçam preços mais acessíveis durante a semana, tendo em vista a baixa procura, o que é sempre ótimo para quem quer economizar.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também vale lembrar que existem períodos que são mais concorridos de uma forma geral e, por isso, tendem a ser mais caros e difíceis para se marcar o casamento. Maio, que é tradicionalmente considerado o mês das noivas, tende a apresentar uma enorme procura de espaços, produtos e serviços para casamento, o que o torna um mês oneroso para quem pensa em realizar este evento.

Setembro, que marca fim do inverno e início da primavera no hemisfério sul, também tem se tornado um mês concorrido para casamentos devido ao maior conforto térmico e por apresentar poucas chuvas. Dessa forma, quem pensa em se casar neste mês precisa se organizar com antecedência, pois certamente há muitas pessoas pensando que nele está o melhor dia para se casar.

Datas que coincidem com feriados prolongados também podem ser ótimas para marcar casamentos, principalmente quando os noivos têm muitos parentes que moram longe. O feriado dá a oportunidade de reunir o maior número de pessoas, especialmente quando tudo é organizado com máxima antecedência.

Como saber o melhor dia para se casar

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Para saber o melhor dia para se casar, também vale a pena pensar na época do ano. Quem pensa em fazer um casamento ao ar livre, por exemplo, deve escolher uma data num período fresco e pouco chuvoso, para proporcionar conforto para si e seus convidados. Nada pior do que ficar exposto as intempéries, como sol em excesso ou chuva, e ainda usando roupa de festa.

Não há uma ciência exata para saber qual o melhor dia para se casar. O melhor a fazer é apostar numa data que seja viável para o casal, com a qual eles se sintam confortáveis, seja no meio da semana ou mesmo num feriado.

Dicas para organizar a viagem de lua de mel

Nem todo casal se dá conta da necessidade de pensar na lua de mel ao mesmo tempo em que se organiza o casamento. Afinal, isso dá a eles tempo para escolher o destino com consciência e também se programar financeiramente. Confira então essas dicas para organizar a viagem de lua de mel separadas pela equipe da Casuarinas Casa de Festas.

Organização de viagem de lua de mel

Fonte: Freepik.

10 dicas para organizar a viagem de lua de mel:

1. Planeje com antecedência: mesmo que o casal não comece a pensar na lua de mel tão cedo quanto o casamento, é importante tentar se organizar para fazer isso ao menos alguns meses antes da data do evento. Isso ajuda não só no pagamento da viagem, como também a escolher o destino.

2. Planeje em conjunto: Essa é uma das principais dicas para organizar a viagem de lua de mel. nenhum dos noivos deve tomar todas as decisões sobre a lua de mel (ou qualquer aspecto do casamento) sozinho. Mesmo que o casal discorde sobre onde ir ou o que fazer, o legal é conversar bastante para decidir junto o destino da viagem. É importante lembrar que esse período é um momento para curtir a dois, devendo agradar a ambos.

3. Tenha um orçamento: essa pode ser a parte mais chata, mas é fundamental separar um orçamento para a lua de mel. Ter valores em mente ajuda a realizar uma seleção mais acertada do destino. Quem não pode arcar com grandes custos pode viajar para um local mais próximo de sua cidade ou buscar por ofertas em sites de viagem, por exemplo.

Viagem para casados

Fonte: Freepik.

4. Fuja dos destinos mais tradicionais: para ter uma viagem de lua de mel mais tranquila (e econômica) vale a pena buscar por destinos diferentes. Principalmente quem não gosta de enfrentar filas, multidões e até pagar mais caro por produtos e serviços deve investir em destinos pouco usuais. Dê preferência a locais com atividades que ambos gostem de fazer.

5. O romance quem faz são vocês: muitos casais pagam valores absurdos por pacotes de lua de mel, mas não obtêm grandes vantagens por causa disso. Por isso, quando estiver fazendo a pesquisa de locais e preços, o casal deve comparar os diferentes pacotes, observar se vale mesmo a pena pagar a mais pelo de lua de mel.

6. Cuidado com os excessos: quando estiver arrumando suas malas, o casal deve sempre ter em mente o local para o qual está indo. Nem sempre é necessário levar casacos pesados e botas para um ambiente de praia no verão, mas eles certamente farão falta num destino de montanha no inverno. O excesso de bagagem é algo incômodo e desnecessário, especialmente ao organizar a viagem de lua de mel, sem falar que as companhias aéreas estão faturando mais alto com isso.

Lua de mel

Fonte: Freepik.

7. Mas seja precavido: mas é claro que não levar nenhum casaco também pode ser um problema. É válido sim levar tudo o que é essencial para ter conforto e ter uma pequena reserva de dinheiro caso seja necessário comprar alguns itens de uso pessoal durante a viagem. Contratempos acontecem e é importante se preparar para eles de alguma forma.

8. Faça um seguro de viagem: Essa dica é para evitar que a viagem de lua de mel seja no hospital e sem seguro. É válido fazer um seguro viagem, principalmente no caso de destinos internacionais. Esse tipo de seguro dá várias garantias, inclusive de atendimento médico, e tende a gerar mais segurança e conforto durante a viagem.

9. Lembre-se de descansar: quando viajamos, inclusive em lua de mel, temos vontade de conhecer todos os lugares e vivenciar a cultura local das mais diferentes formas. Mas o casal deve se lembrar de que este é um momento para que eles possam se conectar e descansar de todo o planejamento do casamento, para começarem bem a vida a dois.

Dicas para organizar a viagem de lua de mel

Fonte: Freepik.

10. Prepare-se para a convivência: Essa é uma das principais dicas para organizar a viagem de lua de mel e se sair bem dela. Nem todo casal tem experiência em dividir o espaço com o parceiro. Muitos saem direto da casa dos pais para a nova casa, sem muito tempo para se adaptar a situação. Porém, a lua de mel pode ajudar muito nisso, dando ao casal tempo para se conhecer e se adaptar para esta convivência.

Como evitar o estresse no dia do casamento

A organização de uma festa de casamento demora meses e é natural chegar estressada a este dia. Afinal, queremos que tudo dê certo e saia exatamente como o planejado. Mas, como evitar o estresse no dia do casamento? Veja as dicas da equipe da Casuarinas Casa de Festas:

Como evitar o estresse no dia do casamento

Fonte: Bridal Guide.

Como evitar o estresse no dia do casamento?

Planeje uma boa noite de sono na véspera: pode parecer impossível dormir na véspera do casamento, mas ter uma boa noite de sono é superimportante, pois ajuda a relaxar e colocar as ideias em ordem. Faça algo calmo e prazeroso antes de dormir, como ver um filme, ler um livro ou mesmo meditar ou fazer exercícios.

Se sua casa estiver cheia, a probabilidade de você se estressar e ficar ainda mais ansiosa é ainda maior. Por isso, pode valer a pena reservar um quarto de hotel ou mesmo pedir para passar a noite sozinha, sem precisar dividir seu espaço. Não ter pessoas falando sobre o casamento o tempo todo ajuda a controlar a ansiedade e ter boas horas de sono.

Evite situações de estresse: você já vai estar uma pilha de nervos, então não precisa de situações que possam te estressar ainda mais. Passe todos os contatos dos fornecedores para sua equipe de assessoria cerimonial e peça para alguém de confiança monitorar tudo para você. Também avise aos fornecedores que todos os contatos devem ser feitos com a assessoria.

Organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Reserve o dia do seu casamento para relaxar, curtir um pouco sua família e amigos próximos e se arrumar para o casamento. Também evite reunir muitas pessoas para se arrumarem juntas ao mesmo tempo, pois isso pode causar atrasos, gerando ainda mais estresse e ansiedade, algo do qual você está tentando fugir.

Estipule uma rotina: tenha sim horas determinadas para cada atividade que você planeja fazer no dia do seu casamento. Tenha horários para acordar, comer, fazer tratamentos de beleza e sair do local que estiver para o casamento. Estipular essa rotina permite se organizar, ajuda quem estiver junto a se programar e evita atrasos.

Vale lembrar que se foi o tempo que a noiva chegar atrasada era considerado engraçado e até elegante. Atualmente, é considerada uma grande falta de educação se atrasar mais do que 15 minutos para o próprio casamento. Por isso, programe seu dia e vá se casar com algum tempinho de antecedência, pois não podemos confiar nem no tempo nem no trânsito.

Dicas para relaxar antes do casamento

Fonte: The Wedding Cards Online.

Cuidado com medicamentos: se você estiver muito estressada, provavelmente alguém irá te oferecer algum medicamento ansiolítico em algum momento. Porém, se você não tiver o costume de tomar calmantes, saiba que isso pode te atrapalhar mais que ajudar. Se você achar que precisa de algum medicamento, consulte seu médico com antecedência para saber qual ele indica.

Remédios para controlar o estresse e a ansiedade costumam causar vários efeitos colaterais, como dores de cabeça, desconforto gástrico, moleza no corpo e inclusive levar a pessoa a dormir, algo que você provavelmente não terá tempo de fazer no dia do casamento (é também por isso que você precisa ter uma boa noite de sono na véspera). Não tome nenhum remédio que você não conheça.

Faça listas: alguns dias antes do casamento, comece a fazer listas para que ninguém esqueça o que precisa levar ou providenciar no dia. Faça listas para você mesma, suas madrinhas, seu futuro marido e até para a assessoria cerimonial, pois isso pode ajudar a diminuir o estresse e os níveis de ansiedade, te deixando mais segura.

Estresse no casamento

Fonte: Dex Knows.

Na véspera do casamento, cheque sua própria lista. Separe tudo que irá precisar, tanto quando estiver se arrumando quanto durante a festa. Ter uma lista ajuda a não deixar nada para trás e, mesmo que você não use todos os itens que levar, é melhor se prevenir e ter tudo a mão do que precisar providenciar de última hora.

Separe alguns minutos para si mesma: em algum momento do dia, separe um tempinho para si mesma. Você pode meditar, fazer uma oração, repassar tudo o que precisa fazer ou simplesmente respirar fundo algumas vezes para se manter sob controle. O dia do casamento é realmente estressante e, às vezes, precisamos desses minutos para se concentrar.

Busque também o apoio de quem estiver a sua volta, como as madrinhas ou parentes próximos, pois alguns minutos de conversa com essas pessoas podem fazer uma diferença incrível se você estiver estressada. E não ligue para palpites que não acrescentam em nada, pois, no final das contas, é o seu casamento e a pessoa que tem que estar mais feliz é você mesma!

O que avaliar ao escolher o local da festa de casamento

A festa do casamento é um dos momentos mais lembrados do evento (e também aonde vai a maior parte do orçamento). Por isso, é importante saber escolher bem o local onde ela será realizada, para evitar arrependimentos e contratempos no futuro. Mas você sabe o que avaliar ao escolher o local da festa de casamento?

Casa de festas

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A festa de casamento é um momento de confraternização e alegria e o espaço escolhido para ela pode influenciar bastante em sua realização. Não basta escolher o local da festa apenas porque ele parece bonito nas fotos. É importante que ele também seja acessível, prático e combine com o tipo de evento que o casal quer realizar.

Além disso, é importante que o aluguel do local caiba no orçamento do casal. Verificar que tipo de infraestrutura será disponibilizada ajuda a calcular o custo benefício do espaço da festa. Há locais, por exemplo, que alugam o espaço com mesas e cadeiras para os convidados, enquanto em outros você terá que alugar este mobiliário.

Verifique também se o alvará de funcionamento do estabelecimento está em dia, se os banheiros estão em ordem e são suficientes para a quantidade de convidados pretendida e como é o esquema de segurança da casa. Se os carros dos convidados forem ficar estacionados na rua, ter algum tipo de segurança para eles tende a ser um diferencial importante.

O que avaliar ao escolher o local da festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se você possui convidados com limitações motoras, não se esqueça de verificar a acessibilidade do local. Salões de festa nem sempre possuem rampas de acesso ou elevadores, assim como banheiros adaptados, mas se esta for uma necessidade real, então procure um salão de festa que já possui isso em sua estrutura.

Também avalie se o espaço disponível receberá bem a quantidade de convidados que você pretende chamar. É importante que, ao espalhar mesas e cadeiras pelo salão, ainda haja espaço para convidados e garçons se locomoverem com conforto e facilidade. E não esqueça de verificar se o local é climatizado, principalmente se o evento for durante o verão.

Também observe a estrutura da cozinha, se ela é mantida sempre limpa e higienizada e se há geladeiras, freezers e fogão disponível para a equipe de buffet. A maioria dos salões que recebem casamentos tem uma estrutura bastante completa, mas há casos em que pode ser preciso providenciar gelo ou mesmo uma fritadeira elétrica.

Dicas para escolher o local do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Se você pretende fazer uma festa de casamento ao ar livre, não se esqueça de verificar junto ao espaço se, no caso de chuva, eles disponibilizam alguma alternativa, como a montagem de tendas ou mesmo a transferência da festa para um local coberto. Ter um gerador de energia disponível em caso de queda de luz também costuma ser um diferencial muito bom.

Quem não vai realizar cerimônia e festa no mesmo local também deve avaliar o deslocamento que os convidados terão que fazer. Escolher um salão muito longe do local da cerimônia pode fazer com que muitas pessoas desistam de ir à festa, principalmente se for preciso pegar a estrada e dirigir por muito tempo.

E também vale lembrar que o local da festa de casamento deve ser acessível para todos os seus fornecedores. Ou seja: desde cedo é preciso ter alguém lá para deixá-los entrar e executar seus trabalhos. Por isso, não se esqueça de verificar a partir de que horas o salão pode começar a ser montado, pois não é legal deixar para começar muito perto da hora da recepção.

Local do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Escolher o local da festa de casamento nem sempre é uma tarefa fácil e exige muita atenção até aos mínimos detalhes. Por isso, é sempre bom lembrar que ter uma assessoria cerimonial pode fazer toda a diferença nessas horas, assim como poder contar com uma estrutura completa, como é o caso da Casuarinas Casa de Festas.

Pode enviar convite de casamento digital

A internet e os aplicativos de troca de mensagem já mostraram que vieram para ficar e isso tem mudado um pouco o comportamento de casais que estão organizando seus casamentos. Eles não só têm usado a rede de computadores para buscar informações e contatar fornecedores, como também para enviar convites para eventos. Mas será que pode enviar convite de casamento digital?

Organização de casamento

Fonte: Blog Inviter.

É claro que não é proibido enviar um convite de casamento digital, mas também é importante lembrar que este tipo de evento pede algo mais formal desde sua preparação até sua execução, e os convites impressos fazem parte desta formalidade esperada por todos.

O casamento é um evento diferente e, por mais que o casal esteja organizando algo pequeno e informal, ele ainda possui sim um clima de formalidade. Por isso, o convite de casamento impresso ainda é sim muito popular, além de ajudar os convidados a se organizarem. Principalmente as pessoas de mais idade esperam receber um convite impresso.

Antigamente, quanto maior o convite, maior a festa. E, apesar desta tradição ter se perdido, ter um convite de casamento de tamanho correto, proporcional, feito num papel de boa qualidade, bem diagramado e com informações bem completas é um diferencial para seu evento, mesmo que ele seja algo simples e intimista.

Convite de casamento online

Fonte: MakeUseOf.

Muitos casais já chegam nas assessoras cerimoniais dizendo que não querem enviar convites impressos, pois eles custam caro e a maioria das pessoas acaba jogando-os fora, o que é parcialmente verdade. Entretanto, há pessoas que guardam convites de casamentos por muitos anos, como se eles fossem uma lembrança importante desta data.

Se o casal realmente desejar enviar convites de casamento digitais, precisa saber que é praticamente impossível abrir mão completamente dos convites impressos. Afinal, há aqueles parentes que não gostam muito de computadores ou mesmo que não usam aplicativos de troca de mensagens ou e-mails e precisarão receber o convite impresso em mãos.

Já convidados mais jovens e que tem familiaridade com a tecnologia ficarão felizes em receber um convite de casamento digital. Mas, vale lembrar que toda tecnologia é falha e que alguém pode ficar sem receber seu convite digital. Por isso, é bom ter um serviço de RSVP ativo e que confirme não só a participação dos convidados no evento, como também o recebimento do convite.

Pode enviar convite de casamento digital

Fonte: Polka Dot Bride.

No caso de convidados morarem longe, especialmente no exterior, enviar um convite de casamento digital pode ser bem importante, pois a verdade é que nem sempre podemos contar com o serviço dos Correios. Vale lembrar-se de avisar ao convidado os motivos de você estar enviando um convite virtual e que ele tem a mesma validade de um impresso.

Para quem está buscando formas de economizar no casamento, enviar convites digitais para uma parte dos convidados pode contribuir com esta economia. Reserve os convites impressos para a família próxima e padrinhos, pois essas pessoas vão valorizar e guardar o material por muito mais tempo do que qualquer outro convidado.

O ideal é que o convite virtual seja igual a impresso, contendo as mesmas informações detalhadas e permitindo que o convidado se organize com antecedência. Além disso, também vale lembrar que o convite de casamento é a primeira apresentação do evento aos seus convidados e, por isso, é fundamental que todos sigam uma mesma identidade visual.

Dicas para enviar o convite de casamento

Fonte: Sveta Creative.

Apesar do convite impresso ainda ser uma preferência popular tanto entre noivos quanto organizadores de eventos, pode sim enviar convite de casamento digital. Mas é importante lembrar que a seriedade deste tipo de evento geralmente exige algo mais formal e que nem sempre podemos contar com a tecnologia.

Dicas de temas para chá de panela

As festas temáticas são muito populares, inclusive quando se trata de comemorações para adultos, como é o caso do chá de panela. E se você pretende realizar um evento temático, confiras algumas dicas de temas para chá de panela organizadas pela equipe da casa de festas Casuarinas.

Dicas de temas para chá de panela

Fonte: Pinterest.

Dicas de temas para chá de panela:

1. Paris: a cidade luz é um destino muito romântico e visitá-la é o sonho de vários casais para a lua de mel. Porém, se essa não é uma realidade para você, Paris pode ser o tema do seu chá de panela. A decoração sempre fica linda e a criação de um cardápio inspirado na confeitaria francesa pode tornar o evento ainda mais delicioso.

2. Chá da tarde: apesar do nome, foi-se a época em que as pessoas realmente serviam chá num chá de panela, principalmente devido ao clima no Brasil não contribuir muito com a prática. Porém, decorar o evento com esse tipo de referência pode deixá-lo bastante charmoso e ainda dar um toque personalizado.

3. Flores: nada alegra mais um ambiente do que a natureza e utilizar flores na decoração do chá de panela vai ajudar a deixá-lo também mais colorido. O legal das flores é que elas ainda podem ser distribuídas como lembrança da festa, fazendo com que os convidados se lembrem da data por ainda mais tempo.

Dica de tema

Fonte: Krown Kreations & Celebrations.

4. Corações: eles são o símbolo do amor e, por isso, funcionam muito bem como tema de chá de panela. Para que o visual do evento fique mais alegre, use corações de várias cores (não apenas vermelhos e rosas) ou misture-os com outros elementos, como flores, louças, balões, etc. Isso pode, inclusive, ajudar na personalização da decoração do chá de panela.

5. Cozinha: é o mais comum e, mesmo assim, segue conquistando o coração das noivas. Criar uma decoração de chá de panela com temática de cozinha é fácil e econômico, pois é possível aproveitar objetos que temos em casa e estejam bem conservados, como panelas, talheres e acessórios em geral, ou mesmo pedir brinquedos infantis emprestados para compor o visual do evento.

6. Chá da Alice: a história de Alice no País das Maravilhas é das mais populares e tem inspirado milhares de festas ao longo dos anos, inclusive chás de panela. O legal é deixar a imaginação rolar e escolher vários objetos decorativos coloridos e inusitados. Se possível, ter docinhos e bolo temáticos também pode contribuir muito com a decoração do evento.

Temas para chá de panela

Fonte: Elizabeth Friske Photography.

7. Flamingo e abacaxi: essa tendência colorida tem se popularizado muito como tema para chá de panela por dar um clima mais tropical ao evento. Os elementos decorativos utilizados nesta temática tornam o ambiente mais alegre, proporcionando um espaço ainda mais receptivo para um chá de panela. E se o cardápio tiver elementos mais frescos e tropicais, tudo fica ainda mais perfeito.

8. Pombinhos: muitas vezes, ouvimos casais apaixonados serem chamados de “pombinhos”. E esta pode ser uma ótima ideia para uma decoração de chá de panela, principalmente se o evento for ao ar livre. Essa temática também combina muito bem com corações e flores, que ajudam a colorir ainda mais a festa.

9. Boteco: com a popularização do chá bar, nada melhor do que investir em uma decoração que lembre este tipo de ambiente. Criar uma decoração de boteco para chá de panela não é difícil e também não sai caro, principalmente se você puder contar com a ajuda dos amigos para juntar algumas garrafas de cerveja ou emprestar caixas e mesas de marcas de bebidas.

Organização de chá de panela

Fonte: Michelle’s Party Planit.

10. Mulher Maravilha: outro tema de festa que está muito em alta entre as mulheres é a Mulher Maravilha. O interessante dele é que é possível adaptá-lo para os mais diversos tipos de evento, inclusive chás de panela, usando não só a personagem em si, como também as cores de seu uniforme e seus mais variados acessórios.

Ainda se faz despedida de solteiro

Sim! A despedida de solteiro é uma comemoração tradicional e parece que nunca sairá de moda, ainda que muitos casais não conversem sobre isso (até porque, quem geralmente as organiza são os padrinhos). Se você se perguntava se ainda se faz despedida de solteiro, saiba que este pode ser um momento bem marcante para qualquer noivo ou noiva.

Ainda se faz despedida de solteiro

Fonte: Cruise Critic.

Afinal, ela consiste em nada mais do que uma reunião de amigos que estão comemorando um enlace matrimonial com muita diversão. Essas comemorações acontecem a tanto tempo que muita gente considera esse encontro, inclusive, um rito de passagem, e que nenhuma festa de casamento está completa sem uma bela despedida de solteiro.

Não há um consenso sobre o surgimento das despedidas de solteiro, apenas se sabe que elas apareceram na Antiguidade. Alguns historiadores atribuem suas origens as festas gregas chamadas de bacanais (em homenagem ao deus Baco, do vinho), enquanto outros veem mais semelhanças com os ritos de fertilidade da Mesopotâmia.

Há outra corrente histórica que atribui o surgimento das despedidas de solteiro a costumes espartanos, em que o homem dizia adeus a sua vida de solteiro ao mesmo tempo em que jurava fidelidade a seus amigos (em tempos de guerra, ter aliados era sempre vital). É claro que tudo evoluiu muito com o tempo e, hoje em dia, essa é uma festa muito esperada por todos os envolvidos.

Festa com amigos

Fonte: Money Crashers.

No passado, a despedida de solteiro reunia o noivo e seus amigos para uma noite de diversão, em que geralmente eles saiam, assistiam a shows, bebiam, jogavam e podiam participar de várias outras atividades programadas. O que acontecia na despedida de solteiro não deveria interferir no casamento nem tão pouco ser comentado (o que acabava incomodando muitas noivas).

Porém, a mulher também conquistou seu espaço e, atualmente, é comum ver uma noiva e suas amigas comemorando uma despedida de solteira. Também há casos em que o casal prefere reunir todos os amigos e fazer uma festa mista, algo muito pouco tradicional, mas que tem se popularizado, especialmente entre os mais jovens.

Outro tipo de despedida de solteiro que tem se tornado popular são as viagens curtas, para passar um final de semana fora com os amigos, relaxando e curtindo um destino diferente. Essas viagens curtas são bem interessantes, pois permitem visitar lugares mais afastados, que o noivo ou a noiva ainda não conheçam, e desfrutar de uma infraestrutura diferenciada.

Dicas para despedida de solteiro

Fonte: CNBC.

Há também empresas e casas de festas que se especializaram em organizar despedidas de solteiro, o que pode ser bem legal se houver algum orçamento para investir nisso e um número considerável de convidados. Porém, o que mais se vê ainda é a noite de diversão organizada pelos padrinhos, que geralmente começa num bar e não tem hora para acabar (e, muitas vezes, nem um destino final).

O ideal é que o casal converse um pouco sobre o assunto para saber se está tudo bem em organizar a comemoração para que ninguém fique chateado ou se sinta enganado. Além disso, não é uma boa ideia deixar a despedida de solteiro para a véspera do casamento. Apesar de vermos muito isso em filmes, é provável que o noivo chegue muito cansado ao grande dia e curta-o muito pouco.

A despedida de solteiro também é uma destas etapas pré-casamento que não deve ser ignorada. O enlace matrimonial de um casal deve ser comemorado de todas as formas e esta é apenas uma delas. Por isso, não tenha medo de organizar e participar deste tipo de evento, pois não só ele é tradicional como também importante para muita gente.