Posts

DJ ou banda no casamento?

Todos os noivos querem uma festa de casamento perfeita. Por isso, na hora de escolher sobre a música da festa, todos tem aquela dúvida: contratar DJ ou banda no casamento para animar a festa?

A escolha do repertório que será tocado depende do gosto dos noivos, assim como cabe também a eles escolher se preferem um DJ tocando as músicas ou uma banda com música ao vivo. Ambas as escolhas tem o seu charme, mas tudo depende também do local onde a festa está sendo organizada. Alguns locais não têm estrutura para dar suporte a uma banda, enquanto outros podem receber até uma bateria de escola de samba!

DJ ou banda no casamento para animar a festa?

 

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

O DJ

Em linhas gerais, a escolha de um DJ para fazer a sonorização da festa costuma sair mais barato, e alguns salões já trabalham com o preço deste serviço incluso no pacote que os noivos contratam. É claro que os preços podem variar, de acordo com o profissional contratado, seu deslocamento e os equipamentos encomendados. A banda também pode sair mais cara por exigir um número maior de profissionais trabalhando e dando suporte.

O valor também será ditado pela quantidade de horas que o profissional terá que trabalhar. As recepções de casamento geralmente duram entre duas e seis horas, tempo no qual todos devem estar a postos exercendo suas funções. Dificilmente uma banda conseguirá tocar por todo este tempo, e acabará utilizando músicas gravadas nos intervalos.

Contratar DJ ou banda no casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

A banda

Mas contratar uma banda também tem suas vantagens, pois não existe nada mais contagiante do que música ao vivo. As bandas costumam ter apresentações espetaculares e personalizadas, com vestimentas próprias ao estilo das músicas escolhidas. Muitas gostam até de decorar o palco e personalizar o espaço! Mas é claro que, quanto mais detalhes, mais caro e mais bonita será a apresentação.

A banda oferece uma alegria muito própria, que atrai e contagia a todos. E, além disso, oferece uma interação muito maior com a plateia do que um DJ que tem que se concentrar o tempo todo nas músicas e no funcionamento dos equipamentos. Além disso, os intervalos da banda dão um pouco de tempo para o público da festa descansar e conversar.

Saiba se contratar DJ ou banda no casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Para ambas as escolhas, exija sempre conhecer o profissional que irá te atender e apresentar suas ideias e sua play list. É importantíssimo criar uma lista das músicas que você quer ouvir e das que não quer ouvir. Deixe bem claro qual o seu gosto musical, mas também leve em conta que você deve criar um ambiente agradável na festa e tocar algumas músicas que não sejam as suas favoritas.

Mas é claro que, se for possível estender seu orçamento, você pode contratar os dois tipos de sonorização. A banda pode abrir a festa e o DJ dar continuidade. Ou eles podem se revezar: enquanto a banda descansa, o DJ toca e a festa nunca desanima!

Opção de Casamento: Mini Wedding

O casamento mini wedding vem se tornando uma das principais opções para quem quer casar e festejar, mas não deseja uma superprodução cheia de convidados. Muitas pessoas não se sentem confortáveis em festas enormes e cheias de gente; outras simplesmente não podem pagar por algo extravagante. Mas você sabe o que é um casamento mini wedding?

Casamento Mini Wedding

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

O mini wedding é um casamento intimista e aconchegante em que o casal celebra sua união com seus amigos e parentes mais próximos. É uma das formas encontradas por casais que desejam compartilhar o momento especial de forma completa, dando atenção maior a todos que comparecem a festa. Os noivos conseguem aproveitar a companhia de cada convidado, vivenciar aquele momento com pessoas que realmente foram importantes para a vida do casal e merecem estar ali. O melhor de tudo é que esse tipo de cerimônia costuma envolver gastos bem menores em relação aos grandes casamentos tradicionais.

Para realizar um mini wedding, o ideal é “enxugar” a lista de convidados, coisa que pode ser bem complicada. Entretanto, conversar com as pessoas é essencial: se não será possível convidar todos os amigos dos seus pais nem todos os seus amigos e conhecidos, explique para eles os motivos que te levaram a escolher esse tipo de celebração e seus objetivos ao realizá-la. Se você está convidando para o seu casamento as pessoas mais íntimas da sua vida, não há motivos para aquele seu primo de 3º grau ficar ofendido se não for convidado.

Mini Wedding

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Um fator que torna o casamento mini wedding tão popular é a possibilidade de personalizar os detalhes da festa e da cerimônia. Com poucos convidados, é muito mais fácil acomodá-los, escolher um buffet e até servir um almoço ou jantar. Caprichar nas lembrancinhas também é outra possibilidade: um presentinho criativo vai fazer seus convidados se sentirem muito importantes e especiais.

Também é mais fácil inserir um pouco da personalidade do casal na decoração. Assim como se decora uma festa de casamento com muitas flores, também é possível utilizar fotos dos noivos em momentos especiais com as pessoas presentes. Ou quem saber escolher como sobremesa aquele doce tradicional que você e toda a sua família ama?

Pessoas mais próximas no Casamento Mini Wedding

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

No casamento mini wedding o casal consegue ficar muito mais próximo um do outro, assim como de seus convidados, o que deixa o clima da festa muito mais aconchegante. As pessoas conseguem conversar mais e realmente desfrutar da companhia dos presentes. Os noivos não precisam perder metade da festa cumprimentando os convidados, pois muitas vezes é possível reunir todos em uma grande e linda mesa.

Casamento Mini Wedding, uma festa mais intimista

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

E não se esqueça de providenciar lencinhos: um casamento mini wedding costuma ter celebrações muito mais emocionantes, não só por serem extremamente personalizadas, mas também por se saber que os convidados são as pessoas mais importantes da vida do casal.

Casamento ao ar livre

O casamento ao ar livre vem se tornando moda no Brasil. Seja num jardim, numa chácara ou numa praia, esse tipo de casamento sempre é lindo, e participar de um é uma experiência única, principalmente se você for um dos noivos. Entretanto, para que este dia tão especial dê certo, é necessário muito planejamento e atenção aos detalhes.

Para começar a organizar sua festa, comece pensando qual seu estilo preferido. Você quer um casamento rústico ou clássico? Tradicional ou moderninho? Seu sonho é estar em contato com a natureza ou ter a praia como plano de fundo? Se o casamento é de dia, você vai servir almoço? E se for a noite, você prefere que sejam servidos petiscos e salgadinhos? Você vai fazer a cerimônia ao ar livre e a festa num espaço coberto? São muitas coisas a se pensar e você deve ter bastante certeza das suas respostas, para que tudo saia conforme seus planos.

Fotografia de um Casamento ao ar livre

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Detalhes que fazem toda a diferença no seu casamento ao ar livre

  • Lista de convidados – Faça sua lista de convidados antes de contatar um buffet, pois estes costumam ser cobrados por pessoa. Não se esqueça de sempre ter algo que agrade as crianças e uma opção vegetariana. Dessa forma você vai agradar a todos e ninguém vai se sentir esquecido na hora que a comida for servida.
  • Buffet – Você também deve verificar com o buffet que tipo de bebidas estão inclusas no serviço, qual o material que eles irão fornecer (taças, copos, talheres, pratos, guardanapos, etc) e o número de garçons que estarão a disposição dos seus convidados.
  • Local e mobiliário – Outro passo é escolher o local mais adequado ao seu tipo de casamento ao ar livre e a equipe de profissionais que irá te dar suporte. Cheque com a empresa que você contratou ou a casa de festas os mobiliários que serão oferecidos, confira se o estilo dos móveis combina com a decoração escolhida e quais serviços estão inclusos no preço que você está pagando. Lembre-se de procurar sempre referências e indicações, para que você não tenha uma surpresa desagradável no seu dia especial.

Casamento ao ar livre precisa de móveis aconchegantes

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

  • Horário do evento – É importante ressaltar que é super desconfortável ficar torrando no sol, então preste bastante atenção no horário marcado. Marcando a cerimônia até às 11h e após às 14h, você evita pegar o sol a pino. Além disso, contratar uma empresa de toldos pode fazer toda a diferença entre um casamento inesquecível e um grande desastre. Você também pode fornecer aos seus convidados algumas sombrinhas e leques e dispensar as mulheres do uso do sapato de salto. Se for inverno, que tal distribuir pashminas para aconchegar os convidados!
  • Fotografia – O casamento ao ar livre, quando realizado no final da tarde, em que  o sol não é tão forte, é a alegria dos fotógrafos! Eles conseguem registrar imagens de um dia ainda claro e a iluminação paisagística aconchegante a noite.
  • Plano B – E não se esqueça: tenha sempre um plano na manga, pois podemos controlar tudo, menos a natureza. Portanto, escolha um local em que também haja a opção de ficar num espaço coberto. Afinal, todos vão ao casamento para prestigiar os noivos, mas ninguém vai querer ficar na chuva!

Casamento ao ar livre precisa ter toldos  por segurança

Fonte: Casuarinas Casa de Festas

Que tal se casar ao ar livre?