Posts

Dicas para escolher as flores do casamento de acordo com as estações do ano

Ao escolher uma decoração de casamento, é normal investir muito em flores, tanto para a cerimônia, quanto para a festa. As flores dão muito charme aos espaços, deixando-os mais vivos, coloridos e vibrantes. Mas é importante saber escolher bem as flores do casamento. Por isso, confira algumas dicas para escolher as flores do casamento de acordo com as estações do ano.

Decoração de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É válido lembrar que, atualmente, é possível contar com praticamente qualquer tipo de flor ou planta em qualquer época do ano devido a toda tecnologia que existe e é investida nesta área. Porém, mesmo com isso tudo, flores importadas ou que estejam fora de época tendem a ser bem mais caras do que aquelas que já estão na natureza.

Veja, então, nossas dicas para escolher as flores do casamento de acordo com as estações do ano:

Primavera: de 23 de setembro e termina a 20 de dezembro

A primavera é tradicionalmente considerada a época das flores. Porém, essa não a realidade do nosso país. Como o Brasil é muito quente, mesmo na época da primavera não podemos contar com todo tipo de flores, apesar da variedade ser maior e elas durarem mais tempo quando utilizadas na confecção de arranjos e buquês.

Estações do ano para cada flor

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Durante a primavera, as flores que crescem mais são: amor perfeito, camélia, agapanto, begônia, boca de leão, gardênia, margaridinha, copo de leite, girassol, tulipa, açucena, campainha, miosótis, sempre viva, lírio branco, hortênsia, lobélia, crisântemo, gérbera e orquídeas do tipo phalaenopsis e demphale.

Verão: de 21 de dezembro a 20 de março

O verão é a época mais quente do ano. Por isso, se sua festa de casamento for acontecer nesta estação, é preciso ter atenção redobrada com as flores, para que elas cheguem ao evento viçosas e com boa aparência. Flores típicas do verão conseguem, naturalmente, se manter vivas por mais tempo, mas pode ser uma boa ideia montar a decoração mais próxima à data do evento.

Durante o verão, as flores que crescem mais são: amor perfeito, azaleia, boca de leão, gardênia, lírio, rosas, margaridinha, miosótis, papoula, sempre-viva, verbena, orquídeas do tipo phalaenopsis, demphale e cherry, crisântemo, gérbera, girassol, margarida, cravina, lobélia, magnólia, cravos, astromélias, orquídeas brancas e callas verdes.

Flores no casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Outono: 21 de março a 20 de junho

No outono, as temperaturas começam a ficar mais amenas, o que tende a ajudar na conservação dos arranjos de flores. Mas também vale lembrar que esta é uma época em que muitas plantas começam a murchar e se renovar, algo que sempre precisamos estar atentos ao escolher as flores do casamento nesta estação, pois há espécies que ficam indisponíveis.

Durante o outono, as flores que crescem mais são: rosas, margarida, papoula, camélia, amor perfeito, azaleia, crisântemo, margarida, hortênsia, cravina, cravo, angélica, begônia, jasmim do cabo, flor de ervilha, animajo, gysophila, tulipa e orquídeas do tipo cymbidium e catleya.

Inverno: 21 de junho a 22 de setembro

O inverno é sinônimo de temperaturas mais baixas, o que o torna uma estação termicamente confortável. Mas, para as flores, isso pode ser um problema. Muitas não resistem a temperaturas baixas, ficando com a aparência de queimadas. Felizmente, há várias espécies que se conservam bem e podem ser usadas para tornar o casamento ainda mais bonito.

Organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Durante o inverno, as flores que crescem mais são: flor de cerejeira, azaleia, camélia, margarida, amor perfeito, crisântemo, petúnia, tulipa, begônia, verbena, copo de leite, gypsophila, prímula, girassol, flor de ervilha, orquídeas do tipo chuva-de-ouro e cymbidium, hortênsia e sempre-viva.

Se o casal precisar de uma ajuda na organização e escolha das flores, vale a consulta a uma casa de festa especializada em casamentos. A experiência da casa nesses eventos pode ser fundamental para ajudar ao seu evento ser um sucesso.

Como manter a forma durante o planejamento do casamento

A organização de um casamento pode gerar muito estresse e ansiedade, o que faz com que muitas noivas e noivos acabem comendo mais e ganhando uns quilinhos durante o processo. Porém, isso é algo que nunca queremos! Por isso, veja algumas dicas de como manter a forma durante o planejamento do casamento:

Malhar durante a organização do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Dicas de como manter a forma durante o planejamento do casamento:

Tente manter o equilíbrio: mesmo que a situação de estar organizando um evento seja realmente de pressão e estresse, o ideal é tentar manter o equilíbrio. Tente levar sua rotina da forma mais natural possível, reservando inclusive um tempo para relaxar sem falar no casamento. Pode parecer um pouco difícil, mas certamente você vai se acostumar.

Mantenha uma dieta equilibrada: quando a rotina é corrida, acabamos comendo qualquer coisa que esteja ao nosso alcance e que seja rápido. Porém, essa nem sempre é a melhor opção, tendo em vista que isso geralmente implica no consumo de alimentos industrializados, que além de muito gordurosos, também tendem a ter muito sódio, combinação que leva ao aumento de peso.

Se possível, faça um acompanhamento com nutricionista para que sua dieta seja mais adequada a sua rotina. Esse profissional também pode indicar alimentos diferenciados e rápidos de preparar para tornar sua dieta mais nutritiva e funcional, assim como suplementos vitamínicos caso você esteja com alguma deficiência de nutrientes.

Como manter a forma durante o planejamento do casamento

Fonte: Woman.at.

Faça exercícios físicos: aliados a uma dieta rica em nutrientes e balanceada, os exercícios físicos ajudam a manter o corpo em forma e também podem contribuir para a perda de peso. Qual noiva não deseja chegar ao dia do casamento mais magra? Não se esqueça de procurar profissionais qualificados para acompanharem sua rotina de exercícios.

Às vezes, uma caminhada antes de deitar já contribui na eliminação das gordurinhas indesejadas e ainda pode te ajudar a ter uma noite de sono mais tranquila. Os exercícios físicos contribuem com a liberação de uma série de substâncias no organismo que nos ajudam a relaxar, regular o sono e ter dias mais proveitosos.

Tente algum exercício de relaxamento: pessoas muito ansiosas podem acabar realmente doentes nesse processo de organização de casamento. Dores de cabeça, de estômago, cansaço extremo e até fadiga muscular são alguns dos sintomas de estresse. Neste caso, tente fazer algum exercício de relaxamento, como controlar a respiração ou mesmo aulas de ioga.

Noiva em forma

Fonte: Pink Mantra.

Cuidado com as degustações: você pode se impressionar com a quantidade de profissionais de gastronomia e fornecedores que irá conhecer. A grande maioria deles oferece degustações como um atrativo, o que também ajuda muito aos casais a ter uma ideia do que será servido no evento. Porém, procure espaçar essas degustações para não acabar comendo demais em um só dia.

Reserve um tempo para você: em algum momento, vai parecer que tudo é sobre sua festa de casamento. E isso é extremamente cansativo. Por isso, reserve algum tempo para você. Relaxe lendo um livro, assistindo a um filme ou mesmo fazendo as unhas. Isso vai te deixar descansada e pronta para tomar novas decisões sobre o casamento.

Reserve um tempo a dois: na correria da organização de um casamento, é comum que todas as vezes que o casal se encontra é para decidir algo sobre o evento. Porém, isso pode levar o relacionamento a cair na rotina, o que nunca é bom. Reserve um tempo a dois para uma programação mais romântica para relaxar, sem discutir coisas do casamento.

Manter a forma no planejamento do casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Conte com alguma ajuda: muitos casais pensam que vão dar conta de organizar todo o casamento sozinhos. Não que seja impossível, mas torna todo o processo muito mais cansativo e estressante. Procure contar com alguma ajuda, seja de amigos e familiares, ou de uma assessoria cerimonial. Isso com certeza deixará toda a organização do evento mais leve e divertida.

Agora que você já sabe como manter a forma durante o planejamento do casamento, comece a se planejar!

Investir ou não em um vestido de noiva de alta costura

Toda noiva quer estar linda em sua festa de casamento. Para se obter um resultado final perfeito é importante entender que existe uma grande necessidade de investir em cada detalhe, principalmente quando se trata do vestido da noiva. Mas é melhor investir ou não em um vestido de noiva de alta costura?

Investir no vestido de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Vestidos de alta costura são lindos e têm um caimento perfeito! Afinal, são feitos sob medida para cada noiva levando em consideração todos os seus desejos, assim como seu tipo físico e vários outros detalhes que o estilista e suas costureiras desenvolvem de forma exclusiva para cada noiva que passa pelo ateliê.

Um vestido de noiva de alta costura não está pronto na loja. Ele é desenhado especialmente para a moça que irá se casar, o que permite colocar nele vários detalhes interessantes, além de se obter criações inéditas e únicas, que muitas vezes podem se tornar tendência. Mas é claro que tudo isso tem um preço que costuma ser bastante alto.

Isso ocorre principalmente porque a peça é personalizada: não haverá outro vestido de noiva igual no mundo! Mesmo um vestido de noiva inspirado em outros trajes pode sim ser único, dependendo dos detalhes e adaptações que são feitos no modelo. Além disso, muitos dos materiais usados são realmente mais caros e importados, o que encarece todo o processo.

Festa de Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Um vestido de alta costura feito sob medida geralmente não pode ser alugado posteriormente, pois não há margens para adaptações. Por isso, o ateliê não terá novos lucros com ele, o que acaba encarecendo ainda mais este tipo de produto. Vestidos de alta costura costumam ser vendidos, e não alugados, o que significa que a noiva vai ter de levá-lo para casa e guardar de recordação por muitos anos.

Nenhum desses detalhes tira o brilho e o glamour de se usar um vestido de casamento de alta costura. Porém, também não há vergonha alguma em comprar ou alugar um vestido de noiva que já está pronto na loja. Todas elas oferecem serviços de alteração, ajustando o vestido ao corpo da noiva e deixando-o com um ótimo caimento.

Muitas noivas se sentem mais seguras com modelos prontos, pois dão a possibilidade de ver o vestido exatamente como ele é. Criar um vestido do zero, desenhando-o sob medida, é algo que deixa muitas noivas nervosas, pois o resultado desse planejamento só será visto meses depois, e há ainda a possibilidade do resultado final ser diferente do que se pensou.

Investir ou não em um vestido de noiva de alta costura

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Optar por um vestido de noiva de alta costura depende também do orçamento disponível para o casamento. Geralmente, é comum destinar a maior parte deste valor para a festa. Porém, é possível fazer adaptações e investir mais no vestido se a noiva preferir. Quem tem um orçamento mais alto certamente não terá problemas em realizar uma linda festa de casamento e ter um vestido de alta costura.

Há casos também em que a noiva percorre uma série de lojas e, por mais bonitos e ajustados que os vestidos sejam, ela não consegue encontrar um que seja perfeito e atenda todos os seus requisitos. Assim, investir num vestido de alta costura personalizado é algo necessário para a realização de um sonho.

Investir ou não em um vestido de noiva de alta costura é uma questão muito pessoal e que envolve não só os gostos da noiva, mas também um orçamento disponível. Mas, independe de qualquer opção, é possível chegar com um visual arrasador no casamento ao fazer as escolhas corretas, seja com um vestido feito sob medida ou um comprado pronto.

Lembrancinhas de casamento úteis e modernas

Distribuir lembrancinhas de casamento não é um mero protocolo que os noivos devem seguir. Esses pequenos mimos que o convidado leva para casa servem para agradecer sua presença e fazer com que a lembrança da festa perdure por mais tempo. Por isso, confira algumas ideias de lembrancinhas de casamento úteis e modernas:

Lembrancinhas de casamento úteis e modernas

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Uma plantinha: o verde está em alta para casamentos! É possível assumi-lo na forma de plantinhas a serem distribuídas para os convidados. Cactos e suculentas, por exemplo, são lindos, duram muito tempo e não precisam de muitos cuidados, o que faz com que eles sejam mais apreciados pelos convidados. Mudinhas de flores plantadas em vasinhos também são um charme.

Há quem prefira a forma ainda mais jovem da planta, distribuindo sementinhas para seus convidados, o que também é extremamente fofo, mas não garante que será realmente uma lembrancinha utilizada. Por isso, uma plantinha já desenvolvida, mesmo que pequena, pode ser uma opção mais interessante.

Aromatizantes de ambiente: nada melhor do que chegar em casa e ela estar perfumada. Isso faz com que os aromatizadores de ambientes sejam lembrancinhas de casamento populares, muito úteis e ainda contribuam com a decoração. Muita gente pensa que eles só devem ser usados no banheiro; no entanto nada impede de se colocar um na sala ou no escritório.

Dicas para festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O importante é utilizar uma essência mais suave, pois odores muito fortes e presentes tendem a causar dor de cabeça e enjoos, além de, eventualmente, acabar desencadeando processos alérgicos. Aromatizadores de boa qualidade tendem a durar mais, proporcionando ainda mais bem-estar para os convidados do seu casamento.

Acessórios de cozinha: pode parecer um pouco diferente, mas distribuir acessórios para cozinha como lembrancinha de casamento está se tornando bastante popular. Isso porque o brinde é útil e o convidado pode usá-lo por muitos anos e se lembrar da data especial sempre que precisar usar o acessório.

Abridores de garrafa personalizados, copinhos de shot e até porta-copos podem funcionar bem como lembrancinhas de casamento úteis e modernas, principalmente entre os homens, que não tem o costume de guardar estes itens.

Lembrancinhas de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Fotos instantâneas: nem sempre há como distribuir uma foto do casamento para cada convidado, principalmente porque pode não haver tempo hábil para que os noivos sejam fotografados com todos. Por isso, oferecer fotos instantâneas como lembrancinha de casamento é uma saída bem interessante.

Assim, o convidado pode guardar ao menos uma imagem da ocasião e relembrar o momento sempre. Existem cabines fotográficas que oferecem a possibilidade de alguns filtros, efeitos e bordas, ou mesmo a opção dos noivos colocarem uma mensagem personalizada em algum cantinho da imagem.

Chinelos e sapatilhas: nada melhor do que tirar os sapatos depois de horas dançando. Porém, é bastante deselegante voltar a pista de dança descalça. Por isso, alguns casais optam por distribuir para seus convidados chinelos e sapatilhas personalizados, para que eles possam descansar os pés sem perder a elegância.

Organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O legal dessas lembrancinhas de casamento úteis e modernas é escolher um material de boa qualidade para que o convidado possa levá-lo para casa e continuar usando no dia a dia. Assim, ele vai se lembrar do casamento por bastante tempo, todas as vezes que usar o calçado.

Lembrancinhas comestíveis: algo que nunca vai sair de moda e sempre será considerado atual são as lembrancinhas comestíveis. Todo mundo gosta de ter um docinho da festa para degustar no dia seguinte e se lembrar dos momentos especiais que passou ao lado do casal. O bem-casado é, talvez, a lembrancinha mais tradicional neste caso, mas existem outras.

Os brownies estão bastante em alta, assim como o bolo no pote e os docinhos gourmets, geralmente oferecidos em pequenas caixas. De qualquer forma, lembrancinhas comestíveis são sempre apreciadas e causam uma ótima impressão nos convidados.

Dicas para não errar na escolha do buquê de casamento

Ao entrar na cerimônia, um dos itens de mais destaque é o buquê da noiva. Afinal, ele fica na frente do corpo da noiva, em evidência geralmente por estar em contraste com o vestido claro. Para quem vai casar, vale a pena conferir essas dicas para não errar na escolha do buquê de casamento elaboradas pela equipe da casa de festas Casuarinas:

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Confira nossas dicas para não errar na escolha do buquê de casamento:

Flores: geralmente, um buquê de noiva é feito de flores. Muitas moças optam por usar as mesmas que são utilizadas na elaboração dos arranjos da decoração da igreja e da festa, para criar uma harmonia. No entanto, esta não é uma regra, pois o mais importante é ornar o buquê com o vestido e não com a decoração dos ambientes.

Ao escolher as flores do buquê, vale levar em consideração as flores da época, que são mais fáceis de encontrar e certamente custarão menos. Além disso, pense no cheiro e opte por flores com menos odor, principalmente para noivas alérgicas. Vale lembrar que, ao longo do tempo, o cheiro excessivo das flores pode causar enjoos e até dor de cabeça.

E vale destacar que, atualmente, há uma tendência moderna em não utilizar flores no buquê da noiva, mas pérolas, pedrarias, broches e até papel. Isso só mostra que não existe uma obrigatoriedade em se ter um buquê de flores, mas um acessório que combine com o visual da noiva, sua personalidade e o tipo de evento.

Dicas para não errar na escolha do buquê de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Tamanho: ao escolher o tamanho do buquê, a noiva deve levar sua própria estatura em consideração. Noivas mais altas costumam ficar melhor com buquês maiores e mais alongados, enquanto as mais baixas devem optar por buquês menores, que não achatem sua silhueta. As floriculturas geralmente possuem amostras de buquês e é possível testar na hora aquele com o qual se sente mais a vontade.

Cores: é importante escolher cores que fiquem harmônicas com o visual da noiva. Combinar as flores com os tons da decoração ou da maquiagem da noiva nem sempre é o suficiente; também é importante levar em consideração, por exemplo, o tom de pele da moça, assim como a cor do vestido (afinal, nem todo mundo se casa de branco).

Tons de pele mais escuros costumam harmonizar bem com cores mais vibrantes, como amarelo e laranja. Já tons de pele mais claros harmonizam melhor com tons pastel e branco. O buquê com flores vermelhas, que costuma ser muito apreciado por diferentes noivas, é praticamente universal, combinando com todas, independente do tom da pele.

Buquê de flores

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Estilo do vestido: um detalhe que nem todo mundo se atenta é que o estilo do vestido pode não só influenciar na escolha dos acessórios e joias, como também do buquê da noiva. Um vestido mais elaborado, com muitos bordados na frente, pede um buquê mais simples, para que o visual da noiva não fique muito poluído.

Já um vestido tradicional, com cauda e véu, vai combinar melhor com um buquê tradicional, principalmente o de formato cascata. Por outro lado, se o vestido da noiva for mais simples, um buquê diferente e mais elaborado pode ser o complemento perfeito.

Peça uma prova: antes do dia do seu casamento, peça para ver uma prova do buquê encomendado. Muitos floristas fazem este tipo de trabalho, pois não é difícil desmontar um buquê para formar novos arranjos. Isso evita surpresas desagradáveis, permite ajustes e pode te ajudar a ter mais confiança na sua escolha.

Organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Quem escolhe um buquê de material diferente que está sendo confeccionado por um artesão, é pouco provável que ele te apresente uma amostra. O que ocorre em muitos casos é a apresentação do próprio buquê com certa antecedência, o que torna possível realizar algumas alterações caso seja necessário.

Levar em conta o gosto pessoal e personalidade: nenhum buquê vai complementar bem o visual se a noiva não estiver feliz com ele. Um buquê de noiva deve ser a extensão da personalidade da moça e, por isso, é importante reservar um tempo para escolhê-lo, sem deixar que opiniões externas influenciarem. Dessa forma, certamente o buquê de casamento será o ideal!

Agora que você já conhece algumas dicas para não errar na escolha do buquê de casamento, escolha já o seu!

5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse

Organizar um casamento é sempre um prazer! Porém, há alguns trabalhinhos um pouco chatos a se fazer para que o evento possa acontecer perfeitamente, como a montagem da lista de convidados. Colocar no papel quem será ou não chamado não é algo prazeroso de se fazer, mas sim necessário. Confira 5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse.

Festa de Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Confira algumas dicas para fazer a lista de convidados para casamento:

1. Faça com antecedência: de uma forma geral, é possível saber quem vamos convidar para a festa de casamento com certa antecedência. É claro que podem surgir alguns convidados de última hora, mas a maior parte dos nomes que vão entrar na lista já são conhecidos de longa data. Por isso, organizar a lista de convidados com antecedência pode ajudar a evitar o estresse.

É comum começar a elaborar a lista de convidados para casamento com uma antecedência de 6 meses a um ano pois é preciso fazer um levantamento do número de pessoas que podem comparecer ao evento para pagar pelo buffet, que costuma ser cobrado por pessoa.

2. Evite listas separadas: uma das dicas para fazer a lista de convidados para casamento é o casal se juntar para fazê-la. Nada de cada um criar sua lista e depois tentar eliminar pessoas, pois isso geralmente causa muitos problemas. Além disso, é comum que o casal tenha convidados em comum e acabem ambos colocando-os em suas respectivas listas.

Lista de convidados

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Fazer uma lista de convidados definitivamente não é o melhor dos programas para se fazer em casal, mas é algo que precisa ser feito. Então, o ideal é encarar a tarefa juntos para se obter o melhor resultado possível. Isso também ajuda a manter o número de convidados sob controle, assim como o orçamento destinado ao evento.

3. Limite o número de convidados: ao fazer a lista de convidados, é preciso ter em mente quanto custa um convidado e o orçamento disponível para o buffet. Ao cruzar essas duas informações, será possível ter a quantidade de pessoas que poderá chamar para o evento. Ter esse número em mente pode ajudar muito na organização da lista de convidados.

O tipo de evento também pode influenciar na quantidade de pessoas convidadas, assim como o espaço pretendido pelo casal. Um mini wedding, por exemplo, conta com no máximo 100 convidados. Já um grande casamento tradicional pode ter centenas de convidados!

5 dicas para fazer a lista de convidados para casamento e evitar o estresse

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

4. Estabeleça critérios de corte: é claro que, mesmo levando em conta todos os detalhes, não é incomum uma lista de convidados de casamento ultrapassar o limite estipulado. Neste caso, é importante que o casal estabeleça critérios de corte, que podem variar de acordo com os noivos. Geralmente, esses critérios são a proximidade do casal com o possível convidado.

Pessoas com as quais os noivos quase não têm contato, não veem há muito tempo ou que não está junto com eles nem em datas especiais podem ser tiradas da lista sem problemas. Muitas, inclusive, nem saberão do casamento se não receberem um convite. O mesmo vale para colegas de trabalho: quando não há muito contato com eles fora do trabalho, não faz sentido convidar para o casamento.

5. Tenha paciência com os palpites: principalmente quando os pais estão ajudando a pagar pelo casamento, é comum ouvir todo tipo de palpite. O mais importante é não se estressar com isso e conversar com a pessoa. Há casos em que os noivos estipulam um número de convidados para os pais chamarem quem desejar, mas isso nem sempre é possível.

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Manter um diálogo franco e aberto é sempre a melhor opção. Falar que realmente gostaria de convidar todo mundo, mas que o número de convites é limitado e vai dar preferência a seus próprios convidados. Não é incomum que sobrem convites, pois a taxa de não comparecimento gira em torno de 20%, o que torna provável que seja possível convidar algumas pessoas de última hora.

Agora que você já sabe algumas dicas para fazer a lista de convidados para casamento, evite o estresse e comece já a montar a sua.

Dicas de presentes de casamento para casais que já moram juntos

Casais que moram juntos e resolvem oficializar a união geralmente já tem a casa montada. Muitos, inclusive, têm até filhos! Por isso, pode ser difícil presenteá-los, pois parece que eles já têm tudo. No entanto, é possível dar a eles algo que irão aproveitar bastante. Confira algumas dicas de presentes de casamento para casais que já moram juntos:

Dicas de presentes de casamento para casais que já moram juntos

Fonte: Huffington Post.

1. Dinheiro: nem sempre é recomendável dar dinheiro de presente para o casal. Mas este caso é especial e, por isso, dar dinheiro não será considerado falta de educação. Como o casal já tem uma casa praticamente montada, eles podem usar o dinheiro na lua de mel ou juntar para trocar um eletrodoméstico antigo, por exemplo.

Há vários sites na internet em que o casal pode montar uma lista em que os valores dos itens comprados pelos convidados vão direto para os noivos. Assim eles podem destinar esse dinheiro para o que desejarem. A ideia é ótima e permite que o casal gaste com o que está precisando, inclusive pagando algum produto ou serviço do casamento.

2. Jantar romântico: para aqueles casais que gostam de sair e comer em locais diferentes, dar de presente um jantar romântico é algo que pode fazer muito sucesso e ainda ser surpreendente. Os noivos certamente vão gostar muito da experiência e agradecer por algo que realmente vão aproveitar muito bem.

Presente de casamento

Fonte: The Spruce.

3. Day Spa: outra opção muito interessante para presentes de casamento para casais que já moram juntos é proporcionar um dia de relaxamento para o casal desfrutar junto. Massagens, tratamentos de beleza e até mergulhos em piscinas naturais para os noivos curtirem juntos e se reconectarem são sempre ótimos. Se possível, veja se o casal pode fazer o Day Spa antes do casamento para chegarem ao grande dia mais relaxados.

4. Itens de decoração: muitos casais vão morar juntos e compram os itens principais para montar a casa, deixando os itens de decoração para depois. Se este é o caso dos noivos, oferecer algo para complementarem a casa pode ser uma ótima ideia. Porta-retratos, quadros, vasos decorativos, dentre outros, completam os espaços e deixam a casa mais convidativa.

Vale a pena conversar com os noivos sobre o assunto para que eles possam indicar algo que já estejam querendo ou ao menos o estilo das peças que vão ajudar a tornar a casa um verdadeiro lar. Muitas vezes, itens simples, como um jogo de almofadas com manta para o sofá, já fazem uma enorme diferença.

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

5. Itens pessoais: itens de uso pessoal são ótimos presentes de casamento para casais que já moram juntos. Para casais que gostam de ler e viajar, por exemplo, um guia de viagens pode ser um ótimo presente. Outra ótima opção pode ser um kit de perfume para ele e para ela. Se o casal tem algum tipo de coleção, algo para complementá-la também pode ser considerado um bom presente.

6. Doações: se o casal já tem absolutamente tudo e inclusive já pagou por todo o casamento e lua de mel, pode pedir que seus convidados revertam o valor dos presentes em doações para instituições de caridade. Isso não significa que eles estejam desprezando os presentes, mas que tem total consciência de que há pessoas necessitadas enquanto eles já têm tudo que precisam.

O casal pode indicar uma instituição para receber as doações ou mesmo criar uma lista num site que aceite cotas para juntar todo o dinheiro e fazer a doação em nome deles e de seus convidados.

Se você também tem ideia de outros presentes de casamento para casais que já moram juntos, conte pra gente.

10 destinos para lua de mel no Brasil

A lua de mel é aquele momento que o casal tem para se reconectar antes de retomar sua rotina normal. Por isso, é comum que muitos escolham locais mais afastados e relaxantes, em que podem curtir vários momentos a dois. E se você ainda não decidiu para onde ir, confira 10 destinos para lua de mel no Brasil.

10 destinos para lua de mel no Brasil

Búzios. Fonte: Viajes TDH.

Destinos para lua de mel no Brasil:

1. Búzios: localizada a pouco mais de 160 km do Rio de Janeiro, a cidade de Búzios é famosa por suas belas praias com paisagens paradisíacas. É possível fazer passeios de barco, trilhas a pé ou de bicicleta e até praticar voo livre. A cidade está preparada para receber muito bem os turistas e conta com muitos hotéis e pousadas, além de uma culinária bastante diversificada.

2. Fernando de Noronha: a área de preservação ambiental pertence ao estado de Pernambuco. O conjunto de arquipélagos é perfeito para a prática de mergulho, mas são as belas paisagens que mais atraem os casais em lua de mel. O clima da região é muito agradável e há muitas opções de restaurantes, hotéis e pousadas.

3. Lençóis Maranhenses: imagine um lugar completamente afastado, em que você pode passar o dia todo sem ver ninguém. Nos Lençóis Maranhenses é assim. O cenário repleto de dunas, cortadas por lagoas de água doce cristalinas, é super-romântico e inesquecível, além de render lindas fotos. O ideal é contratar um guia para não se perder, pois são 156 mil hectares de área total.

Lua de mel no Brasil

Gramado. Fonte: Terraquio Viajes.

4. Gramado: a cidade está entre um dos 10 destinos para lua de mel no Brasil para quem não gosta de praia! Gramado é uma cidade muito popular, não só pelo famoso festival de cinema, mas também pelo clima ameno, paisagens românticas e ótima estrutura turística. A cidade, localizada na Serra Gaúcha, esbanja charme e é perfeita para compartilhar momentos a dois.

5. Bonito: para os casais mais aventureiros, a cidade de Bonito, localizada no Mato Grosso do Sul, é perfeita! O ecoturismo é o forte da região, que conta com várias trilhas, piscinas naturais e cachoeiras, além de muitas opções de esportes radicais. A culinária local é única e bastante diferente, o que também pode ser ótimo para quem curte turismo gastronômico.

6. Campos do Jordão: outra cidadezinha que possui um forte charme europeu é Campos do Jordão, em São Paulo. Conhecida como “Suíça Brasileira”, costuma apresentar temperaturas bastante amenas mesmo durante o verão. A gastronomia é um dos grandes atrativos locais, assim como o festival de música que acontece no inverno.

Destinos nacionais para lua de mel

Jericoacoara. Fonte: Hotel Urbano.

7. Jericoacoara: situada a 300 km de Fortaleza, o local é uma antiga colônia de pescadores que manteve sua simplicidade. Considerada área de proteção ambiental, só é possível chegar a Jericoacoara com veículos especiais, o que explica a conservação do local. O turismo ecológico e as lindas paisagens são os maiores atrativos da cidade considerada um dos mais requisitados destinos para lua de mel no Brasil.

8. Porto de Galinhas: a 70 km de Recife localiza-se esse paraíso de águas verdes claras e areia branca. O mar calmo e transparente facilita os passeios de jangadas pelos recifes da região e os mergulhos são muito agradáveis, pois a água é morna. A cidade possui um pequeno centro comercial ótimo para quem gosta de levar lembrancinhas para casa.

9. Maceió: conhecida como “Caribe Brasileiro”, Maceió é a capital de Alagoas, o que faz com que sua estrutura seja ótima, com todas as comodidades que uma cidade grande possui. Os passeios de jangada são comuns na região, assim como o turismo gastronômico. Como a cidade é histórica, vale fazer um passeio pelo centro para conhecer mais sobre o local.

Dicas para lua de mel

Caldas Novas. Fonte: Debus Turismo.

10. Caldas Novas: a cidade, localizada em Goiás, é famosa por abrigar a maior estância hidrotermal do mundo. As piscinas de água quente surgem de poços naturais e possuem até propriedades medicinais. Caldas Novas conta com muitas pousadas, hotéis e resorts, além de restaurantes variados e muitas atividades culturais.

Esses são apenas alguns dos destinos para lua de mel no Brasil. Se você conheceu outros ao organizar seu casamento, fique à vontade para compartilhar com a gente.

Dicas para escolher o buquê de noiva perfeito

O buquê da noiva é um detalhe bem importante do casamento, pois ajuda a complementar o visual e ressaltar ainda mais a beleza da moça e da cerimônia. Porém, pode ser complicado encontrar um que agrade e combine com a ocasião. Por isso, confira essas dicas para escolher o buquê de noiva perfeito organizadas pela Casuarinas Casa de Festas:

Como escolher buquê de noiva

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Não subestime o trabalho de um profissional: um buquê de noiva não é só um amarrado de flores e folhagens. Há muita técnica em sua montagem para que ele fique bonito, elegante e bem estruturado. Sendo assim, não subestime o trabalho de um profissional e lembre-se que, além de gastar com as flores, ele também gastou tempo e técnica criando e montando um buquê perfeito para o seu casamento.

Cuidado com o acabamento: quando estiver procurando por seu buquê de noiva perfeito, observe não só trabalho de montagem, mas também o acabamento, se as flores e folhagens estão bem cortadas, se o laço é bem feito, dentre outros detalhes. Quando os caules não são bem cortados e preparados, podem acabar soltando seiva e manchando o vestido da noiva.

Busque a harmonia: o buquê deve ser leve, fácil de carregar e estar em harmonia com o visual da noiva. Ele deve combinar com a ocasião e com as outras flores escolhidas para decorar tanto a cerimônia quanto a festa. Lembre-se que o buquê sairá em muitas fotos e, por isso, é importante que ele complemente o visual da noiva de forma elegante e natural.

Dicas para escolher o buquê de noiva perfeito

Fonte: Caruarinas Casa de Festas.

Cuidado com o tamanho: quanto maior um buquê, mais pesado. Por isso, pense bem antes de escolher algo enorme. Além disso, leve em consideração seu tipo físico para encomendar algo proporcional ao seu tamanho. Uma noiva pequena carregando um buquê enorme, por exemplo, pode ficar um pouco desproporcional.

Flores da estação: flores exóticas, sazonais e/ou importadas são muito bonitas, porém tendem a ser bastante onerosas. Além disso, a tendência é que elas durem menos tempo devido aos fatores climáticos. Por isso, pode valer a pena apostar em flores da estação, que oferecem uma ótima durabilidade, mantendo o buquê mais fresco e bonito por um longo período.

Cuidado com flores muito perfumadas: há flores que tem o cheiro muito forte, o que a princípio não é um problema, mas pode se tornar um desastre, principalmente se um dos noivos tiver algum tipo de alergia. Além disso, o excesso de perfume pode causar enjoo, principalmente em ambientes fechados, como é o caso de carros ou camarins.

Flores para buquê

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Cores x branco: é comum que o buquê da noiva seja colorido, adicionando mais cor ao visual e tornando-o ainda mais alegre. Porém, ter um buquê de flores brancas também é uma opção viável e popular. O ideal é que a noiva decida o que é melhor para ela e complementará seu visual de forma harmônica e elegante.

Usar ou não flores: há também opções diferenciadas de buquês que não são feitos de flores. Eles podem ser de joias, broches, tecidos, papel, pérolas ou mesmo de flores secas. Outra possibilidade é combinar flores naturais com outros tipos de materiais para criar algo novo e único. Essas podem ser opções interessantes para noivas que estão querendo fugir do tradicional.

Leve sua personalidade em consideração: noivas mais tímidas tendem a escolher buquês mais discretos e tradicionais, enquanto as mais extrovertidas não se importam em carregar algo mais grandioso e moderno. O mais importante é se sentir bem e escolher o buquê de noiva perfeito, para que não ocorram decepções ou arrependimentos.

Como escolher um menu vegano para casamento

O número de pessoas adeptas de dietas que não incluem ingredientes de origem animal tem crescido muito. Só no Brasil, estima-se que 5 milhões de pessoas já pratiquem o veganismo. Porém, esse tipo de prática ainda encontra muita resistência e preconceito, principalmente quando se trata de comida de festa. Então, como escolher um menu vegano para casamento?

Como escolher um menu vegano para casamento

Fonte: The Vegan Woman.

Se engana quem pensa que pessoas que não consomem produtos de origem animal comem só alface, tofu e cogumelos. Veganos costumam ter um paladar muito apurado e uma grande disposição para provar novos alimentos sempre, o que faz com que sua dieta seja muito rica e variada, apesar das restrições a carnes, laticínios e outros ingredientes.

Também vale lembrar que o veganismo não é só uma dieta da moda: ele é um estilo de vida muito adotado por pessoas que se preocupam imensamente com a natureza e, principalmente, com os animais. É possível aprender muito com pessoas que praticam o veganismo, especialmente quando se trata de receitas diferentes, saborosas e cruelty free.

Se um casal que está organizando um casamento é vegano, nada mais natural do que buscar saber como escolher um menu vegano para casamento e ter um cardápio baseado nestes preceitos. Afinal, é importante que o casal agrade a si mesmo quando está organizando um evento. Por outro lado, os convidados não podem ser deixados de lado completamente. Por isso, sempre surgem muitas dúvidas quanto ao que servir para agradar a todos.

Comida vegana para casamento

Fonte: Martha Stewart Weddings.

Optar por um menu vegano para casamento pode ser uma surpresa para os convidados, principalmente aqueles que não costumam consumir esses produtos. É possível servir um cardápio completamente livre de ingredientes de origem animal, desde o coquetel de entrada ao bolo. E nem é preciso pesquisar tanto, pois hoje existem muitas empresas especializadas em servir esse tipo de comida.

Na verdade, muitas comidas servidas em festas já são feitas sem ingredientes de origem animal, mas muita gente nem sabe disso. Sopas, saladas e entradas não levam nenhum tipo de carne, laticínios ou mesmo ovos, o que faz com que sejam consideradas veganas e extremamente populares. E mesmo receitas que levam estes ingredientes podem ser adaptadas sem perdas.

Muita gente pensa que a comida vegana não é boa porque não há uma proteína animal acompanhando cereais, massas, legumes e verduras. No entanto, em um menu vegano para casamento, tudo será preparado para combinar bem e suprir essa “falta” que a carne pode vir a fazer para algumas pessoas.

Cardápio vegano para casamento

Fonte: Hummingbird Hall Jamaica.

A verdade é que, depois de provar um prato vegano bem pensado e montado, muita gente nem sente realmente falta da carne. As receitas veganas são ricas em fibras e proteínas, e, quando combinadas com bons carboidratos, dão a energia necessária para que todos possam curtir a festa de casamento até o final.

Muitos casais que nem são veganos (ou mesmo vegetarianos) têm optado por ter algumas opções veganas no cardápio de casamento simplesmente porque algumas receitas são tão deliciosas que valem a pena serem apresentadas em qualquer tipo de evento. Há também quem faça essa escolha porque conhecem bem seus convidados e sabem que, no meio deles, há várias pessoas com restrições.

Porém, a principal preocupação das pessoas nem é com a parte salgada do cardápio, mas com os doces. Afinal, é bem difícil conceber um bolo de casamento que não leva leite, ovos ou manteiga, ou ainda docinhos sem nenhum tipo de ingrediente de origem animal. No entanto, eles existem, são maravilhosos e muito mais nutritivos que os comuns.

Comida vegana para festas de casamento

Fonte: BrideBox.

Quem está pensando em como escolher um menu vegano para casamento, não precisa ter medo de fazer essa opção que, apesar de ser considerada muito diferente, é saudável e mostra uma enorme consciência quanto a sustentabilidade, a natureza e a vidas dos animais. Como em qualquer cardápio, há coisas que todos gostam, enquanto outras não caem no gosto popular.

O importante em como escolher um menu vegano para casamento é tentar atender o gosto de um número máximo de convidados (não se esquente se não conseguir agradar a todos). Assim, a festa de casamento será um sucesso ainda maior.