Posts

Como organizar um casamento em pouco tempo

OK, sempre dissemos que o casamento é um evento que precisa de um bom planejamento, para que tudo saia como o esperado. No entanto, nem sempre o casal tem muito tempo para organizar o evento e precisa se casar o quanto antes por uma série de motivos. Então, como organizar um casamento em pouco tempo?

Dicas para organizar o casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

É claro que, se organizar um casamento com um prazo longo já é complicado, ter que fazer isso em pouco tempo pode ser um desafio extremamente estressante. Não é impossível, mas certamente exigirá muito mais dos noivos e das pessoas que estejam ajudando na organização do evento.

A primeira coisa a se fazer é definir prioridades. É preciso encontrar um local para a cerimônia e para o evento (se os dois puderem ser realizados no mesmo espaço, isso pode facilitar muito a vida do casal), trajes para os noivos, um buffet para o evento, dentre outros detalhes importantes. Considere contratar uma assessoria cerimonial o quanto antes para te ajudar nesse processo.

Se ter uma assessoria é algo que não está nos planos (ou no orçamento), é importante contar com ajuda externa, seja dos pais, dor irmãos ou mesmo dos padrinhos. Organizar um casamento em pouco tempo é muito estressante e pode fazer com que alguns detalhes passem despercebidos, o que costuma acontecer com menos frequência quando o casal tem ajuda.

Como organizar um casamento em pouco tempo

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O ideal é simplificar tudo ao máximo contratando o mínimo de fornecedores, pois geralmente coordenar isso é o que dá mais trabalho. Uma casa de festa que também faça a decoração, um buffet completo que trabalhe com tudo, desde o jantar até a montagem da mesa de doces e uma loja que forneça tanto o traje da noiva quanto do noivo podem ser ótimas opções.

Também é preciso encontrar quem se disponha a trabalhar com prazos mais apertados, o que tende a sair um pouco mais caro. Além disso, esteja preparado para procurar alternativas. Se um determinado fornecedor lhe disser que não tem como fazer o que você deseja, procure logo por outro. Evite atrasos e encomende tudo com o máximo de antecedência possível.

Se você pretende fazer um casamento completo, com cerimônia e festa, também deverá decidir se haverá alguma atração para animar o evento. Neste sentido, é provável que você opte por ter um DJ ou banda tocando no evento. Procure por profissionais que você já conheça o trabalho para evitar surpresas desagradáveis.

Dicas de organização de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Outro serviço fundamental é o de foto filmagem para registro do casamento. Por mais simples que seja o evento, ter as fotos para guardar de recordação é sempre muito legal. Isso também deve ser providenciado o quanto antes, de preferência junto a algum profissional conhecido ou indicado, pois certamente não haverá tempo para uma longa procura.

Além disso, entre em contato com os padrinhos e madrinhas o quanto antes para fazer o convite e contar detalhes do evento, para que eles possam se organizar quanto à data, traje e outros detalhes. E não se esqueça de providenciar e enviar os convites o quanto antes, para que os convidados tomem ciência do evento e também se organizem.

Paralelo a isso, é importante dar entrada nos documentos do casamento. Além de procurar pelo cartório certo (não é todo cartório que faz esse tipo de registro), é preciso entrar com o pedido de habilitação para casamento pelo menos 30 dias antes do evento. É claro que, se o casamento for simbólico, isso pode ser feito depois.

Casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Também é importante planejar uma lua de mel, mesmo que ela dure apenas dois ou três dias. Depois de tanta correria, relaxar e aproveitar alguns momentos de intimidade antes de começar (ou retomar) sua rotina diária, o momento para se reconectar e iniciar uma nova fase da vida a dois.

Organizar um casamento em pouco tempo exige ainda mais disciplina e esforço, mas também é bastante recompensador. Por isso, se você tem poucos meses para organizar seu casamento, não perca mais tempo e comece o quanto antes. Com um pouco de concentração e ajuda, certamente tudo dará certo.

O que está ultrapassado nos casamentos

O casamento é um evento tradicional, mas há tendências que passam e simplesmente saem de moda. E uma dúvida comum entre as noivas é o que está na moda e o que não é mais usado neste tipo de evento. Veja então o que está ultrapassado nos casamentos.

O que está ultrapassado nos casamentos

Fonte: Pinterest.

1. Fantasminhas para cadeiras: em algum momento do passado, tornou-se tendência vestir as cadeiras, principalmente quando elas não possuíam um visual muito agradável. Os famosos fantasminhas vieram para contornar este problema, mas seu uso exagerado e, muitas vezes, sem motivo, fez com que muita gente passasse a considerá-los cafonas.

2. Casamento ostentação: atualmente, existe uma tendência em realizar eventos simples e elegantes, sem muitos exageros. Seja isso algo natural ou mesmo devido à crise econômica que se agrava no país, os casamentos ostentação tornaram-se sinônimo de algo brega e fora de moda. Além disso, o exagero tende a gerar muito desperdício, o que nunca é legal.

3. Noiva atrasada: foi-se a época que era uma tradição a noiva se atrasar horas para o casamento. Atualmente, profissionais de etiqueta dizem que a noiva se atrasar é sinônimo de falta de educação e desrespeito com os convidados. Além disso, são as próprias noivas que acabam perdendo, pois têm menos tempo para curtir a própria festa.

Dicas para festas de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

4. Fotos de mesa em mesa: é claro que queremos as melhores recordações do nosso casamento, no entanto, ir de mesa em mesa para tirar fotos toma muito tempo e elas nem sempre ficam tão boas quanto se imagina. As fotos mais naturais estão em alta e geram recordações muito mais bonitas e interessantes.

5. Topos de bolo sem graça: atualmente, existem milhares de opções de topos de bolo personalizados lindos! Então, por que escolher um sem graça e que não irá acrescentar nada de interessante a decoração? Busque por uma peça que tenha ótimo acabamento, combine com o tipo de evento e transmita um pouco da personalidade do casal.

6. Topos de bolo em que os noivos parecem amarrados: isso também foi moda por muito tempo, mas passou a ser considerado brega e deselegante. Afinal, se o casal resolveu oficializar sua união, é certo que os dois estejam querendo se casar. Então, porque aparecerem acorrentados? Isso não faz o menor sentido.

Organização de casamento

Fonte: Pinterest.

7. Plaquinhas machistas: pode até ter sido engraçado por um tempo, mas certamente usar plaquinhas com frases machistas é algo que está muito fora de moda. Dizeres como “corre que ainda dá tempo de fugir” ou “não fuja porque a noiva está linda” é algo que pode causar muita polêmica e no qual não vale a pena investir.

8. Cardápio sem opções: atualmente, muitas pessoas fazem opções alimentares que nem sempre condizem com as dos noivos. Outras, realmente tem restrições sérias. Tendo tudo isso em vista, nada mais natural do que oferecer um cardápio com opções para todos os gostos. Isso não é difícil, não encarece o serviço e já é oferecido pela grande maioria dos buffets.

9. Filas enormes: fila para entrar, para cumprimentar, para se servir, para ir ao banheiro… só de pensar, já ficamos cansados. No entanto, isso ainda acontece muito em casamentos. Se o evento for muito grande, o ideal é conversar com as equipes de apoio e encontrar formas práticas e inteligentes para não se formarem filas enormes.

O que não é mais moda nos casamentos

Fonte: The pizza project.

10. Esquecer de servir as equipes de apoio: esse é um assunto muito sério e que precisa ser sempre discutido. Muitas das pessoas que estão trabalhando na festa passarão o dia lá e nem sempre tem tempo para uma refeição decente. Todos têm direito a uma pausa para se alimentar, ir ao banheiro, etc. Converse com todos antes do evento para que isso seja esclarecido.

Agora que você já sabe o que está ultrapassado nos casamentos, organize uma festa ainda mais moderna e divertida.

10 brincadeiras para divertir seu chá de panela

O chá de panela (ou de cozinha) é o momento de chamar as amigas e parentes próximos para um momento de diversão e muitas risadas antes do casamento. Essa reunião simples é não só para descontração, mas também uma forma bem legal de completar o enxoval de cozinha. E se você já está organizando um, confira 10 brincadeiras para divertir seu chá de panela:

Organização de chá de panela

Fonte: Huffington Post.

1. Adivinhar o presente: nada mais tradicional do que a noiva ter que adivinhar o que há dentro do pacote. É bem legal as convidadas não deixarem a noiva ver o presente antes da brincadeira, para que ela também adivinhe quem está dando o pacote. Além disso, é tradição tentar disfarçar o presente, para a noiva errar e ter que pagar uma prenda.

2. Conselho de amiga: ao chegar a festa, todas as convidadas recebem um papel para escrever um conselho para a noiva se lembrar quando estiver passando por momentos difíceis. Ela deve ler todos os papéis e tentar adivinhar quem escreveu cada coisa. Se ela errar, deve pagar uma prenda. Se acertar, quem paga a prenda é a convidada.

3. Adivinha quem é: todas as convidadas escrevem num papel uma situação que passaram com a noiva (pode ser engraçada, emocionante ou como se conheceram). A noiva deve buscar suas memórias para se lembrar das situações e dizer quem escreveu cada bilhete. Quando ela acertar, a dona do bilhete paga uma prenda. Se errar, quem paga a prenda é a noiva.

10 brincadeiras para divertir seu chá de panela

Fonte: The Knot.

4. Entrevista com o noivo: previamente, o noivo é entrevistado por algumas amigas da noiva e responde a um questionário com perguntas simples (cor que mais gosta, comida favorita, time do coração, etc.). No dia do chá, a noiva deve acertar as respostas do noivo. Todas as vezes que ela errar, você já sabe.

5. Fotos antigas: cada convidada leva uma foto de quando era criança e a noiva deve descobrir quem é quem. Quanto mais antiga a foto for, mais difícil tende a ser para noiva acertar. É legal misturar até algumas fotos de bebê da noiva para ver se ela consegue se reconhecer. Todas as vezes que a noiva errar, ela deve pagar uma prenda. Se acertar, quem paga é a convidada.

6. O que tem na bolsa? A noiva separa uma lista com uma série de itens e vai perguntando se as convidadas têm na bolsa. O ideal é começar com coisas simples como batom, carteira e habilitação e ir passando para as mais difíceis e engraçadas, como cola, tesoura ou chave de fenda. Quem tiver o objeto na bolsa está salva. Quem não tiver deve pagar uma prenda coletiva.

Dicas para chá de panela

Fonte: Gainans.

7. Fazendo compras: uma das primeiras tarefas domésticas do casal é fazer compras. E, para saber se a noiva está bem preparada, ela deve acertar o preço de alguns itens básicos de toda casa: arroz, feijão, açúcar, materiais de limpeza, de uso diário, etc. Pode-se dar uma margem de erro de até um ou dois reais por item.

8. Adivinhar a comida: cada convidada fica responsável por levar um prato para partilhar, mas a primeira a provar tudo deve ser a noiva. Vendada, ela irá provar um pouquinho de cada prato e deve acertar o nome e quem levou.

9. Livro de receitas: cada convidada fica encarregada de levar uma receita deliciosa de família para a noiva, que deve acertar quem levou qual. O ideal é que a receita esteja digitada para tornar a tarefa mais difícil e criar uma uniformidade, dando a noiva a oportunidade de montar um livro de receitas bem bonito e variado.

Chá da noiva

Fonte: DIYS.

10. Quem conhece melhor a noiva? A mãe (ou irmã ou outra parente próxima) faz perguntas e a noiva deve escrever suas respostas num papel ou quadro. As convidadas devem fazer o mesmo. Em seguida, todas mostram as respostas para saber quem acertou. Quem fizer a maior pontuação ganha um brinde especial. Quem fizer a menor deve pagar uma prenda.

Agora que você conhece brincadeiras para divertir seu chá de panela comece a organizar sua festa!

O que é Save the Date

Cada vez mais popular entre casais que estão planejando um casamento, o “Save the Date” ajuda os convidados a se organizarem com mais antecedência. Mas o que é Save the Date? Será que ele é realmente necessário?

Save The Date Para Casamento

Fonte: Pinterest.

O Save the Date é um pré-convite enviado com uma grande antecedência avisando a todos que o casamento já está marcado e as pessoas devem disponibilizar aquela data para não faltar ao evento. Ele tem se tornado um item indispensável, tendo em vista a rotina corrida que temos atualmente, além de ser fundamental para quem tem muitos convidados de longe ou fará um destination wedding.

Muita gente ainda vê o Save tha Date como algo dispensável e supérfluo, porém é importante lembrar que eventos e viagens costumam ser marcados com muitos meses de antecedência. Assim, um convidado que recebe seu convite de casamento dois meses antes do evento já pode ter algo marcado na data, impossibilitando-o de comparecer.

É para isso que serve o Save the Date: avisar os convidados sobre o evento de forma que eles possam colocá-lo com bastante antecedência na agenda. É claro que problemas de última hora sempre podem surgir, mas enviar um Save the Date costuma fazer com que a adesão ao evento seja maior.

O que é Save the Date

Fonte: Snapfish.

Com toda a tecnologia que temos disponível atualmente, não é incomum enviar o Save the Date por e-mail ou mesmo por aplicativos de troca de mensagens, porém eles também podem ser enviados pelo Correios ou entregue em mãos. O ideal é que esse envio seja feito ao menos 6 meses antes do casamento, mas há quem prefira entregar antes para garantir.

Quem tem muitos convidados de fora do estado (ou do país) ou está planejando um Destination Wedding (quando o casal se casa em outro estado ou país), o ideal é entregar o Save the Date um pouco antes, de 8 a 10 meses de antecedência, tendo em vista que os convidados terão muito mais trabalho para se organizar e ir ao evento.

Outra vantagem do Save the Date tanto para o casal quanto para os convidados é que quem deseja dar presentes mais caros já pode começar a pensar nisso bem antes do casamento. Assim, a pessoa pode entrar em contato com o casal e falar sobre o assunto, além de também descobrir os melhores dias e horários para entregas.

Organização de casamento

Fonte: Etsy.

Como é um pré-convite, o ideal é que mesmo o Save the Date já antecipe um pouco do visual que será visto no casamento. Assim, um evento mais temático pode apresentar um cartão mais moderno e irreverente, enquanto um casamento tradicional e clássico também deve imprimir esta estética desde o Save the Date.

É comum realizar a confecção do cartão Save the Date no mesmo local dos convites de casamento, a fim de utilizar o mesmo tipo de material. Porém, se o seu Save the Date será enviado apenas por dispositivos eletrônicos, o ideal é não perder de vista a estética do casamento, para que tudo tenha uma identidade única.

Personalizações a parte, quem deseja enviar um Save the Date deve dar atenção especial às informações que serão colocadas no pré-convite. O nome completo dos noivos, a data e o estado (e país, no caso de Destination Wedding) onde o casamento será realizado são informações fundamentais. Se o casal tiver um site, também pode usar o cartão para divulgá-lo.

Chamada para casamento

Fonte: Etsy.

O Save the Date costuma dar mais segurança a organização do casamento, pois assim todos já passam a estar avisados com bastante antecedência da data do evento. Além disso, o pré-convite também ajuda a fechar a lista de convidados o quanto antes, dando uma base mais sólida para os cálculos do buffet, lembrancinhas, etc.

Se você vai se casar, não se esqueça de enviar o Save the Date para seus amigos e familiares. Eles certamente irão se alegrar com a notícia e começar a se preparar para esta data tão especial o quanto antes.

Como harmonizar bolo e espumante no casamento

Se existe algo que não muda com o passar dos anos é o brinde dos noivos. Ele geralmente é feito com algum tipo de espumante que, teoricamente, combina com o bolo. No entanto, nem sempre os casais se atentam a esse detalhe tão importante. Por isso, saiba mais como harmonizar bolo e espumante no casamento.

Mesa do bolo

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

A regra é simples: quanto mais doce for o bolo, mais o espumante vai parecer seco. Ou seja, um espumante brut ou sec pode até ser mais sofisticado, mas não harmoniza bem com o bolo de casamento. E por espumante podemos levar em conta desde o champanhe francês tradicional até prosecco italiano e várias opções nacionais que não perdem em nada para as bebidas importadas.

Se a variedade de espumantes para brinde de casamento já é enorme, o que dizer então dos bolos? Existe uma profusão tão grande de sabores e combinações que podem ser feitas, que geralmente ficamos confusos e em dúvida na hora de escolher qual a melhor opção. E ainda ter que levar em conta qual espumante mais combina pode tornar tudo ainda mais difícil.

É claro que, se você já escolheu seu bolo, então partirá daí para escolher o espumante e vise-versa. O ideal é levar em conta as características particulares de cada tipo de bolo e das bebidas disponíveis para descobrir como harmonizar um com o outro. E essa escolha será feita basicamente em relação a quantidade de açúcar que cada tipo de espumante possui.

O espumante do tipo brut é, talvez, o mais popular e indicado para casamentos. Ele contém pouco açúcar, mas não é considerado o mais seco e harmoniza bem com a maioria dos pratos e com a maioria dos bolos. Se você fizer questão de servir um espumante deste tipo no seu casamento, saiba que ele combina mais com sabores frutados e fuja dos sabores muito doces.

Festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

O espumante do tipo extra-brut ou nature são os mais secos e, apesar de muito elegantes, não costumam ser uma opção tradicional para casamentos devido à falta de açúcar. Por este motivo, quando combinado com bolo, ele não apresenta um sabor agradável, principalmente para quem não está acostumado com bebidas alcoólicas.

O espumante do tipo demi-sec são meio adocicados e costumam harmonizar bem com todo tipo de cardápio e, devido a sua quantidade de açúcar, também tendem a combinar bem com doces, inclusive o bolo. Quando a festa de casamento é do estilo bolo com espumante, é comum que a opção disponível de bebida seja do tipo demi-sec, pois ele não é enjoativo.

Há também o espumante moscatel, que é o mais doce de todos e costuma ser muito popular entres as mulheres. Quando tomado em muita quantidade, ele pode até ser enjoativo, mas também é uma opção que combina bem com bolos e doces devido ao alto teor de açúcar. Mesmo quando se come grandes quantidades de doces, o espumante moscatel continua apresentando um sabor agradável.

E, se você também tem dúvidas da quantidade de espumante que deve ser comprada para o casamento, saiba que, se ele for servido somente no brinde, uma garrafa serve de 8 a 10 pessoas. Já se for servido durante toda a festa, é preciso uma garrafa para duas pessoas. E se os seus convidados tendem a beber muito, calcule uma garrafa por pessoa.

Como harmonizar bolo e espumante no casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Harmonizar bolo e espumante no casamento é um detalhe que nem todos se lembram de prestar atenção, mas pode fazer toda a diferença durante o evento. Mas, com essas dicas, fica impossível cometer esta pequena gafe.

Descubra o que é eating time

Todo casal quer que sua festa de casamento seja única e especial. É por isso que eles passam meses organizando o evento, contratam equipes para auxiliar e investem muito tempo e dinheiro em detalhes. E um desses detalhes pode ser o eating time. Se você nunca ouviu falar nisso, descubra o que é eating time e se ele combina com seu casamento.

Dicas sobre o que servir na festa de casamento

Fonte: Enchanted Brides.

Geralmente, quando chegamos a uma festa de casamento, os garçons já estão prontos para servir as bebidas e, logo em seguida, coquetéis e entradas. O convidado recebe tudo pronto e finalizado, podendo geralmente desfrutar de algumas opções de salgados, canapés, finger foods, dentre outros. Esse é o formato mais tradicional de buffet e que sempre esperamos encontrar em qualquer evento.

O eating time busca ser um formato diferente, em que os convidados têm alguma participação na elaboração de seus pratos. Depois que a festa já começou há algum tempo, uma ilha (ou mais de uma) é aberta aos convidados, que ficam sabendo o que há para comer e ainda podem escolher na hora como será a finalização de seus pratos.

Esse novo formato busca trazer a cozinha, que geralmente fica escondida, para o centro da festa, tornando-se uma das atrações principais do evento. Além disso, os convidados ficam realmente impressionados quando percebem que poderão escolher não só o que comer, mas alguns detalhes que fazem com que cada prato seja único.

Essa cozinha, que é montada no meio da festa, fica aberta até o final do evento servindo os convidados das combinações que eles escolherem, mesmo que ela seja muito inusitada. O formato do eating time permite que se sirva uma grande variedade de opções, que são muito bem aproveitadas pelos convidados.

Comida para festa de casamento

Fonte: Cherry Blossom Events.

Dessa forma, quem desejar comer apenas a entrada e pular para a sobremesa não precisa ficar esperando todo o serviço de jantar para comer. Há também quem goste de repetir pratos e às vezes fique com vergonha de pedir mais ao garçom. Tudo isso fica resolvido pelo sistema do eating time, e ainda há a vantagem de cada um escolher alguns detalhes que vão ao prato.

É possível combinar o eating time com outros estilos de serviço. Por exemplo, começar o casamento com um coquetel e deixar os pratos principais e sobremesas por conta do eating time. Outra opção é servir no estilo eating time combinações de finger foods, o que permite que os convidados façam ainda mais combinações de pequenas porções.

Ter uma série de itens à disposição dos convidados, que podem ser combinados de acordo com seu gosto pessoal, não só é surpreendente, mas também evita desperdícios. Afinal, com cada um responsável pela montagem e finalização de seu próprio prato, a probabilidade de entrar algo nele que não agrade a pessoa é mínima.

Além disso, todo mundo gosta de se sentir parte integrante e importante do evento e esta é uma forma de cada convidado deixar sua marca neste momento. Fica difícil esquecer um prato que você mesmo montou em um casamento e que foi finalizado com beleza e primazia na sua frente durante a festa.

Descubra o que é eating time

Fonte: Wedding Planner Magazine.

Outra vantagem do eating time é que ele dá um toque especial de informalidade ao evento, deixando-o mais descontraído, leve e relaxado. Quem não quer um evento muito formal, mas gostaria de manter alguns toques tradicionais no casamento, pode encontrar neste serviço de buffet o que faltava para transformar o evento em algo único.

Agora que você já sabe bem o que é o eating time, fica bem mais fácil decidir se esta é uma boa opção para o seu próprio casamento.

Vale a pena investir em um cardápio fitness para o casamento?

Atualmente, o estilo de vida saudável está em alta, o que se reflete em vários costumes, inclusive na organização de casamentos. Não é incomum encontrar casais que desejam servir um cardápio com opções saudáveis e funcionais na festa de casamento. Mas será que vale a pena investir em um cardápio fitness para o casamento?

Buffet fitness

Fonte: Pinterest.

Um cardápio que une o requinte e elegância que um casamento exige, mas sem deixar as pessoas nem os noivos com peso na consciência: assim são os cardápios fitness, que buscam ter pratos gostosos e bonitos, mas que também sejam nutritivos e apresentem uma baixa contagem de calorias e pouca gordura.

É claro que se o casal costuma levar uma vida saudável e sempre busca investir numa alimentação mais funcional, nada mais natural do que seguir a mesma linha quando vão escolher o cardápio do casamento. Porém, se eles não têm esse costume, investir em um cardápio fitness para o casamento pode causar um enorme estranhamento e agradar muito pouco, inclusive a eles próprios.

Geralmente, os noivos escolhem um cardápio que tenha a cara deles e, claro, é importantíssimo que fiquem satisfeitos com o que estão escolhendo. Mas também é válido lembrar que é preciso agradar os convidados, o que também torna importante ter opções mais tradicionais. Afinal, nem todo mundo gosta de um cardápio fitness.

Independente do estilo do casamento, ter em mente que servir uma boa variedade de opções de comida é importante para que todos os convidados se sintam contemplados com alguns itens. E, dentro dessas várias opções, é possível incluir pratos fitness e saudáveis que se relacionem com o estilo de vida do casal.

Vale a pena investir em um cardápio fitness para o casamento?

Fonte: Pinterest.

Nesse sentido, mesclar opções saudáveis com outras mais tradicionais pode ser bem interessante e agradar a todos os presentes no evento. Saladas e proteínas magras grelhadas (como frango e peixe) assim como massas integrais e sem glúten, por exemplo, combinam entre si e costumam funcionar bem dentro de vários tipos de cardápios, inclusive para casamentos.

Vale lembrar que muita gente, ao pensar em um cardápio fitness, ainda pensa que ele é bem monótono e serve apenas coisas como frango, batata doce e ovos cozidos. Porém, nos dias de hoje, existe uma grande variedade de opções saudáveis maravilhosas que podem se encaixar bem num cardápio de casamento fitness, e fazer bastante sucesso entre os mais diferentes convidados.

Na maioria das vezes, o cardápio com opções saudáveis surpreende positivamente as pessoas, principalmente aquelas que não estão acostumadas com uma culinária mais funcional. Muita gente não conhece todas as opções que são possíveis de serem construídas com alimentos mais saudáveis e acaba espantada com os sabores maravilhosos que experimenta.

Mas, para não decepcionar os convidados, investir em um cardápio que inclua várias opções saudáveis e outras mais “gordinhas” é uma ótima ideia. Dispensar completamente os itens mais tradicionais, como salgadinhos e finger foods, pode causar um estranhamento muito grande nas pessoas e fazer com que elas sintam que não têm opções.

Vale a pena investir em um cardápio fitness para o casamento?

Fonte: Skiplagged.

Para quem também está com um orçamento limitado, misturar o cardápio fitness com o tradicional pode ajudar a economizar um pouco. Afinal, como os ingredientes utilizados na gastronomia funcional são diferenciados e mais caros, um buffet de casamento montado exclusivamente com opções fitness pode acabar sendo muito oneroso.

Por isso, se você está pensando em investir em um cardápio fitness para o casamento, não tenha medo de fazer esta opção saudável. Mas não se esqueça que nem todo mundo pode gostar da ideia e, por isso, é bom ter algumas opções para as pessoas que gostam de um cardápio de casamento mais tradicional.

Como escolher o que colocar na lista de presentes de casamento

Organizar a lista de presentes do casamento é uma diversão! O casal percorre uma loja (ou site) verificando todos os itens disponíveis e imaginando como eles ficarão na casa nova. Porém, a variedade de itens, marcas e valores pode tornar o trabalho de criar a lista um pouco mais difícil. Veja então como escolher o que colocar na lista de presentes de casamento.

Presente de casamento

Fonte: Jewish Wedding Directory.

A lista de presentes de casamento é uma forma fácil dos noivos sinalizarem aos convidados o que precisam na casa nova, ao passo que estas pessoas não precisarem perder muito tempo percorrendo lojas e tentando adivinhar o que o casal está precisando. Ou seja: a lista de presentes busca facilitar a vida de todo mundo.

Dessa forma, é natural que essas listas contenham itens de todos os tipos e valores. Afinal, quem está montando uma casa nova costuma precisar de tudo, desde itens básicos de cozinha, passando por acessórios de cama, mesa e banho e até eletrodomésticos e eletroportáteis. Isso também facilita a compra do presente, pois possibilita ao convidado gastar o quanto pode.

Mas o real problema é decidir o que colocar na lista de presentes de casamento tendo em vista a grande variedade de produtos que existem no mercado. O ideal é o casal conversar e chegar a uma conclusão dos itens que serão necessários para o começo da vida juntos e que eles têm o costume de usar constantemente.

Nesse sentido, liquidificador, torradeira, forno elétrico, micro-ondas, jogo de panelas, frigideiras, dentre outros itens de cozinha, costumam estar entre os principais presentes em listas de casamento. É claro que é possível colocar geladeira, fogão, lava-louças e até máquina de lavar roupas, mas é pouco provável que alguém possa investir tanto em um presente de casamento.

Como escolher o que colocar na lista de presentes de casamento

Fonte: Bodas y Novias.

É comum que os próprios noivos arquem com os custos de produtos que são grandes e caros, como os eletrodomésticos principais, assim como de móveis e eletrônicos, como a televisão, por exemplo. Porém, aparelhos menores, como dvd player, blu-ray, rádio e home theater são alguns objetos que podem ser colocados na lista de presentes de casamento.

Quanto à escolha de marcas dos objetos, o ideal é optar por aquelas que já são consagradas e estão há algum tempo no mercado, pois isto dá mais segurança ao casal. Além disso, essas marcas também costumam oferecer boas garantias e, caso o produto quebre ou apresente defeitos, é possível enviar para uma autorizada ou trocá-lo com certa facilidade.

Quem precisa de utensílios e acessórios para casa pode colocar esses itens na lista, mas deve propor uma boa variedade de preços. É considerado muito indelicado colocar somente itens caros na lista. Isso também pode fazer com que as pessoas não comprem na loja escolhida pelo casal, optando por outras lojas mais populares, o que pode causar algum transtorno caso seja preciso trocar o objeto.

Também é importante saber o que não colocar na lista de presentes de casamento, pois é comum que alguns casais cometam deslizes na hora de montá-la por falta de experiência. Sendo assim, é válido lembrar-se que a principal função de um presente de casamento é ajudar o casal a aparelhar a casa com itens básicos que eles vão precisar no dia a dia.

Recém-casados

Fonte: Freepik.

Desta forma, pedir objetos eletrônicos, como computadores, notebook, smartphones, câmeras ou até mesmo consoles de videogame é algo que foge completamente do propósito de uma lista de casamento. Obras de arte e objetos de uso pessoal, como livros e filmes, por exemplo, também não devem figurar dentro da lista de presentes.

Pedir dinheiro é algo que também é mal visto. Se algum convidado preferir dar dinheiro ao casal ao invés de um presente, vale a pena conversar sobre a situação e oferecer a quantia que estiver disponível. Mesmo casais que já moram juntos ou tem a casa montada não devem pedir dinheiro como presente de casamento.

Agora que você já sabe então como escolher o que colocar na lista de presentes de casamento, fica bem mais fácil e simples dar este passo.

Ter ou não lugares marcados na festa de casamento

Antigamente, mesmo em grandes casamentos com longos jantares, não era comum ter lugares marcados. Porém, essa tendência norte-americana parece estar se popularizando pelo mundo, inclusive no Brasil, e hoje não é incomum ir a festas de casamento e encontrar mesas com lugares marcados. Mas será que é melhor ter ou não lugares marcados na festa de casamento?

Mesas organizadas para o casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Como não é um hábito muito comum no Brasil, muitas vezes, as pessoas não percebem que o lugar é marcado e acabam se sentando em qualquer mesa, sem respeitar a marcação, causando alguns constrangimentos. Nesses casos, a recepcionista ou equipe de cerimonial devem avisar aos convidados logo na chegada a festa sobre os lugares marcados.

Dividir os lugares também pode ser um problema, pois isso nunca é fácil. Geralmente, os amigos querem sentar juntos e há pessoas que não ficam confortáveis próximas a desconhecidos.

Mas há também algumas vantagens em ter lugares marcados na festa de casamento. Ao fazer a distribuição dos lugares, é natural colocar pessoas que se conhecem e se dão bem próximas, o que pode tornar o evento ainda mais agradável para elas. A distribuição dos lugares também garante que todos terão onde sentar, mesmo que se levantem e voltem algumas horas depois.

Lugar marcado no casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Além disso, se uma refeição for servida, os lugares marcados deixarão este momento muito mais organizado, principalmente se houver diferentes opções no cardápio e ele for servido empratado na mesa pelos garçons. A probabilidade de ocorrerem erros na entrega dos pratos diminui nesse tipo de organização.

Ter lugares marcados também ajuda a evitar penetras na festa. Afinal, se todos os lugares têm dono, as pessoas que não foram convidadas ficarão extremamente sem graça, pois serão as únicas em pé durante o jantar, por exemplo. Além disso, eles não terão como sentar em um lugar se ele já estiver ocupado.

Avisar aos convidados que os lugares na festa são marcados diminui a probabilidade de ocorrer uma debandada de pessoas ao final da cerimônia, o que muitas vezes acontece. As pessoas não querem chegar à festa e não ter onde sentar, o que faz com que muitas saiam da cerimônia antes dela ter acabado. Isso pode ser evitado se todos souberem que seus lugares estão garantidos.

Ter ou não lugares marcados na festa de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Há também quem encare os lugares marcados na mesa como uma obrigatoriedade em servir uma refeição completa, o que nem sempre é verdade. É claro que isso facilita o trabalho dos garçons, mas ter lugares marcados na festa de casamento serve simplesmente para deixar o espaço mais arrumado e garantir que todos terão onde se sentar.

Uma boa ideia é, ao invés de colocar o nome de cada convidado num lugar, colocar o nome da família na mesa ou dividir o espaço da festa por setores (afinal, nem todo mundo vai com a família toda). Assim, as pessoas podem se distribuir de acordo com suas afinidades e todos encontrarão os melhores lugares e companhias para curtir a festa.

Para decidir se querem ter ou não lugares marcados na festa de casamento, o casal deve pensar no tipo de evento que está pensando em promover. Uma festa de casamento com lugares marcados tem um clima muito mais formal e, se este não for o estilo desejado, pode ser melhor pensar em outras formas de distribuir os convidados no salão de festas.

O que usar para substituir o bolo de casamento?

O bolo de casamento é um item clássico. Porém, é uma opção do casal ter ou não um bolo no casamento. Muitos têm encontrado alternativas bastante viáveis e muito interessantes de substituir esse detalhe no evento. Mas o que usar para substituir o bolo de casamento?

Tortas para casamento

Fonte: Petaluma Pie Company.

Tortas: seja em sua versão tradicional ou individual, as tortas muitas vezes cumprem o papel de um bolo em vários eventos. E por que não fazer isso em um casamento? Para quem irá usar bolo decorativo, ter tortas para servir aos convidados pode ser uma opção muito boa. Montar uma mesa com várias tortas em diferentes níveis também pode adicionar charme ao evento.

Bolo caseiro: há quem não goste de bolo de casamento e prefira aqueles mais caseiros, com visual rústico e sabor simples. Se este é o seu caso, substituir o bolo de casamento clássico por um mais caseiro pode ser uma ótima opção, principalmente se o seu evento é mais rústico. Vários bolos simples podem ajudar a montar uma mesa de doces linda.

Bolo no pote: o bolo no pote é um desses itens despretensiosos que conquistaram o coração das pessoas. O bolo é cortado e montado com recheios e cobertura dentro do pote, dando oportunidade aos convidados de o comerem no evento ou levarem para casa se já estiverem satisfeitos. Essa é uma ótima opção para quem irá usar um bolo decorativo.

Torre de cupcake: cupcakes também não deixam de ser bolos, porém em uma porção menor e com um visual muito bonito e delicado. Cupcakes geralmente recebem recheios generosos, além de uma cobertura maravilhosa. Quando colocados em uma torre, ficam da altura perfeita para substituírem o bolo de casamento.

O que usar para substituir o bolo de casamento?

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Bolo individual: esta nada mais é do que outra forma de servir um bolo numa porção individual. Os bolos individuais são muito bonitos e também podem ser distribuídos para que as pessoas comam na festa ou levem para casa. Esta pode, ainda, ser uma ótima opção para dar aos convidados para quem irá utilizar um bolo decorativo. Os bolos individuais podem, inclusive, ter o mesmo visual que o decorativo.

Torre de macarons: nada mais elegante do que uma torre de macarons! O doce, feito com farinha de amêndoas, é considerado uma verdadeira iguaria e pode criar um visual lindo quando organizado em torres. Essa também é uma opção de arrumação para o doce que o deixa com uma ótima altura, de forma a destacá-lo dos outros doces.

Sorvete: quem não gosta de sorvete? Principalmente no verão, esta pode ser uma ótima opção para refrescar os convidados de forma surpreendente. É possível sim fazer um bolo de sorvete superbonito e bem decorado, porém ele não pode ficar em cima de uma mesa durante todo o evento, pois derrete com muita facilidade.

Cakepop: cakepops consistem em docinhos feitos de bolo esfarelado que recebem algum tipo de liga, que pode ser brigadeiro, doce de leite, beijinho de coco, etc. Os cakepops tem um visual muito bonito e podem receber uma cobertura decorativa para que fiquem com uma aparência mais compatível com um casamento. Torres de cakepops são lindas e contribuem com a decoração do evento.

Doces de casamento

Fonte: Casuarinas Casa de Festas.

Brownie: os brownies estão em alta. Tanto que eles têm sido muito utilizados como substitutos do bem-casado. Porém, eles também podem substituir o bolo de casamento, principalmente se forem organizados em uma torre ou pilha. Os brownies podem ser recheados para ficarem ainda mais gostosos.

Bolo de queijo: quem disse que todo bolo de casamento deve ser doce? Para quem não gosta de doces, ter um bolo de queijo pode ser uma ótima ideia. Além disso, ele não dá muito trabalho. Basta escolher vários queijos que possam ser empilhados, resistam bem fora da geladeira e arrumá-los em uma pilha no evento. Isso, com certeza, irá surpreender muito os convidados.